quarta-feira, 30 de março de 2016

Queria ser rico, mas descobri que era milionário



Filhos e filhas,

É comum recebermos nas colônias irmãos que voltam após a sua jornada planetária em situação de tristeza, de angustia e mesmo de revolta para com os sonhos interrompidos e aqueles não realizados. Para muitos há necessidade de um instante a mais a reparar uma vida em um único momento, pois não aproveitara e desfrutara do que tinham disposto.

Em uma destas experiências me chamara à atenção a situação de um senhor de aparência triste e que chegara os meus cuidados após resgates do vale suicida. Sua vida então no planeta havia sido modesta, e a todo o momento sonhara com a abundância material que nunca viera, apostara nas loterias, fazia favores, trabalhos avulsos, mas nunca conseguia o conforto que tanto sonhara. Ao conhecer do seu prontuário existencial, tive informação que em uma vida regressa praticava a agiotagem, bens eram sequestrados e usurpados de pessoas que não poderiam sanar as suas dívidas e ou mesmo atrasara alguma prestação era implacável no seu negocio e famílias foram à miséria pode conta de sua pratica.

Na ocasião de seu desenlace este sofrera com a perseguição e a ira de muitos que desejavam vingar-se, pois por desalento e vergonha estes cometera o crime mais afrontoso contra o criador, o cessar de sua encarnação por livre arbítrio. E durante um período considerável sofrera com a vergonha dos seus feitos e como a cólera de muitos que perderam seus bens. Após um período de sofrimento se arrependera e pedira perdão e clemencia ao Criador e que de pronto fora atendido e resgatado por aquela que seria sua mãe biológica naquela ocasião. Recebera a época toda a atenção e instrução, mas para se purificar haveria de renascer nas condições de dificuldades e sem poder para prejudicar outrem e ou mesmo retirar bens que não lhe pertenciam.

No tempo determinado voltara ao seio da Terra, teve uma infância difícil, marcado por doenças e privações diversas. Na fase adulta muitas dificuldades e suor para o mínimo sustentar-te e a sua família constituída. A revolta de não poder desfrutar do conforto de outrora, trouxe ao teu espirito a raiva e cólera para com seus entes mais próximos. E passara então a praticar deslizes imorais a barganhar vantagens e muitas delas ilícitas do ponto de vista social. Cobrava taxas e serviços de pessoas além do justo, e se alguém não tinha condições de arcar com os valores pedidos, este realizara tal tarefa, mas de ínfima qualidade. Perdia o seu ordenado em apostas o que levou a ruina sua e de sua família por conta da ganancia levando-o ao cessar de sua vida planetária pelo autoextermínio, lembrando, o crime mais afrontoso contra o Criador.

E após seu ato voltara novamente ao sofrimento mental e espiritual, pois o seu inconsequente ato levara a sua família a degradação e a sua oportunidade desperdiçada. E após clemência ao Criador fora novamente resgatado. E ao chegar às câmaras o seu choro era incontrolável e contínuo do arrependimento, pois lhe fora dada a chance de saldar débitos pretéritos, e por individualismo, soberba, vaidade e orgulho que se deixara contaminar com as facilidades mundanas e sua fraqueza cometera os excessos e a falência de sua encarnação.

Após os cuidados e também de acalma-lo e ter ciência da sua nova condição este arrependido se expressara a mim: “Amigo apenas queria ter sido um homem rico, mas após este tempo de sofrimento pude descobrir que em todo este tempo e em todas as experiências eu era milionário e não sabia, dava valor a matéria, ao dinheiro, ao status, ao poder, queria ser reconhecido e até mesmo temido, detinha eu sempre o conhecimento, tive família e instrução, e além de tudo tive a oportunidade de mudar para melhor, mas fui fraco e fiz pessoas sofrerem, e tudo isto porque nunca tive paciência para saber e escutar das coisas de Deus que certamente poderia ter me dado outro rumo em minha vida, por isto o meu choro e todo o meu sofrimento foi justo e merecido e espero da bondade de Deus ter um dia a oportunidade de reparar todos os meus enganos”.

Este fato me fez compadecer e coloca-lo ao aprendizado aos valores de Deus e de todos os seus elementos que não estão limitados às doutrinas, mas expressadas no caráter de não fazer pelo outro aquilo que não quer que aconteça com você e para com os seus; e fazer pelo outro aquilo que quer que as pessoas façam por você, e se não fizerem o que espera, faça você a sua parte.

A qualidade do futuro está na atenção e nas oportunidades do presente em que estamos, compreendam que amanha não existe, por isto desfrute e faça valer a pena agora. Já é um milionário a partir do momento que passara a existir, pois fora originado do amor incondicional de Deus, e de sua obra o instrumento a chegada eterna. Não espere que tudo fique a contento, não deixe as oportunidades de agora esvair-se de suas mãos. Ame, perdoe, comungue, sorria, aprenda, ensine, trabalhe, dê de graça o que recebera de graça, ore, confraternize e faça único cada instante em toda a sua eternidade.

Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.
30/03/2016.


Nenhum comentário:

Postar um comentário