terça-feira, 29 de setembro de 2015

Balsamo do coração



Bem-aventurados os que choram, pois serão consolados. (Jesus)



Irmãos,

Naquele instante em que a sensação parece não haver mais solução, as dificuldades em desafio à paz e ao equilíbrio, o insucesso instigando à desistência, as quedas dificultando a sequência da caminhada próspera, a inquirição ao Criador a compreender as razões dos desafios em lágrimas a escorrer pela face e o duelo consciente quanto à continuidade da luta e ou a a facilidade da acomodação.

Não é fácil, afinal a miséria da existência impregnada pela astúcia do pecado ainda habita o coração dos homens que os cegam quanto a proposta do Pai a transformar-nos em bons servos do amor. Viciosos são os caminhos percorridos em nome de um poder, os argumentos persuasivos a encantar os humildes e ignorantes e a astúcia do induzimento a um projeto perverso em atendimento ao emprego do egoísmo tem retirado à chance de muitos a avançarem com eficiência e lisura ao reino dos céus em que o destoar do verdadeiro evangelho de Cristo em nome do poderio da massa tem feito de lideres verdadeiros algozes da prosperidade universal.

A oferta de Deus para a continência existencial abre o caminho para a depuração do espírito ao caminho da salvação. Os antepassados abriram as portas para a favorável condição da renovação da vida que passa pelo processo da própria semeadura em terras férteis da eternidade doados pelo Criador. A distribuição da melhor semente traz o compromisso da procura pelo melhoramento contínuo que havemos de valorizar a alma na demanda do bem.

Perceba que quanto mais frutífera for uma árvore, maiores serão as pedradas a receber e a machucar por ação daqueles que desejam ter para si a qualidade dos seus melhores frutos. E mesmo recebendo os assaltos da sequencia, a árvore continuará a cumprir a sua missão, e não cessará de ofertar os seus néctares a alimentar o teu próximo, como abrigar o ninho dos pássaros que buscam nos melhores galhos o refugio da sua proteção. E neste proposito irmãos, sigamos o exemplo da árvore, se receber as inevitáveis pedradas da vida e elas te machucarem e as lagrimas escoarem, saiba que Deus esta e permanece em ti lhe concedendo o dom da inteligência, do discernimento e a certeza da acolhida com as oportunidades permanentes.  E com persistência, fé e coragem fazendo a vontade de Deus tu estarás amparado e poderá continuar a ajudar e a prestar auxilio com eficiência, amor e caridade.  

Infira permanentemente em seu coração a seguinte asserção, mesmo que te arrancarem os galhos e o tronco de sua estrutura, mas zelando pela manutenção sadia da raiz em Cristo, sempre lhe será permitido o renascimento e o recomeço com justiça para que possa continuar a fazer o melhor. E para isto é necessário atitude, vontade e diligência para cumprir o proposto por Deus com as lições de Cristo que nos permite que a força da estrutura da fé permanente e imaculada da alma mesmo com as árduas agressões, fça o melhor e viva a vida com amor.

Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.

29/09/2015.

Nenhum comentário:

Postar um comentário