segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Pratica da fé



Se vocês tiverem fé do tamanho de uma semente de mostarda, podem dizer a essa montanha: 'Vá daqui para lá', e ela irá. E nada será impossível para vocês. (Jesus)

Irmãos,

Não existe uma medida ideal para o exercício da fé, mas sim a magnitude que transforma o homem em verdadeiro servo do bem ao exercício da caridade em favor do progresso de uma comunidade e de uma nação aos quais todos recebem a missão do exercício de paz.

A fé move a força dos filhos de Deus em busca da salvação e é a habilitação ao reino eterno. Saiba que não há como progredir sem acreditar em si e na competência e na confiabilidade que o Senhor proporciona nas ações e nos sentimentos que nos são capazes de elevar ao posto mais alto do amor eterno.

A fé ama;
A fé auxilia;
A fé compreende;
A fé convive com as diferença;
A fé cura;
A fé emociona;
A fé perdoa;
A fé salva;
A fé sorrir;
A fé transforma;

A fé é a existência e o ducto entre Deus e nós. E o que ele espera é que pratiquemo-la para transformar-nos em verdadeiros instrumentos de paz e amor na edificação da alegria e a condução da prosperidade em coletividade a qual pertencemos com as mesmas necessidades de transformação e progressividade.

Eleve a sua fé aonde a graça de Deus irá protegê-lo, ou seja, em todos os lugares. É ela que te fará merecedor da dadiva eterna e lhe fará morador permanente do reino dos céus.

Use a fé transformadora que há dentro de você a seguir otimista ao objetivo, a fé é a arma necessária para vencer as contrariedades da vereda da vida.

Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.

30/11/2015.

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Tranquilize




Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. (Jesus)


Irmãos,


A preocupação com o futuro atinge consideravelmente muitas almas com o receio do que poderão enfrentar em sua jornada, principalmente aqueles que de posse de uma particular posição social vem o receio da minimização de seu legado e possível readaptação de uma situação considerado desfavorável.

Todas as nossas ações terão consequentemente uma reação, ou seja, o que plantamos certamente se colherá na proporcionalidade da vontade. E não há como colher maçã de uma figueira, se deseja colher maçã deverá escolher a semente certa para recolher o fruto certo.

Nesta proposição esta a nossa semeadura, ou seja, apanharemos os frutos que cultivamos no presente trazendo as marcas das experiências de frutos pretéritos a evitar os erros como os novos e futuros rebentos.

O planejamento do amanhã deve ser entregue as ações do presente e é com o qual havemos de zelar com equilíbrio e responsabilidade para quando vier o amanhã ter a segurança de enfrentar com brio a missão e também os obstáculos com os quais havemos de vivencia-los a própria edificação e depuração mais a vida maior.

Toda árvore estará sujeita a doenças, mas com cuidado e amor poderá restabelecer a plenitude e ofertar frutos sadios. Toda alma estará sujeita a doenças, mas com fé e vontade poderá ser curada. Um fruto doente que morrer poderá ter a sua semente replantada e ofertar novos e bons frutos. Todo corpo doente e morto poderá ter o seu espirito reconduzido a novas moradas e renascer tantas vezes quanto forem necessárias e conceder novos frutos do bem e do amor.

As oportunidades estão dispostas a todos o que caberá a cada um utiliza-la da melhor maneira a seu favor, pois fazendo a sua parte do agora o amanhã cuidará de retornar o que é lhe é justo.

Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.
27/11/2015.


quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Reeducação de cada dia




É mais fácil passar um camelo pelo fundo de
uma agulha do que um rico entrar no Reino de Deus. (Jesus)

Irmãos,

A missão designada pelo Criador estabelece os percalços e os caminhos favorecidos à evolução ampliando as oportunidades para se elevar no universo divino pavimentando a estrada com os recursos adquiridos pela própria vontade.

A escola da encarnação traz à oportunidade a reeducação do espírito para a eternidade, afinal o processo de modelagem do caráter e da moral eterna necessitará de constantes ajustes pessoais no objetivo da purificação, bem como diversas experiências serão fundamentais a valorização das graças ofertadas pelo Criador a própria existência em poder promover o melhor de nós ao meio ambiente em que pousamos.

