quinta-feira, 9 de abril de 2015

Metamorfose



 

As aflições na terra são os remédios da alma; elas salvam para o futuro, como uma operação cirúrgica dolorosa salva a vida de um doente e lhe devolve a saúde. É por isso que o Cristo disse: "Bem-aventurados os aflitos, pois eles serão consolados". (Allan Kardec) 

Equiparamos a vida como à transformação de uma borboleta, onde antes de se tornar vistosa, bela e desejada, é uma criatura, em sua concepção, feia, repugnante, temida e que sofre todo tipo de atentado neste estagio, muitas vezes é pisoteada, queimada e mesmo morta. Muitas são as que conseguem vencer os obstáculos com dedicação, superação e entra em sua metamorfose a vir ser admirada e por muitos daqueles que enoja de sua origem. 

Muitos na existência sofrem os mesmos atentados pela força do pecado, julgados conforme a aparência, pisoteados com base social, excluídos pelo preconceito em toda sua interpretação, queimados pelos sentimentos desonrosos da vaidade, do orgulho, do egoísmo, da prepotência alheia que queira impor um padrão que se julgam os melhores.  

O vencedor será aquele que passa por todas as dificuldades do caminho e que venha há se tornar um ser do bem admirado e desejado, mas antes da transformação deverá superar a dureza dos corações se tornando manso humilde e livre para amar. 

Voe rumo ao reino de Deus, mas antes de aprumar vôo procure mudar e transformar os pecados em arrependimento para que o flutuar tão suave e leve como a alma levitando no sincero amor. 

Dr. Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.
09/04/2015

Nenhum comentário:

Postar um comentário