segunda-feira, 23 de novembro de 2015

A luz iluminando

A luz iluminando


Ninguém acende uma lâmpada e a coloca num lugar onde ficará escondida, ou sob uma tigela. Ao invés disso, coloca-se ela de pé, assim aquele que entrar pode enxergar a luz. (Jesus)

Irmãos,

Sob a existência iluminando os caminhos resplandece a luz majestosa apontando o caminho para a salvação, como a notável presença do astro maior do planeta clareando as veredas da alvorada e aquecendo os corações as energias para o trabalho contínuo e progressivo.

No cair da aurora e sempre acompanhada do anoitecer traz-nos ao resguardo quanto aos perigos e os desafios do caminho. E quando as noites traiçoeiras apontam um caminho mais estrito cabe-nos uma atenção ainda maior, pois a espreita estará o pecado a perder-nos na desatenção na senda consideradas as mais fáceis que reserva na sua escuridão o naufrágio às trevas da perdição e da solidão o que causará um enorme vazio mesmo diante os ouros e amigos adquiridos.

A noite fria e solitária traz-nos a necessidade da iluminação a manter aquecida a fé na certeza do seguimento ao caminho a Deus em seu reino. Em muitos momentos haverá a necessidade de diminuir os passos a uma atenção maior a adquirir lições eternas que nos trará a resistência a enfrentar as tormentas do destino.

Sabe-se que não há facilidade por esta estrada, mas a fé que acende a alma deverá ser utilizada como fachos de luzes também na caminhada de outros irmãos que nas trevas se encontram e precisam de uma esperança na mínima luminosidade surgida e que poderá se perpetuar na alma.

Muitos já necessitaram e necessitam da chama aquecida de um irmão a guiar-se pela permanente estrada da felicidade e a equilibrar-se nos passos incessante pelo progresso que necessita do brilho alheio a avançar pelos caminhos da própria história a alcançar o objetivo eterno.

Na escuridão da noite há em nós o brilho das estrelas que nos apontam o caminho, pois sem o seu reluzir não seria possível à caminhada segura e não saberíamos aonde calçar. A luz do coração que se acende aponta o caminho e a força da união à claridade do rumo, e diante a constatação de que somos luzes capazes de brilhar a força do olhar divino tornamos importantes estrelas a manter a energia do universo em sintonia com a eternidade.

Não ofusque as chamas do teu calor através do egoísmo de querer brilhar a vida apenas a ti, pois se assim portar-se de que resultará acumular tanto brilho se ao redor será composto por trevas. Não creia que apenas o seu brilho será suficiente para guiar seus passos, se solitário andas o seu caminho estará sujeito às armadilhas traiçoeiras do breu.

Entenda que em coletividade não poderá a caminhada ser desértica, pois é no calor compartilhado da chama que se acende a luz do reino eterno.

Compreenda que a força da luz pessoal não se apaga, e em muitos casos ela poderá se abafar trazendo medo, incerteza e insegurança diante a escuridão, mas que com boa vontade, atitude, determinação e fé poderão a qualquer momento retirar as sujidades ao raiar intrínseco da eternidade em sua alma.

Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.

23/11/2015.

Nenhum comentário:

Postar um comentário