Os diferentes níveis sociais que são característicos do planeta de expiações e provas traz a lição a pratica da caridade e do desapego a favor da fraternidade e do auxilio ao próximo em que aquele que desfruta de uma condição favorável recebe a missão de auxiliar os mais necessitados em diversas situações, como:

Aquele que possui um conhecimento maior de qualquer natureza recebe a missão de ensinar seu semelhante necessitado deste recurso;
Aquele que possui um número favorável de recursos financeiro recebe a missão de amparar os pobres em busca de dignidade;
Aquele que possui a inteligência recebe a missão do esclarecimento;
Aquele que possui a saúde plena recebe a missão de conserva-la e auxiliar um enfermo;
Aquele que possui o dom de Deus, ou seja, todos nós que recebe a missão da acústica na pratica da caridade, do desapego, do amor, do perdão, da compreensão, do auxilio, da amizade, da fraternidade, do entendimento;
Aquele que possui fé recebe a missão da superação, da persistência, da disciplina, do trabalho, da perseverança;
Aquele que possui uma família recebe a missão de auxiliar no progresso de todos;
Aquele que possui uma amizade recebe a missão de ensinar e aprender;
Aquele que possui um vizinho recebe a missão de compartilhar;
Aquele que possui a esperança da salvação sabe qual o caminho a percorrer e os desafios a superar, pois sabe que Jesus é o caminho que levará a verdade e a vida eterna.

Todos possuem a sua riqueza que não se restringe a opulência das moedas fiduciárias, mas a real fortuna do conjunto da vida com seus recursos naturais a edificação da evolução que impulsiona a pratica do amor e a caridade do melhor que possuímos. E ao contrario de distribuir apenas cédulas, temos de distribuir com louvor todo bem que nos é disposto. Somos todos ricos, porque nascemos do amor de Deus, por isto não podemos nos desorientar apenas pelo acumulo material, mas a tudo que temos. E aquele que no auge da sua riqueza não doar o que tem certamente será conduzido à reeducação em lições que poderão desafiar a caminhada e o equilíbrio, mas que proporcionará ao espírito a disciplina da depuração. E se não desejas passar pelo processo de reestruturação com os difíceis desafios procurem então mudar seus pensamentos e atitudes fazendo agora o melhor com que tem.

Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.

26/11/2015.

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

A luz iluminando

A luz iluminando


Ninguém acende uma lâmpada e a coloca num lugar onde ficará escondida, ou sob uma tigela. Ao invés disso, coloca-se ela de pé, assim aquele que entrar pode enxergar a luz. (Jesus)

Irmãos,

Sob a existência iluminando os caminhos resplandece a luz majestosa apontando o caminho para a salvação, como a notável presença do astro maior do planeta clareando as veredas da alvorada e aquecendo os corações as energias para o trabalho contínuo e progressivo.

No cair da aurora e sempre acompanhada do anoitecer traz-nos ao resguardo quanto aos perigos e os desafios do caminho. E quando as noites traiçoeiras apontam um caminho mais estrito cabe-nos uma atenção ainda maior, pois a espreita estará o pecado a perder-nos na desatenção na senda consideradas as mais fáceis que reserva na sua escuridão o naufrágio às trevas da perdição e da solidão o que causará um enorme vazio mesmo diante os ouros e amigos adquiridos.

A noite fria e solitária traz-nos a necessidade da iluminação a manter aquecida a fé na certeza do seguimento ao caminho a Deus em seu reino. Em muitos momentos haverá a necessidade de diminuir os passos a uma atenção maior a adquirir lições eternas que nos trará a resistência a enfrentar as tormentas do destino.

Sabe-se que não há facilidade por esta estrada, mas a fé que acende a alma deverá ser utilizada como fachos de luzes também na caminhada de outros irmãos que nas trevas se encontram e precisam de uma esperança na mínima luminosidade surgida e que poderá se perpetuar na alma.

Muitos já necessitaram e necessitam da chama aquecida de um irmão a guiar-se pela permanente estrada da felicidade e a equilibrar-se nos passos incessante pelo progresso que necessita do brilho alheio a avançar pelos caminhos da própria história a alcançar o objetivo eterno.

