quinta-feira, 23 de julho de 2015

Amando e prosperando



O amor é de essência divina e todos vós, do primeiro ao último, tendes, no fundo do coração, a centelha desse fogo sagrado. (Allan Kardec).

Sentir-se amado de todas as formas é a mais fascinante e abençoada certeza que qualquer Ser pode absorver e compreender em sua jornada no sentido da prosperidade e de poder caminhar galgando a construção da felicidade permanecente.

O nosso existir é possível porque a concepção se deve pela virtude do amor de Deus nos fazendo a sua imagem. Quando o espírito, independente da sua evolução e de onde estiver, compreende o sentido de amar, e entende a sua interpretação a serviço do universo, abre-se a compota das oportunidades para a felicidade a arrastar consigo o que há de melhor e poder expressar e manifestar toda sua magnitude.

Amar vai muito além que abraçar e ou manifestar um afeto, esta virtude é um leque amplificado de tarefas e possibilidades, e que a cada matéria desta praticada, testemunha-se a sua importância e o quanto as chances são oportunizadas a favor das benéficas da existência proporcionando paz e a alegria equilibrada.

Amar é compreender e auxiliar o teu próximo em suas necessidades, é se sensibilizar e procurar melhorar a si a serviço da sociedade e de alguma forma trabalhar para amenizar as mazelas sociais, é doar o melhor de si, é praticar a caridade em suas eventualidades, é orar pelo teu próximo e principalmente pelos inimigos e desafetos, é honrar e obedecer a seus pais e os idosos; amar é dar à atenção a manifestação de uma criança; amar é instruir e auxiliar os animais em sua evolução, assim como conservar toda forma de natureza diversificada nos vegetais e minerais, amar é perdoar sempre e não conservar magoa e rancor.

Quando o coração estiver repleto das sujidades do pecado e dos sentimentos inferiores contrários ao bem, de certo parecer complicado amar a vida e seu próximo, mas sempre é tempo de amar, para isto é preciso desvencilhar destas barreiras, sendo que esta vontade vem da superação destes obstáculos que empenhamos a nós em nossa caminhada.

Lembremo-nos sempre de como somos concebidos e o quanto devemos ser gratos ao Senhor não apenas cantando salmos de louvor nos templos, mas fazendo a nossa parte a favorecer a instancia do amor a todo o momento e situação, ame sempre.

Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.
23/07/2015.


Nenhum comentário:

Postar um comentário