segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Mediunidade.



Filhos,

Ao classificar o grau de mediunidade que nos é confiado não limita o trabalho do médium naquela interpretação ao qual se enquadra a sua importante missão. Ser um médium não se restringe a comunicação entre o mundo espiritual ao carnal, e ou mesmo na atuação no que traduz o seu considerado dom.

O médium é o trabalhador de Cristo a serviço da edificação e das atitudes do evangelho a sua pratica captando as mensagens do código divino somado a codificação de Allan Kardec e o Espírito da Verdade reunido nas importantes obras literárias e sagradas dispostas ao estudo no verdadeiro trabalho de paz e de amor despretensiosos.

Todos nós possuímos mediunidade, ou seja, a todo o momento estamos em sintonia com as obras divinas acompanhados de irmãos que se dispõe a nos auxiliar no progresso eterno. A mediunidade como a pouco citamos, não se restringe a apenas a comunicação, ser um médium é está disposto a fazer a vontade de Deus a serviço da prosperidade ativa de sua comunidade, e neste viés inclui-se ser um bom profissional, um bom governante, um bom pai e mãe de família, um bom amigo, um bom familiar, um bom protetor. Ser um médium é fazer a vontade de Deus naquilo que labutamos recebendo a comunicação na alma das tarefas honestas e prosperas a servido do bem.

Aquele irmão ou irmã que recebe o compromisso em atuar ao auxilio do teu próximo sob o auxilio espiritual e independente do seguimento doutrinário, deverá está preparado para os desafios e as dificuldades da estrada. Viver sob o amparo divino é buscar a superioridade da alma quanto a pequinês da própria vontade restrita pelo orgulho, pela vaidade e pelo egoísmo e é colocar as necessidades de teu semelhante acima da sua, é doar o melhor de si ao bem do evangelho a sua acústica.

Compreendendo que ser médium pode até ser considerado um privilegio, pois este estará diante da grandeza do que é a obra divina. O medianeiro não é um super-herói e ou mesmo alguém que está acima da verdade e ou do bem, este irmão e ou irmã tem as mesmas necessidades de evolução como qualquer outro irmão, mas é detentor de um conhecimento privilegiado, por isto tem maior compromisso com a manutenção e evolução da própria moral. E o mesmo acontecendo com sacerdotes de demais religiões que devem está apostos ao chamamento maior.

O médium é um irmão falível que estará sujeito a pratica das armadilhas da miséria e do pecado mesmo diante conhecimento, estará este vulnerável ao orgulho, a vaidade, o egoísmo, a prepotência, as trevas como qualquer outro espírito, por isto há a necessidade de continuar orando e vigiando. E saibam que o médium poderá por intermédio divino curar o teu próximo, e não conseguirá muitas vezes curar a si mesmo; um médium poderá proporcionar o sorriso ao teu próximo e continuar a chorar o teu coração; um médium poderá confortar o teu próximo diante a morte, e permanecer no luto de um seu mesmo a certeza da imortalidade; um médium poderá aconselhar o teu próximo a não mais pecar, e pecar contra Deus e teu semelhante diante as suas limitações; o médium poderá dizer ao teu próximo que não perca a fé, e esmorecer diante as adversidades; mas o que não poderá acontecer é o médium omitir-se e acomodar-se para com a sua falência moral e ética e fugir das responsabilidades, afinal, antes de desembarcar no plano terreno este assume o compromisso para com sua própria evolução, e aquele que desvia o seu destino diante as paixões perecíveis da carne estará falhando contra ti e contra Deus, furtando o teu próximo as oportunidades de conhecer o lado leve e confortável da vida.

E como saber e descobrir qual é a missão? Através da própria experiência na mente, na visão e na audição que o privilegia. E aonde buscar este auxílio? Nas casas sérias e disposta a colocar em pratica a codificação Kardec, mas também a vontade de Deus traduzida nas suas experiências. É preciso ter medo? Não. A mediunidade seja ela qual for é um trabalho como aquele que já possui na busca do seu conforto e necessidade de sobrevivência material e que também requererá seriedade, compromisso, disciplina, e se estes três fatores lhe falta, não poderá prosperar em qualquer demais setor de sua vida. E quando se assume um compromisso para com Deus é preciso fazer a sua parte, compreendo a lei do livre arbítrio que traz as suas consequências na ação e também na omissão.  Não desacredite no seu potencial naquilo que ver e escuta, agradeça a oportunidade e traduza este dom a favor do amor e da caridade e não fujas da responsabilidade, não desconfie de si, trabalhe.

Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.

29/02/2016.

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Luz do Mundo



Eu sou a luz que vim ao mundo, para que todo aquele que crê em mim não permaneça nas trevas. (Jesus)

Irmãos,

Há momentos na existência que somos levados às trevas diante as próprias condutas e sentimentos que escravizam o espírito a pena da morte, da desilusão e da depressão formando nos corações e nas ações a penalidade de seu presente. O reflexo de um passado traz a realidade de situações diversas na vida dos espíritos, seja na forma encarnada ou desencarna, sempre há a consequência a todos os atos praticados na historia, mas recebendo do Criador o privilegio e as oportunidades diárias as mudanças positivas no curso do próprio destino.

Sobre as nossas cabeças podem sobrevoar os pássaros, mas nunca podemos deixa-los fazerem seus ninhos sobre nós, ou seja, a liberdade do pensamento podem nos levar a lugares, situações e pessoas de diferentes formas e ocasiões, inclusive as praticas nefastas, o pensamento a ele tudo é permitido, mas as ações precisam ser vigiadas, e havemos de domar os impulsos para não incorrer nas indiscrições que possam nos levar a vergonha eterna.

Aonde houver um facho de luz é preciso ir atrás, todos os seres planetários são candidatos ao reino eterno, mas para isto é fundamental o esforço para melhorar em todos os aspectos, afinal somos privilegiados com a inteligência para compreender o certo e o errado. Dispomos do livre arbítrio, mas compreendendo a todos quais as suas consequências, tudo é licito a ser feito, mas nem tudo nos convém, e neste viés parte a realidade do presente formando o futuro na eternidade que acontece há este instante.

A luz de Deus resplandece em Cristo nos guiando ao único caminho da verdade e da vida e quem o segue nunca estará nas trevas, mas terá o brilho eterno favorecendo exclusivamente a íris as maravilhas de Deus.

O evangelho de Jesus é o calor no frio; o alimento na fome; a água na sede; a vestimenta na nudez; o socorro nas dificuldades; à vitória nas derrotas; o sorriso no choro; a alegria na tristeza; o perdão na ofensa; o abraço no desamparo; a segurança no medo; o beijo no desprezo; a fraternidade entre os seres; o amparo aos animais; a conservação dos vegetais e minerais; a proteção dos anjos e a vida eterna em amor.

Ser um cristão de verdade não é apenas ter um rótulo doutrinário, mas é praticar e ser a luz divina que ilumina o coração a ser um brilho nas trevas daqueles que clamam a misericórdia divina. Afinal Deus nos faz instrumento da sua vontade ao serviço de paz, o que requererá de todos nós dedicação, abnegação, disciplina e devotamento ao eterno no trabalho à sociedade, afinal as nossas condições favoráveis passam pelo nosso merecimento.

Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.

12/02/2016.

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Desapego não é esquecer



Vós sois o sal da terra. Vós sois a luz do mundo. (Jesus)

Irmãos,

A existência é repleta de transformações e experiências que nos levam a seguir adiante deixando na historia tudo àquilo que em algum instante nos fora importante neste universo sagrado de Deus nos fazendo viver. Levamos para a eternidade tatuada no espírito o reflexo de todas as ações praticadas que se refletirá no presente e importante instituto para o amanhã.

Somos toda a unidade exclusiva de Deus com as mesmas necessidades de edificação diante deste único proposito. Cada qual na sua particularidade e em comunhão construindo o edifício sobre a rocha de Cristo que nos faz a base fundamental para o reerguimento de todo o nosso eterno conto.

Não seria possível o avançar da história sem o auxílio daqueles que nos confraternizam a existência tornando-nos hábeis construtores da ponte que nos levarão ao reino sagrado. Compreendendo que ainda estamos longe deste objetivo, mas em contínua labuta a este sentido. Ao olhar para a história podemos compreender o presente, e quando aprofundamos nos estudos eternos será possível entender que tudo que nos acontece é fruto das próprias escolhas.