Na escuridão da noite há em nós o brilho das estrelas que nos apontam o caminho, pois sem o seu reluzir não seria possível à caminhada segura e não saberíamos aonde calçar. A luz do coração que se acende aponta o caminho e a força da união à claridade do rumo, e diante a constatação de que somos luzes capazes de brilhar a força do olhar divino tornamos importantes estrelas a manter a energia do universo em sintonia com a eternidade.

Não ofusque as chamas do teu calor através do egoísmo de querer brilhar a vida apenas a ti, pois se assim portar-se de que resultará acumular tanto brilho se ao redor será composto por trevas. Não creia que apenas o seu brilho será suficiente para guiar seus passos, se solitário andas o seu caminho estará sujeito às armadilhas traiçoeiras do breu.

Entenda que em coletividade não poderá a caminhada ser desértica, pois é no calor compartilhado da chama que se acende a luz do reino eterno.

Compreenda que a força da luz pessoal não se apaga, e em muitos casos ela poderá se abafar trazendo medo, incerteza e insegurança diante a escuridão, mas que com boa vontade, atitude, determinação e fé poderão a qualquer momento retirar as sujidades ao raiar intrínseco da eternidade em sua alma.

Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.

23/11/2015.

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Persista e não pare



“deem ânimo ao coração de vocês e os fortaleçam para fazerem sempre o bem, tanto em atos como em palavras.“ (Jesus)

Irmãos,


Os desafios em sobreviver em terras de provas e expiações anuncia o exercício à tolerância frente aos preconceitos e miseráveis condutas do homem frente ao desenvolvimento de sua existência e assim em comunhão com demais irmãos e elementos vitais que formam o avançar de sua historia.

Não incomum encontrarmos espíritos encarnados e desencarnados desanimados e sem perspectivas com o universo frente às desigualdades e as condutas errôneas principalmente do homem.

Caminhamos no objetivo do aprimoramento a alcançar o reino eterno de felicidade, mas se não adaptarmos e moldar o caráter para o bem, de certo que a estrada será longínqua e cansativa e muitas vezes a melhor opção será parar e esperar o tempo passar, e se assim for, quanto tempo haveremos de esperar para recuperar uma nova oportunidade quanto àquela perdida? De certo que no prazo necessário que comporá o destino conforme a sua regência.

Compreende-se que não apenas de equívocos negativos compõe o planeta, há mais benéficas do que malefícios, mas o que desafia o homem são os atalhos e comportamentos falimentares da alma que surge a todo instante ao redor e também em nossa própria estrutura. E intenta-se que não estamos isentos de praticar o mal, mas havemos de perseverar na fé com persistência elevando a conduta soberana do bem e do amor fraterno a poder romper com as correntes que prendem a evolução pela ingerência muitas vezes da própria inópia a poder vencer o mundo como Jesus venceu.

As orações não devem cessar e menos ainda deixar de praticar o bem e o amor ao seu ambiente, havemos de proporcionar a paz com altruísmo e desprender da ganancia do egoísmo. E não creiam que os benefícios do Senhor virão somente para si, pois se assim acreditar de nada adiantará dobrar os joelhos aos céus clamando um mérito que ainda não sejas merecedor.

Se tiver um governo que não corresponde às perspectivas de sua nação, cobre do governante e participe mais das decisões de seu local;
Se tiver um filho que não obedece a seu direcionamento, persista e não o entregue a sociedade, lute pelo seu desenvolvimento até o fim;
Se tiver alguém lhe achincalha por suas escolhas ou pelo que é, perdoe os seus ofensores;
Se tiver um irmão que diz que está no caminho errado, escute-o e avalie com responsabilidade, pois o Senhor em muitos momentos usa o homem a alertar o homem, e compreendo que há fatos em que somos aconselhados a parar de nossos sonhos e projetos motivados pelo egoísmo e inveja do outro, mas lembre-se se a sua intensão for fazer o bem, quem poderá julga-lo, assim como demais condutas será somente quem o criou, e a melhor experiência é aquela que se pratica;
Se tiver uma empreitada que não avançou conforme o desejo, valera a experiência;
Se houve por uma força maior a interrupção de um projeto, há uma lição a ser a entendida;
Se tiver um nível privilegiado de bens matérias e cultural e se precisar, por conta do destino fazer algo mais simplificado, é porque há lição importante a ser aprendida;
Se tiver um ente que fora para a casa eterna, fica-se a saudade e os exemplos para continuar o seu avançar até o instante do reencontro;

Se acreditar no Deus de amor e Criador de tudo e das oportunidades e tiver fé, não se preocupe com o seu momento, principalmente quanto aos desafios vividos e tenha a certeza que ele permanece contigo e te direcionará sempre pelo caminho certo, por escute-o no intimo do seu coração.

