terça-feira, 1 de setembro de 2015

Joalheria Divina



Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração. (Jesus Cristo)


Aquele que vive pela carne morre na carne, aquele que vive do espirito resplandece na eternidade. Na constante busca pelo tesouro maior, muitos elegem a sua riqueza em bens supérfluos e perecíveis, entrega à matéria a sua principal nascente de uma falsa imagem de prosperidade e esquecem-se da sua principal fonte de equilíbrio, o bem espiritual.

Dê a César o que é de César e a Deus o que é de Deus. A esta importante refutação Jesus explanava a diferença quanto aos verdadeiros princípios de sua obra quando arguido pelos sacerdotes que buscavam pretextos para deter o Homem de Nazaré.

Perante a multidão Jesus ensinara a verdadeira essência do bem, e assim o faz em sua lição mostrando o verdadeiro tesouro existente em cada um nós e que muitas vezes não usamos por diversas razões e ou mesmo escondemos este precioso bem no cofre da alma e exibimos o falso brilho de uma peça sem o menor valor.

A merecer o Reino de Deus havemos de renascer a depurar de fato as misérias da alma a elevar-se na sociedade eterna aonde habitam aqueles que de fato mereceram por suas obras de caridade e devotamento a Deus amando o seu próximo.

As virtudes sagradas do bem habitam o meio de nós, assim como vivemos em Deus. Jamais tenha medo de usar o que de melhor Deus lhe ofertou, não tenha receio de doar a riqueza de seu coração. E por mais que este bem possa ser machucado, o verdadeiro diamante nosso, a alma, mesmo que seja lascado em diversos pedaços, nunca perderá o seu verdadeiro valor, e mesmo dividido em partes o diamante sempre será diamante.

O espirito é o brilho reluzente de Deus ofertando a existência, por isto, cuide e lapide para que cada parte seja a riqueza de outras fortunas sagradas compartilhando a mesma joalheria.

Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.

(01/09/2015)

Nenhum comentário:

Postar um comentário