Quando o espírito se prepara para a sua encarnação deixará para trás amigos e familiares nas colônias no sentido de aperfeiçoar o seu conhecimento e poder avançar adiante a conquistar o pleito da salvação, restando-lhes apenas a saudade. Tendo a compreensão com base no amor a entender que aquele irmão necessitará desta exclusiva experiência para a sua edificação, levando a alegria a aqueles que o recebe e creditando ao tempo como o encarregado de amenizar a dor da separação temporária. E neste viés ocorre com todos aqueles que deixam a Terra e retornam ao plano espiritual após uma importante estadia planetária de experiências e vivencias que levarão para sua história, sendo recebido com festa por todos aqueles que permaneceram e que voltaram antes proporcionando uma grande alegria deixando a saudade a aqueles que continuam o seu trabalho planetário.

Vimos que a todo o instante estamos diante de ciclos que se findam e histórias que permanecem restando-lhes apenas à saudade como a extensão do amor a esperança de um breve reencontro. Escrevemos importantes capítulos a nossa vontade, compreendendo que há situações que não podemos fazer voltar atrás e ser como foi, por isto havemos de fazer o melhor, pois é vida que segue sem fazer parada e é a saudade que permanece como o único propósito para a evolução. Havemos de deixar pessoas e lugares a postular um lugar à direita do Pai, mas entendo que todos o que amamos poderão também se sentar junto a nós ao lado do Criador, mas para isto havemos de deixar o destino redigir o seu perfeito script e a nós atuar como atores principais do próprio drama no romance eterno.

De fato que a separação traz as dores diante o desparecimento daqueles que amamos, mas é fundamental compreender que o roteiro das nossas histórias passa pela navegação dos mares profundos da saudade, mas é preciso que cada um escreva a própria vida e o que necessariamente é independente apesar de vivermos em coletividade necessária. Cada um compreende a própria força para amenizar a grande dor transformada em saudade, mas entendendo que não há como regressar, é preciso que a vida continue, é preciso entender que a morte não existe, é apenas um novo capitulo que poderá haver o reencontro desde que acompanhemos o ritmo do destino que criamos conforme a vontade.

Em momento algum aconselhamos esquecer aqueles que amamos, pelo contrario, é fundamental lembrar e viver a saudade, mas é preciso deixar que todos sigam a sua evolução. E entendam o que acontece é apenas uma separação temporária para vida que se segue e é amor que se perpetua na história.

Ame, perdoe e auxilie a todos para que a vida possa valer a pena e para que o coração viva a paz diante a realidade eterna ao qual não poderemos escapar do desapego e nunca se esquecendo, pois o amor rompe as fronteiras.

Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.

11/02/2016.

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Vida de Buscas

Vida de Buscas


O criador não dá a você o desejo de fazer o que você não tem capacidade para fazer. (Jesus).


Irmãos,

A vida é uma constante procura seja pelo progresso, pelo desenvolvimento e mesmo pelas curiosidades em entender o novo e buscar enriquecer-se no seu vocabulário, no seu intelecto e na sua alma. Estamos diante de uma diversidade de profissões, habilidades, gostos, costumes e tradições espalhadas por cada canto deste universo que formam as diferenças em igualdade nos elevando a interpretação quanto ao entendimento das pessoas e a vida como ela é.

Culturas espalhas pelo globo são pouco compreendidas por civilizações de demais nações que estão acostumadas com seus parâmetros, entendendo que aqueles povos se adequam a memoria de seus antepassados, como cada clã social tem na sua intimidade e hábitos que levam para a sociedade o que compreendem ser o correto em busca da prosperidade em suas convicções.

A querer entender e saber de demais costumes sociais de demais nações, é preciso estudar e compreender a origem de cada sociedade para ter o seu crivo quanto perante as inúmeras culturas milenares. Equipare-se a você se hoje habitas em uma nação em que está adequado aos padrões e exige que o teu próximo o respeite, pratique o mesmo pelo saber adventício.