Se acreditar no mesmo Deus do possível, há de confiar na humanidade, pois você também faz parte deste elemento, e saiba que Ele acredita em todos nós, por isto nos oferece a alvorada à espera do nosso melhoramento e do impulso coletivo para a promoção do bem. Faça a sua parte, ore e pratique a verdadeira oração.

Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.

19/11/2015.

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Obediência

Obediência

Ninguém pode dizer que me segue se não obedece aos mandamentos da Lei de meu Pai. (Jesus)
Irmãos,

A caminhada não será fácil, mas a chegada valerá a pena. A partir deste principio Cristo nos aponta o estimulo para continuar adiante em busca da prosperidade a caminho do reino eterno. Não basta apenas querer entrar por vontade, é preciso merecer, e para isto o Criador estabeleceu o caminho por meio do primeiro livro escrito que norteia a humanidade ao seu principal objetivo.

A história nos remete a atenção quanto aos irmãos que se destacaram por suas obras em obediência ao Criador e que foram responsáveis por anunciar a sua vontade diante os exemplos praticados em sociedade a que também podemos e devemos labutar a favor da fraternidade. Diversos venceram a miséria humana diante o ardor de seus preconceitos e julgamentos quanto à intensão de seu proposito, quantos foram escarnecidos por clamar o evangelho, mas que acreditaram no Senhor e anunciou o conhecimento a todos.

Jesus foi e é exemplo do amor do Pai que nos entregou para caminharmos no ritmo virtuoso do bem e do amor ao próximo. Inúmeros são seus exemplos a nos impulsionar a tarefa designada, assim como as instruções para vencer os obstáculos do caminho que sugeri-nos a desistência e a acomodação porque a caminhada causará a fadiga.

Irmãos, possuímos a inteligência a capacitar-nos quanto à vontade de Deus a favor do bem. Não podemos limitar-se somente através do conhecimento de um irmão, mas sim captar do seu conhecimento o impulso favorável à busca da verdade em Deus através da influencia dos caminhos construídos que nos guiará a tarefa produzida. Afinal estamos na mesma estrada, uns mais adiante e outros antes, mas encontramo-nos no caminho ao qual somos responsáveis.

Saiba que para se chegar a este patamar fora-nos necessário suor e préstimo com o auxilio daqueles que o Criador nos oferecera como a família, os amigos, os vizinhos. Entendam a Deus meus irmãos, por mais que não esteja aonde deseja estar é porque é preciso vivenciar esta lição atual. E logre a certeza de que será através da sua vontade, da sua capacidade laboral e espiritual que favorecerá o mundo que deseja, mas para isto é fundamental ser obediente à vontade de Deus.

É maravilhoso seguir o Cristo, mas o melhor é fazer da sua obra e da sua liderança a ferramenta da prosperidade universal a que podemos praticar de verdade tornando o seu ambiente favorável a pratica do evangelho de amor. Compreendendo que a lição de Cristo segue intrinsecamente os mandamentos de Deus, por isto não surtira o efeito fundamental caso não absorva com a qualidade pura a vontade divina através do trabalho baseado nos mandamentos a serviço da fraternidade real da sua obra.
Entenda que para seguir de verdade o Cristo rumo ao Reino de Deus é preciso:

Amar a Deus sobre todas as coisas, ou seja, reconhecer que ele é o único senhor do céu e da terra, o Senhor do existir, o Senhor do possível, o Senhor da vida e renunciar ao pecado dos seus personagens;
Não tomar seu santo nome em vão, não usa-lo para prejudicar teu próximo, barganhar vantagens egoísticas, provocar derramamento de sangue em teu nome;
Guardar um dia, ou seja, voltar-se para si e buscar a reforma e o expurgo do pecado que escure o caminho;
Honrar seus pais, ou seja, obedecê-los e acolhe-los no momento da sua dependência;
Não matar os sonhos de seu semelhante, progresso, caminho e mesmo interromper a sua jornada;
Não pecar quanto à castidade, ou seja, valorar o que de sagrado tens a favor da continuidade da vida;
Não roubar sonhos e bens de teu próximo;
Não levantar falsos contra seus semelhantes, não julgando e sentenciando quanto as suas particularidades;
Não desejar o cônjuge alheio e não trair e não ser desleal com aquele que contraído em núpcias recebem a benção divina a formar a sagrada família;
Não cobiçar as coisas alheias, afinal todos tem aquilo que por mérito conquistara, dar tudo a quem por direito conquistou;

Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.

