terça-feira, 28 de abril de 2015

Oração Verdadeira


 

 

Julgando-se com direitos superiores, melindra-se com o que quer que, a seu ver, constitua ofensa a seus direitos. (Allan Kardec)

 

É comum encontrar muitos irmãos na enfermidade eterna e que se abate pela revolta no espírito quando se veem em conflito com o vazio espiritual que habita a sua alma, elevando o senso de injustiça se perpetuando na depressão existencial pelos caminhos a percorrerem.

Muitos irmãos acreditam serem vitima da injustiça divina e se revoltam contra o Criador, principalmente aqueles frequentadores dos templos religiosos, conhecedores de toda palavra do código divino, bem como conhecedor de todas as orações possíveis. Quantos irmãos sofrem por ter todo um conhecimento, mas há um abismo profundo habitando a sua existência.  

Toda forma de conhecimento das leis divinas são fundamentais para o crescimento dos seres na sua existência e desenvolvimento. Mas o que temos visto são irmãos vivenciando profundas tristezas e dificuldades por não conseguirem se encontrar no universo e fica preso à teimosia por permanecerem inertes ao progresso e por ainda fazer habitar em si sentimentos inferiores como o preconceito. 

E neste propósito nos deparamos com inúmeras enfermidades da alma que acompanham o ser por um período considerável, e em alguns casos farão parte da sua caminhada por um longo tempo até haver boa vontade consigo e buscar de fato extirpar a célula cancerígena do pecado da sua alma.  

É fundamental trabalharmos a todo o tempo para separar o joio do trigo, queimar todo mal que impede o sucesso existencial dos filhos de Deus e aproveitar a boa colheita e de fato fazer o uso de nossa mais bela essência. 

Entretanto, havemos de vencer os obstáculos naturais da existência para merecer o salário justo pelo bom trabalho como fieis servos do divino e superar as consequências das nossas escolhas pela liberdade nos concedidas, principalmente arrepender-se dos pecados para merecer o reino eterno.  

O conflito natural em que muitos irmãos se veem quanto à confusão existencial com a própria consciência, e principalmente aqueles que acreditavam estarem salvos por ter o conhecimento de parte do ministério de Deus nas suas doutrinas, acontece pela da falta de um conhecimento maior do propósito divino.  

Quantos irmãos praticam a crueldade do julgamento implacável aos erros cometidos e escolhas pessoais de seu próximo; da impaciência para com o necessitado e ignorante, dos preconceitos diversos; da falta de caridade e sensibilidade ao sofrimento alheio; de usar o santo nome de Deus em vão para atender interesses sórdidos; de levantar falso testemunho para com seu irmão; de não perdoar a uma ofensa ou uma falta; de não pedir perdão dos erros praticados; de desonrar seus pais através da desobediência; da manutenção das magoas, do rancor e do ódio; do sentimento de vingança; da conservação da inveja e do egoísmo; da ingratidão; da intolerância; da cólera; da vaidade excessiva e da corrupção.  

Quantos ainda insistem, e por arbítrio, em fazer morada aos invasores do mal em suas ações e sentimentos, aqueles que afastam as almas da verdadeira e única religião de Deus, o amor, eis a razão de muitos irmãos encarnado e desencarnado permanecerem enfermos na existência. 

Compreendam irmãos, de nada adiantará termos o conhecimento teórico e manter-se inerte, se não colocarmos em prática o verdadeiro trabalho de Deus, nada produzimos ao universo e permaneceremos ainda mais enfermos.  

Havemos e é o nosso dever amar e respeitar uns aos outros como verdadeiros irmãos da unidade, mas enquanto permanecer a dureza do coração dentro de cada um, mais intensa será as dores.
 
E saiba que a todos são oferecidas as oportunidades de cura, basta cada um fazer a sua parte e fazer uso do mais eficaz medicamento da alma, o verdadeiro amor. 

Dr. Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos

28/04/2015

Nenhum comentário:

Postar um comentário