E nesta seara a razão exposta em cada indivíduo traz a pessoalidade na busca pelo progresso e desenvolvimento no limite de sua procura na construção pela sua felicidade eterna no reino de Deus que se pratica diariamente desde a origem. Podemos querer compreender as razões de outrem a ser feliz em suas razões e particularidades, mas é fundamental estudar e entender as civilizações. Em cada ser os seus gostos, suas escolhas, suas preferências, suas crenças, suas etnias e suas nacionalidades facultada da escolha pessoal do espírito a virem e praticarem as instancia do bem ao eterno progresso. Entenda em você que tens as suas preferências e delas não se furta a ser feliz, busque compreender o teu próximo compreendendo que, se as particularidades de teu semelhante não lhe causam ofensas e prejuízos procure respeitar, pois cada indivíduo tem a proporcionalidade de seus recursos para de fato serem felizes, assim como você.

Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.

05/02/2016.

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Vivificar



Não se pode esconder uma cidade construída sobre um monte. E, também, ninguém acende uma vela para coloca-la debaixo da mesa. (Jesus).

Irmãos,

Aquele que viver na fé transformará tudo conforme a vontade de Deus e que é consequentemente a nossa vontade, e quem busca o melhor dele vera refletir na aura os raios sagrados da divindade nas oportunidades eternas que é hoje assim na construção permanente da paz e do amor que é agora.

Aquele que vivifica em Deus se destacará e mesmo que deseja esconder o seu brilho o clarão será intenso como os raios do sol que transpõe as nuvens nubladas em um dia chuvoso. Sabemos que somos filhos de Deus, e desta certeza todos formam a santidade do espírito, e quem acerta e ou erra também são filhos do Criador e merecem a misericórdia e o perdão que, porém são merecedores do reino dos Céus bastando renunciar ao pecado e ao mal para salvar-se, mas é preciso pavimentar a sua estrada e resistir às tentações fazendo sempre o melhor de si, e se caíres nas armadilhas movediças do pecado clamem a Deus que virá te resgatar com Jesus a guia-lo pelos caminhos da salvação.

Somos luzes que não se apaga, somos construções importantes e moradias capazes de abrigar outros mais quanto for necessário. É preciso abrir as portas do coração para recepcionar quem dele precisar se abrigar. E aquele que busca viver na fé e ser feliz não deve olhar para os percalços da vida como inimigo e sim como lição a purificação, pois quem desejar ser salvo deverá caminhar até a luz de Cristo que se reflete e vive em nós, havendo de enfrentar as fendas abismais que levam as trevas da morte.

Eu sou a luz do mundo quem crer em mim nunca morrerá e terá a luz eterna. Está é a estrela de Jesus refletindo no alto da colina de nossas almas nos mostrando aonde seguir, quem quiser ser salvo siga a estrela guia e intensifique a sua força e o seu brilho a poder resgatar e proteger outros irmãos que se encontram na escuridão.

Vivifique-se na fé e terás um tesouro maior no paraíso, prospere na matéria e nos títulos, mas lembre-se que tudo é emprestados a edificação, e fique certo que, o que é nosso de fato são as obras e a nossa consciência movidos pelo arbítrio do espírito que nos conduzirá a luz do mundo.

Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.
04/02/2016.



quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

O que é Nosso?



Que aproveitaria ao homem ganhar o mundo todo, e perder a sua alma? Ou que daria o homem em troca da sua alma? (Jesus)

Irmãos,

Cristo nos atenta quanto aos sentimentos ruinosos existentes no coração humano e que provoca em muitos casos a falência de toda uma evolução em nome de poderes imaginários na procura de aumentar os valores pecuniários e a aquisição das posses que nada mais são que empréstimos de Deus em confiança a poder proliferar a prosperidade coletiva.

O homem busca evoluir a todo o momento e compreendendo que tudo na diligencia deva haver um equilíbrio, pois todo excesso leva a práticas ruins que brotam como erva daninha nos jardins da vida provocando a destruição para com os impulsos indiscretos que são provenientes desta força. Quantos perdem a caminhada em um instante curto por querer barganhar vantagens indevidas sobre a terra e sobre os demais, muitos são os que se aliam aos sentimentos exposto pelo maligno em desfavor da justiça.

