terça-feira, 2 de junho de 2015

Entre o Céu e a Terra



O Espiritismo realiza o que Jesus disse ao consolador prometido: conhecimento das coisas, fazendo que o homem saiba donde vem, para onde vai e por que está na Terra; atrai para os verdadeiros princípios da lei de Deus e consola pela fé e pela esperança. (Allan Kardec).


Toda obra que tem como principal tarefa o amor e a caridade de certo nela estará Cristo a amparar e a receber todos aqueles que necessitam de um auxilio, é onde estará o consolo das angústias e das tristezas frente aos desafios pessoais. A nossa história pode ser contada pelas consequências do nosso presente. É navegando no próprio drama e na própria comédia que se refletirão aos seus autores a verdadeira epopeia da vontade de Deus no universo das possibilidades, assim como os desafios a serem superados.

E neste propósito nasce o espiritismo, não para ser mais uma doutrina terrena, mas para complementar a obra de Deus nos revelando a razão de tudo existir. Ao se manifestar a luz de Deus iluminado cada passo de nosso existir, é possível aceitar os desígnios de Deus com maior tolerância e compromisso, e tudo que vivenciamos faz parte da justiça de Deus, ou seja, o que produzimos, colhemos. E tendo como principio fundamental o renascimento, o nosso espírito caminhará por vales e pontes diversas até encontrar o rumo do trilho da salvação.

Ao desembarcar no planeta, todos trazem em sua bagagem a preparação de um destino já traçado e ao qual não se poderá mudar o seu curso, bem como a oportunidade do espaço suficiente para aprender novas todas as coisas e contando, é claro, com a inteligência para fazer do próprio destino o que melhor convenie exercido pela liberdade do arbítrio para conduzir o veiculo sagrado na estrada mais favorável.

No rumo da evolução o Senhor designará em nosso auxilio irmãos a nos acompanhar em todos os passos na busca do equilíbrio e da salvação. Irmãos encarnados e desencarnados a serviço de Deus nos auxiliarão até atingirmos a maturidade e a purificação a merecer o devido lugar no reino dos céus e assim tomar a nossa responsabilidade em auxiliar uns aos outros na mesma qualidade.

É de responsabilidade pessoal tornar o caminho do nosso irmão melhor e mais esclarecido conforme o clareamento do conhecimento adquirido. E ao contrário do que os adversários do espiritismo declaram em que a comunicação dos espíritos acontece apenas pelos irmãos que se encontra em atividade a serviço do maligno, o espiritismo na sua estrutura veio trazer a bandeira da paz e da esperança, venho mostrar qual deve ser a nossa postura e o incentivo de não desistir da lutar, pois a vitória vira desde que façamos por merecer cada suor.

O espiritismo não veio para ser uma doutrina sem obra, veio para cumprir e trabalhar o verdadeiro evangelho de Cristo para o bem de todos e para esclarecer as dúvidas. Assim como veio para dar a certeza de que a vida não cessa com o perecimento da matéria e que eternizamos na própria obra. E entre o céu e a Terra não há distancia e sim o elo estreito entre Deus e nós na obra praticada.

Importante compreender que não há eficácia da oração sem uma obra verdadeira. E aquele que de fato permite conhecer e estudar a doutrina sem preconceitos terá a oportunidade de engrandecer pelo proposto da doutrina para com o bem coletivo. Em momento algum o espiritismo ergue a própria bandeira e diz ser o único ou o melhor caminho, mas humildemente diz que é na obra da caridade que encontraremos a salvação que poderá e deve ser exercido por todos, principalmente em todas as doutrinas existentes.

No espiritismo não há salvação, pois até mesmo os seus praticantes e simpatizantes estarão sujeitos a falência moral e o desvio do bem quanto a ação do mal, mas aquele que de fato tem Deus no coração, mesmo nas dificuldades, não importando a sua magnitude, não estará sozinho, e Ele, está e deverá permanecer vivo em no coração e que seja feita sempre a sua vontade e não a nossa, pois ao fazer a vontade de Deus, estaremos próximos da própria felicidade contagiando todos ao redor.

Dr. Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.
02/06/2015.



Nenhum comentário:

Postar um comentário