16/11/2015.

sexta-feira, 13 de novembro de 2015

Poder da Oração

Poder da Oração

Tudo o que vocês pedirem em oração,
creiam que já o receberam, e assim sucederá.(Jesus)

Irmãos,

Orai a todo o momento, ore incessantemente conversando com Deus clamando a inspiração para a prática do bem e do amor à sociedade ao qual estão inseridos. A oração é o momento íntimo e de importante reflexão, é o instante de união e misericórdia a atenção ao Criador quanto às necessidades almejadas e à gratidão a tudo que é devido.

A oração é união e a busca por uma caminhada prospera e segura, à frente Jesus conduz suas ovelhas a relva mais favorável, mas sempre em alerta, principalmente aquelas que se desgarram, pois a necessidade de uma é a de todas, por isto é ele estará protegendo todo o seu rebanho. E se for preciso parar a caminhada de todos para resgatar uma ovelha, ele fará com ternura e amor.

Ao longo da jornada em suas várias estações seremos agraciados na convivência com demais irmãos na necessidade de se guiar pela mesma luz ao caminho da salvação, serão irmãos com dificuldades necessitando de auxilio, assim como você irmão, que igualmente precisa do seu igual para a qualidade do seu pleno desenvolvimento regenerativo.

E durante a peregrinação haverá pessoas que desafiarão o nosso controle e o equilíbrio diante as doenças contaminadas no seu espírito diante o veneno maligno. Estas ovelhas desgarradas requererão a compaixão de todos aqueles que se encontra em uma situação melhor a poder se fortalecer no seu pleno restabelecimento.

Entenda irmãos que todos estarão sujeitos às doenças do espírito, não estamos imunes ao erro de comportamento, sentimentos e atitudes que levou o apostolo considerado o traidor ao engano. Por isto busque não julgar, condenar ou sentenciar o seu semelhante pelos seus erros praticados, tenha a compaixão e a misericórdia, auxilie os doentes e dê o devido o perdão, afinal o resgate e a salvação é devido a todos desde que o arrependimento seja na alma e o clamor genuíno.

Como se chegará à salvação? Pela verdadeira oração, e não apenas aquela praticada em comum pela sociedade, mas toda aquela da sinceridade do coração é expressa a serviço da magnitude da caridade.

E através da oração não somente teórica e sim praticada seremos salvos, a obra maior esta na ação praticada, pois de nada adiantará ter acumulo de conhecimento se não colocar em pratica o conhecimento adquirido.

Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.

13/11/2015.

quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Instrumentos para a obra

Instrumentos para a obra

Mesmo quando alguém tem abundancia sua vida não vem das coisas que possui. (Jesus)

Irmãos,

Os bens que nos favorece ao assumirmos o compromisso de edificação para o bem no proposito universal do amor é o instrumento fundamental para a realização da obra perante a eternidade, nada nos pertence como proprietários exclusivos, mas há o compromisso para com aqueles aos quais temos as matérias para a sua satisfação.

Recebemos como permuta os bens de Deus para utiliza-la com fraternidade para a prosperidade da vida eterna a começar pela existência que nos torna instrumento da vontade de Deus e os bens dispostos a facilitar a atividade de nosso ajustamento diante a vontade divina.

