segunda-feira, 21 de março de 2016

Proponente ajuda



Filhos e filhas,

Um dos pilares sustentadores da caridade é o de propiciar o auxilio ao teu semelhante naquela necessidade em que porventura se encontram, seja pela busca pelo conhecimento, como de sua sustentabilidade em diversos patamares de sua exclusiva evolução.

Necessitamos de todos para o desenvolvimento intimo e de toda a humanidade neste universo divino em que somos regidos pela orquestra dos anjos de Deus em perfeita filarmônica de nosso eterno espetáculo, a vida.

Prestar a solidariedade ao teu irmão vai além de subsidiar as suas necessidades materiais, afinal, não somente do pão vive o homem, e sim de toda a palavra. E o que está escrito nesta palavra? De certo um dos pilares de nossa regência, “faça a sua parte que eu te ajudarei”. E nesta proposição está a base moral e humana perante a face do Criador diante a sociedade em que pertencemos.

Propor ajudar não é fazer por aquele o que lhe cabe como tarefa e missão; ajudar é proporcionar o acender do conhecimento para a busca do exclusivo progresso; ajudar é ensinar o teu semelhante a pescar sem ter de colocar a isca ao anzol a todo o tempo; ajudar é mostrar ao outro como se procede em colocar em pratica o conhecimento adquirido.

O auxilio prestado ao teu semelhante pelo clarear de sua competência proporcionará algo inestimável para o seu progresso, o do conhecimento de caminhar com as ferramentas ao acervo de sua posse a desbravar o universo da vontade e de sua necessidade.

Não furte ao teu próximo à luz que te ilumina, compartilhe o bem que nunca lhe faltará, mostre ao teu irmão onde está o brilho de sua própria existência. E saibam todos que somos luzes de Deus a iluminar a estrada da coragem e da salvação diante as trevas do pecado que insistentemente visa fazer sombra no iluminar de nossa estrada ambicionando ofuscá-la no breu do preconceito e da inércia quanto ao desenvolvimento solidário ao bem comum e do equilíbrio.

E aquele irmão que diante os auxílios recebidos não reagirem e fizer a sua parte para melhorar, caber-lhe-á do mínimo para sua subsistência dependente da humilhante tarefa de pirangar as migalhas de uma sociedade em que em sua ampla resposta não será complacente para com as suas necessidades.

Construa as pontes eternas das oportunidades a ter consigo as passagens livres e seguras para a felicidade devolutas das quedas no abismo das tristezas, favoreçam em ti e a todos as possibilidades a alegria e a disposição para o bem que está em si mesmo.

Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.

21/03/2016.

Nenhum comentário:

Postar um comentário