Quantos são os homens de elevada posição que praticam o egoísmo em nome da multiplicação dos bens, e aqueles que fazem de tudo para ter o que é do outro por mera vaidade e perversidade atendendo ao chamamento maior do mal. Quando se subtrai algo do outro se provoca uma onda de baixas energias, pois o sentimento provocado por está irradiação negativa no ambiente favorece a sintonia maléfica e que traduz nas guerras e na violência entre irmãos na sociedade o que amplia a falência dos sentimentos pessoais.

Todos os instrumentos que nos auxiliam e facilitam ao progresso são empréstimos a facilitar à edificação do próprio império da felicidade na vida eterna. Por isto o automóvel, a residência, as joias, os títulos, as pessoas nada nos pertence na eternidade, o que é nosso de verdade são as obras edificadas na base de Deus que são as praticas para com o bem, apenas a consciência nos pertence, pois o nosso espírito é de Deus, somos frutos da sua vontade que nos oferta o arbítrio da própria sorte, por isto conduza-se.

Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.
03/02/2016.





terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Não é fácil, mas é preciso lutar.





Eu sempre estarei com vocês.  (Jesus)


Irmãos,


Os desafios existenciais como todos compreendem e vivem refletem-se no cotidiano de cada elemento da natureza ao qual pertencemos como célula fundamental desta composição em tudo se transforma em nome de Deus o criador da vida e de tudo o que existe.

Proporcionalmente cada indivíduo traz a necessidade de elevação e edificação, trazendo as marcas das jornadas eternas provenientes de suas escolhas e que impacta na sua realidade do presente. As aventuras irresponsáveis a atender aos prazeres da carne trazem aos homens obstáculos a serem superados. E isto acontece porque Deus quer que seja? Não meus irmãos, Deus nos ama tanto que não faria o mal a nenhuma de suas criações, apenas o homem colhe o que planta e as dificuldades inerentes são de responsabilidade exclusiva.

O amor do pai é tão sublime e completo que nos permite sempre o recomeço, a começar pelo dia a dia e das encarnações eternas tantas vezes quanto forem necessárias a viver, renascer e prosperar sempre. Entendendo que não havemos de alcançar o reino de Deus sem termos de renascer diversas vezes, seja diariamente assim como o fundamental da reencarnação, onde o espírito eterno recebe a confiança de reparar os seus enganos através das experiências a serem valorizadas nas oportunidades dispostas a todos.

Nenhum começo ou recomeço é fácil para qualquer espírito, é preciso passar pelo processo de adaptação e aprendizado de matérias que acompanharão por toda a existência. Entenda que o nosso passado não pode ser alterado, mas o presente e o futuro podem ser ainda melhores, mas para isto é preciso deixar as lamentações e desculpas e ir à luta. Assemelhem-se a vida como a da formiga que nunca desiste do seu objetivo, ou seja, poderá o homem pela maldade retirar o seu alimento que carrega com dificuldade, e mesmo diante a tormenta ela não esmorece, volta aonde encontrou o alimento e retoma a sua caminhada com maior atenção, segurança e experiência a evitar os impactos de sua jornada, pois tem ela a meta a ser alcançada.

Acompanhamos a vida de muitos irmãos que se entregam a tristeza, a infelicidade e a depressão por não ter a fé, o animo e a disposição diante as dificuldades do caminho. Quantos são os que planejam uma vida de sucesso e riqueza nos seus empreendimentos diversos, mas a busca em muitos momentos é árdua e difícil, e a desistência passa a ser o melhor conselheiro, pois é a atitude mais acertada daqueles que não confiam na sua potencialidade e não esperam o tempo do seu desenvolvimento natural, pois buscam o resultado imediato, pois incitado pela ansiedade acabam inclusive por cometer indiscrições e até mesmo crimes afrontosos contra o Criador.

E quantos abastados perdem a sua condição favorável no planeta e tende-se a equiparar-se a grande sociedade media e ou mesmo miserável, tendo de passar por todo um processo de transformação pessoal, mas para muitos é preferível o cerceamento da vida a reaprender pela dignidade a recomeçar a reconstrução pós as ruinas. Quantos perdem seus status especiais e recusam-se a sentar ao lado da humildade que poderiam torna-los espíritos livres. Quantos estudantes têm a repetir o período por não ter alcançado a média, muitos, mas somente os fracos desistem e um dia vira um abismo ao seu lado e lamentará as oportunidades perdidas.