Se adquirires um dom de Deus, tens o compromisso de ajudar sem barganhar vantagens egoísticas;
Se adquirires um conhecimento, tens o compromisso de ensinar;
Se adquirires um pai e uma mãe, tens o compromisso de honra-los;
Se adquirires um filho, tens o compromisso de guia-lo para a prática do bem e do amor;
Se adquirires um companheiro, tens o compromisso da lealdade;
Se adquirires uma família, tens o compromisso de ama-los;
Se adquirires um corpo, tens o compromisso de conserve-lo para a execução do trabalho;
Se adquirires dois pães, tens o compromisso de reparti-lo e alimentar;
Se adquirires dois pares de sandálias, tens o compromisso de calçar um descalço;
Se adquirires um lar, tens o compromisso de zelar e faze-la confortável;
Se adquirires duas vestimentas, tens o compromisso de vestir um desnudo;
Se adquirires duas moedas, tens o compromisso de uma doar a aquele necessitado;
Se adquirires um veículo, tens o compromisso de transportar um irmão que necessita;
Se adquirires uma empresa, tens o compromisso de contratar um chefe de família;
Se adquirires um emprego, tens o compromisso de servir bem;
Se adquirires a vida, tens o compromisso de cuidar com dedicação e amor;
Se adquirires uma amizade, tens o compromisso de conserva-la para a manutenção da união e do progresso;
Se adquirires uma doutrina, tens o compromisso de respeitar a crença alheia;
Se adquirires uma preferencia para ser feliz, tens o compromisso de respeitar as escolhas alheias;
Se adquirires um sorriso, tens o compromisso de alegrar a vida;
Se adquirires a escrita, tens o compromisso de registrar exemplos;
Se adquirires o dom da música, tens o compromisso de acalmar os agitados;
Se adquirires o erro, tens o compromisso de voltar atrás e buscar acertar;
Se adquirires a dificuldade, tens o compromisso da humildade de pedir ajuda;
Se adquirires a ofensa praticada ou tida, tens o compromisso do perdão;
Se adquirires um animal, tens o compromisso de auxilia-lo no seu desenvolvimento;
Se adquirires um vegetal, tens o compromisso de conserva-lo para o alimento e a sombra;
Se adquirires um mineral, tens o compromisso para a conservação a serviço das ferramentas, da edificação e também da alimentação;

Entenda que, o adquirimos não é seu e não é aconselhado ser usado exclusivamente para si e ou mesmo guardado em um baú para que as traças da omissão da preguiça possam arruinar com a qualidade do seu valor e furtar da sociedade o desfrute do bem para a prosperidade coletiva.

É-nos devido o compromisso para com a obra da caridade coletiva e ao qual podemos se for da vontade, pavimentar a salvação. Compreendendo que o Criador não nos obriga a cumprir o que nos fora determinado, mas entendendo que a atitude resultará na condição do presente a reserva para o futuro. O que possuímos, seja em abundância ou limitado, é a nossa principal ferramenta e dela havemos de fazer o melhor dentro do limite permitido, e entendendo que a inercia também é um direito, mas que não nos permite esperar um resultado satisfatório.

Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.

11/11/2015.

sexta-feira, 6 de novembro de 2015

Encontrando o seu lugar



Deixai as aves voar sobre a cabeça mais não deixai fazer ninhos... tudo é licito fazer, mais nem tudo me convém. (Jesus).


Irmãos,

É importante compreender a missão determinada pelo Criador neste universo que nos acolhe sobre a matéria a poder desempenhar a função de edificação do espírito fazendo das habilidades adquiridas à segurança pessoal e a força para o contínuo trabalho, assim também servindo de amparo a demais irmãos em sua evolução que são divididas não somente no homem, mas igualmente nos minerais, vegetais e animais que nos fora em confiança entregues pelo pai ao compromisso do desenvolvimento eficaz destes elementos como os anjos que nos acompanha a nossa prospera evolução.

Faça a sua parte e o pai lhe retribuirá com o mérito da obra, não importa qual a sua condição social que lhe assiste, pois o ato do espírito vai muito além da matéria que se acumula, mas sim na lealdade à vontade divina a serviço e amparo ao seu semelhante nas dificuldades e o compartilhamento do sucesso. Não há salário sem trabalho, por isto a importância de cada um tomar para si a responsabilidade diante a vida que não se restringe aos rótulos doutrinários para que se pratique a verdadeira caridade, e sim na função que assumimos perante a sociedade quanto às condutas e sentimentos a serviço do bem em sua magnitude.

Ativar as funções de paz e prosperidade é essencial para a construção de uma humanidade mais justa e equilibrada, e essa ação começa através de tudo aquilo que ofertamos ao ambiente ao qual nos inserimos. Compreender que não será barganhando vantagens ilícitas que favorecerá um espaço privilegiado, ao contrario, todo aquele que contraria a vontade divina se estagna no tempo o que aumentará o debito perante a consciência quanto às oportunidades desperdiçada.

