sexta-feira, 9 de outubro de 2015

Versos da Caridade



Tudo é possível àquele que crê. (Jesus)


Irmãos,

Quem crê nas promessas do Mestre não andarás nas trevas e encontrará no Senhor o refugio e o amparo para as dificuldades e a luz da vida eterna. Cristo estará conosco e quem nele acredita e dedica a sua vida em obediência ao Pai não estarás desamparado e terá a gloria de Deus por toda eternidade.

A crença nas lições divinas não se limita ao conhecimento literário, a obra é vasta e para merecer a condição de sentar-se a direita do Pai necessita do aprofundamento maior das lições quanto a sua realização ao seu ambiente.

Dedicar-se as obras do Senhor é um compromisso eterno e majestoso, entendendo que não será fácil, pois as tentações e a desistência em muitos instantes favorecerão o aborto da evolução. E entenda que mesmo que a luta seja difícil, mas aquele que faz a sua parte o suor e o cansaço não será maior que as recompensas eternas que estamparão na alma dos merecedores a felicidade e a paz construída. E mesmo que o espírito encontre a graça da eterna virtude a obra permanecerá e o compromisso de acolher e resgatar as almas aflitas, perdidas e abandonadas. A obra da divina providencia é ativa e contínua ao qual laboramos a cada instante.

A entrada ao reino de Deus inicia-se quando permitimos que no universo do espírito haja a absorção da caridade verdadeira vivida e praticada. Este é dom que nos permite conhecer a verdadeira vontade divina e que nos facilita a compreensão dos mandamentos a coloca-lo em pratica a nosso favor e a toda diversidade vital.

Compreende-se que a caridade é um campo vasto de oportunidades, mas para que ela seja realmente exercitada por nós e a favor da sociedade, é essencial entende-la quanto a sua verdade.

A caridade é paciente, compreensiva, instrutiva, indicativa, doadora, alimentadora, anônima, é também perdão, amor, parceira, namorada, esposa, irmã, mãe, perfumada, iluminada e que também contraria a quem amamos quando não permitimos que nossos semelhantes de aventure nos erros e pecados e também quando alertamos aos nossos irmãos quanto aos erros e indicamos outros caminhos mais favorecidos.
A caridade permite o respeito e entendimento do livre arbítrio do outro sem que haja interferência às tradições.
A caridade é acolhedora, salvadora e saudável.
A caridade começa por nós reformando as indelicadezas e indiscrições, afinal não há como pratica-la sem senti-la e vive-la na sua acústica.
A caridade compartilha o seu conhecimento.
A caridade ensina sem repto.
A caridade acende a luz das trevas.
A caridade zela pelos animais.
A caridade zela pelos vegetais.
A caridade zela pelos minerais
A caridade preserva as obras de Deus em toda sua forma.
A caridade facilita as dificuldades alheias.
A caridade alimenta seu semelhante de toda sua fome.
A caridade sacia a sede de teu semelhante.
A caridade veste o desnudo em toda nudez.
A caridade sorri.
A caridade chora as tristezas junto com a dor de teu próximo.
A caridade silencia no momento em que havemos de estar apenas ao lado.
A caridade fala no momento que nos permite a oportunidade.
A caridade reconcilia a todo instante.
A caridade perdoa sempre.
A caridade ama sempre sem esperar recompensa.
A caridade honra a família que te acolhe e faz parte de sua historia.
A caridade honra os amigos que confraterniza a sua caminhada.
A caridade não explora as dificuldades de teu próximo.
A caridade é dar de graça o que recebestes de graça.

A caridade é o caminho fundamental para a salvação. E não há quem possa pratica-la melhor do que o outro, para o seu pleno exercício não há dimensões ou importâncias, e sim boa vontade. Coloca-la em pratica é preciso exercê-la em toda sua autoridade, e uma pessoa pode até oferecer ao teu próximo as vestimenta para se vestir, o alimento para alimentar, a voz para o falar, o abraço para consolar, mas se no coração não houver a caridade pura tudo poderá ter sido em vão.

A caridade é o oceano divino que nos permite a navegação favorecida e a entrada para a eternidade em que a sua realidade depende da própria vontade. O mar da caridade é Jesus nos chamando a andar por cima das águas, quem crer andará sem temor.

Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.

09/10/2015.

Nenhum comentário:

Postar um comentário