A caminhada ainda está distante do seu objetivo final, há muitas vidas ainda a serem vividas e muitas lições a serem aprendidas e também ensinadas, afinal somos eternos alunos e professores que dependem das oportunidades igualadas para alcançar o topo do mundo em fraternidade e felicidade.

Os estágios são realmente difíceis, mas quem persiste em um momento deixará esta condição e graduara-se no universo, e não será por um milagre espantoso que alcançarão os seus resultados, mas pelo mérito dos esforços.

Não importa com a magnitude dos seus problemas que estão enfrentando no momento, e saiba que não será lamentando e ficando inerte que estes cessarão, pelo contrario, nesta postura tende tudo a se agravar cada vez mais. E diante as dificuldades sempre encontramos mãos amigas a nos sustentar e nos guiar, a começar pela família. E a reação começará escutando a voz divina no coração e na consciência lhe dizendo: “- Não está fácil, acredite, compreendemos o seu momento, mas isto vai passar, tenha fé e calma, mas é preciso ir à luta, e saiba que Cristo estará sempre contigo fazendo o melhor e te protegendo.”.

Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.
02/02/2016.




segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Ter razão, ou melhor, ser feliz?




A sabedoria dos homens é tolice aos olhos de Deus. (Jesus)


Irmãos,

A caminhada tem compreendido que a busca pelo conhecimento e pela prosperidade tem propiciado à facilidade as praticas do evangelho cristão em referencia as lições do Mestre que nos reúne rumo à libertação da escravidão quanto às tendências aos sentimentos pequenos e ruinosos.

Aprisionar a felicidade está em ascendência desde a caminhada da humanidade por conta dos sentimentos oriundos da pratica maligna de seu ator. As céleres guerras contra o bem tem afastado nações e homens ao entendimento maior da vida que é a eternidade fraterna no reino de nosso Deus. A incitação ao mal tem alimentado no coração dos homens o orgulho e a vaidade desvairada em busca da razão e da imposição de dogmas e costumes em nome de um poderio social.

Vemos homens de elevada posição tratando as coisas de Deus com usurpação de sua vontade, adquirir os conhecimentos devem ser o alimento da saúde espiritual e intelectual do individuo em benefício de toda uma sociedade, seja ela encarnada ou desencarnada. A guerra contra o bem tem provocado a muito a falência das virtudes sagradas que levariam ao objetivo da felicidade plena.

A sociedade está gravemente em perigo e enferma destes sentimentos da razão, ou seja, muitos desejando impor a sua vontade quando de muito bastaria aceitar as pessoas como elas são. Não pode querer alterar uma tradição por caprichos ideológicos individuais, todos devem estar unidos em suas concepções e gostos a compreender que o universo é uma variante de oportunidades e sentidos e que podemos aprender com todos e a todo o momento. Ser o proprietário da razão deve ser governado a seu favor em busca deste melhoramento pessoal a favor da sociedade humana, e enquanto a razão fizer vontade à felicidade estará condenada as tristezas em um abismo que ecoa a voz solitária de suas convicções.

Para muitos a vida melhor seria conforme a sua razão, mas este é o sentimento máximo do egoísmo que cega os homens a pura e verdadeira felicidade. E qual é a felicidade? A fraternidade. E não será pautada em sentimentos limitados que o Criador proporcionou a vida em comunhão. Razão maior é aquela que propiciamos ao universo a força de recepcionar os valores e ofertar a vida aquela máxima que nos retornará em proporcionalidade.

Essa mesma razão que levou os homens do templo a crucificarem Jesus, pois a eles o invés de reconhecerem e aceitarem a nova aliança e serem felizes preferiu-se ter razão perante aquela sociedade ao qual detinham o controle social.

E então não havemos de buscar sempre a razão? Ao contrario irmãos, tenhais a razão para buscar o melhor para a todos, e construa a verdadeira felicidade de paz e alegria com amor incondicional a Deus como ele nos ama, mas compartilhando do conhecimento maior pela obra da felicidade.

Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.
01/02/2016.