A bela ave sobrevoa querendo encontrar um lugar seguro e imóvel a fazer o seu ninho, pois sabe que ali estará segura e nada poderá ameaça-la. E neste contexto meus amados havemos de encontrar a razão de nosso lugar no mundo, assim como a missão designada. A liberdade de cada dia ofertada pelo Criador nos permite avançar ou parar no tempo, o livre arbítrio é lei, mas entendendo que qualquer ação e ou inação há o seu devido impacto, como nas dificuldades quanto nas facilidades, ou seja, está em nossos atos a condição do presente e se ficarmos parados e nada produzir, seremos alvos para que as aves façam o seu ninho, pois ficando inerte o que somos?

Para merecer o Reino dos céus vivenciaremos inúmeras experiências até conquistar, por mérito, um lugar na eternidade e ao lado daqueles que amamos. E enquanto isto, aproveitemos a estadia no planeta e ou aonde se encontra.

Sejamos benignos consigo e para com seu semelhante, pois neste viés começa a verdadeira missão na eternidade. Seja curioso na busca pelo bem, ativo na caridade de todas as maneiras, converse a todo o momento com Deus a lhe instruir quanto ao seu desempenho na existência e afastando de todas as armadilhas do pecado, não seja ninho das aves, vislumbre sim a sua beleza, mas seja à sombra da árvore a acolher um irmão desesperado em busca de um abrigo como deseja também encontrar.

Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.

06/11/2015.

quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Oração do arrependimento



“O reino de Deus está dentro de você”. “(Jesus).

Irmãos,

Compreendamos a existência sob a vontade divina que estabelece o curso ao qual havemos de percorrer para atingir a morada eterna. Experiências vividas pelo espirito em vários estágios determinará qual a posição atingiremos perante a vida e ao Criador. Erros integram a partitura da alma no proposito de moldar o caráter sob a vontade divina como o arrependimento determinando a porta de entrada ao Reino que se inicia na limpeza que promovemos em nosso coração.

Arrependa-se a todo o momento dos erros e pecados elevando no impulso da persistência, da força de vontade e da disciplina movida na fé que são fundamentais na construção o império de amor, paz e felicidade. O arrependimento sincero comungando na misericórdia divina trará as oportunidades de gozar com lisura das bênçãos da vida. Olhar para o lado edificando o reino intrínseco de amor já existente na alma.

Arrependa-se de quando não amou a Deus sobre todas as coisas;
Arrependa-se de quando dissestes o nome de Deus em vão;
Arrependa-se de quando amastes outro Deus e não o Pai Criador;
Arrependa-se de quando foi injusto com seu semelhante;
Arrependa-se de quando alguém batera a porta e não suprira a sua necessidade básica;
Arrependa-se de quando teve mais de uma vestimenta e recusou a vestir um desnudo,
Arrependa-se de quando teve um pão e não alimentou um faminto do corpo e da alma,
Arrependa-se de quando olhou para teu semelhante condenando-o por suas escolhas;
Arrependa-se de quando desprezou um pobre da matéria e do espirito;
Arrependa-se de quando um irmão lhe pedira ajuda e recusaste;
Arrependa-se de quando um irmão teve dificuldade e não o ajudou;
Arrependa-se de quando se aproveitou da inocência de um irmão para barganhar vantagens;
Arrependa-se de quando não honrou seus pais;
Arrependa-se de quando levantastes falso de seu semelhante;
Arrependa-se de quando preferistes o prazer da carne ao invés de guardar o espírito;
Arrependa-se de quando matastes teu semelhante de várias formas;
Arrependa-se de quando não respeitou a crença de teu semelhante;
Arrependa-se de quando mentiste;
Arrependa-se de quando roubaste e furtaste;
Arrependa-se de quando desejastes o cônjuge de teu semelhante;
Arrependa-se de quando cobrastes o que do senhor recebera de graça;
Arrependa-se de quando abusou da necessidade e desespero de teu semelhante;
Arrependa-se de quando poderia ter feito algo de útil, mas teve preguiça;
Arrependa-se de quando tivestes inveja;
Arrependa-se de quando tivestes orgulho;
Arrependa-se de quando fora vaidoso;
Arrependa-se de quando fora avarento;
Arrependa-se de quando fora egoísta;
Arrependa-se de quando desejou a vingança;
Arrependa-se de quando fora ingrato;
Arrependa-se de quando desrespeitou os animais;
Arrependa-se de quando desrespeitou os vegetais;
Arrependa-se de quando desrespeitou os minerais;
Arrependa-se de quando desrespeitou os anjos de Deus;

É tempo de arrependimento, é tempo de pavimentar a salvação, o Criador a todo o instante proporciona a oportunidade para que façamos a sua vontade para avançarmos. Para isto é preciso tomar o arreio da própria vida e não se preocupar com os erros e pecados de seu irmão, pois a mesma necessidade deste é a mesma sua. Faça a sua parte, não julgue teu semelhante, faça sempre o melhor, ajude-o como desejar ser sempre ajudado.

Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.
04/11/2015.

terça-feira, 3 de novembro de 2015

Sua Posição na Eternidade



O mundo é dos espertalhões, mas o céu é para os justos! (Jesus)

Irmãos,

Não incomum depararmos com argumentos de amigos que trazem ao conhecimento do Criador a arguição daqueles que se privilegiam da miséria social a se beneficiar quanto às riquezas materiais, e também aqueles que usam se sua dita esperteza para ludibriar os inocentes em busca da satisfação egoística de suas vontades diluída em todos os setores da humanidade em suas varias ramificações. Como há irmãos que questionam o Criador quanto à permissão de atos nocivos a serem praticado com vasta astucia na sociedade.

Irmãos, compreendemos que galgamos a edificação na morada eterna diante os atos praticados ao longo da existência, lembrando que todas as ações são contabilizada e refletida no presente instante em que o Pai privilegia a todos com a chance de mudar os erros e caminhar conforme as suas instruções.

O desejo de acumular riquezas materiais é abençoado desde que princípios do bem estejam em sua magnitude praticada por seus atores, e ao adquiri-la repartindo com justiça a aqueles que necessitam custear a sua marcha com dignidade. Pois aquele que tens duas vestes poderá vestir um desnudo, afinal tu somente tens um corpo a se cobrir, se tens duas sandálias poderá calçar um irmão com os pés nu, pois tu tens um par para cobrir, se tens dois pães, poderá alimentar um faminto, pois só tens um organismo que não precisa do excesso para funcionar, se tens duas moedas, uma poderá satisfazer as suas necessidades e a outra amparar um irmão, se es composto por uma inteligência, então faça a sua parte e entenda que as nossas ações de fraternidade parte de nossa exclusiva vontade.

E ao usar o que o Criador lhe emprestou em confiança a praticar o pecado em toda sua esfera, certamente as aquisições não terão o amparo divino, principalmente aqueles que usurpam da palavra divina a praticar o egoísmo e toda miserável conduta para com teu próximo pelo sentido de atrair noviços a sua redoma limitada e cruel do preconceito para com teu semelhante quanto as suas escolhas a viver a plenitude da alegria.

Se praticares a honestidade e o momento lhe favorece o limite dos bens para o uso e aquisição, bem como a contenção de consumo e bem estar e se teu semelhante pratica fraudes e desfruta de um conforto aparente, não se revolte, lembre-se que a maior riqueza não esta neste tempo limitado, mas sim na eternidade. Afinal os bens adquiridos na matéria permanecerão na matéria e o que levará para o Criador é o seu coração, e é ele o seu eterno arquivo, por isto preocupe-se com o que se pratica junto a sua sociedade e não pelo que se acumula, pois nada juntado da matéria poderá lhe servir de álibi, mas o que dele fez ao teu semelhante, até mesmo um sorriso.

Tenha paciência e fé, Deus sabe das suas necessidades, e se o momento favorece o limite é porque há um proposito para sua eternidade, o que é seu chegará até ti, mas se o impulso lhe trouxer indiscrições as consequências virão pela justiça divina. Afinal, nenhuma ação da criatura humana é esquecida ou despreza, por isto acumule no seu coração a verdadeira riqueza imperecível que já nascerá em sua raiz pela vontade de Deus, o amor.

Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.
03/11/2015