domingo, 29 de março de 2015

Atração


 
 

"Os bons espíritos simpatizam com os homens de bem, ou suscetíveis de se melhorar. Os espíritos inferiores, com os homens viciosos ou que podem viciar-se. Daí seu apego, resultante da semelhança de sensações." (Allan Kardec) 

 

A história nos testemunha a formação da grande família no contexto eterno da alma em comunhão com os princípios do amor e da fraternidade universal. Compreende-se que o homem sem o outro não caminha e não prospera na sua existência e estagna no seu tempo. 

Trazemos em nossa existência às características de todos os elementos essenciais a sobrevivência humana e qual será a nossa posição diante dos planos do Criador. Todos são acompanhados de anjos de toda seara celestes, há os que nos acompanham presencialmente diante da encarnação compartilhada, bem aqueles que se encontram nas diferentes dimensões, mas que se unem no laço do amor eterno. 

Como recebemos do Criador a liberdade para conduzir nossa caminhada por onde nos convenie, consequentemete se formarão ao nosso redor a mesma legião de espíritos e irmãos afins no propósito de compartilhar da mesma vontade e dos mesmos gostos. Abrimos as portas do coração para aqueles que nos faz busca e o que consequentemente se refletirá na nossa condição presente quanto as facilidade ou as dificuldades conforme a semeadura. 

Os irmãos se cercam daqueles que sua consciência e atitudes promover, quem pratica o bem atrairá os bons, mesmo que sofram com as interferências e os preconceitos das instancias do mal, tendo fé permanecerá na proteção de amigos de todas a searas, cabendo a cada um a força da resistência quanto aos ferozes ataques e a manutenção da fé e a esperança da vida eterna no reino dos céus. Já aqueles irmãos propagadores do mal, terão ao seu redor o quinhão de lagrimas que as suas ações propõem para a própria existência e daqueles a quem os cerca, o que consequentemente atrairá a realidade de perdas que essas instâncias são capazes de produzir na vida do homem.  

Aqueles irmãos que estiverem envolto com as instancias dos males em sua concepção, receberão sempre o aporte do bem o instruindo a se arrepender e procurar mudar. As probabilidades e os sinais a todos o momento o incitará na condução de volta a estrada do bem, mas se não houver a força de vontade este se perderá na própria sepultura da esperança e poderá  morrer para sempre. Já aqueles irmãos que se arrependem de verdade receberão de Deus a oportunidade para a felicidade eterna. 

Para muitos irmãos a manutenção e a pratica do bem é difícil em meio às forças incisiva do mal fazendo um exercito de pessoas a abalroar qualquer perspectiva de melhora. Muitos irmãos que desanimam com a caminhada, tenderão a se perder no choro e nos rangeres de dentes e verá sua fé esvaindo-se como vento por caminhos da perdição e do pecado.  Sabendo que os desafios são a escola do espírito a superar a si próprio a fazer sempre o melhor para merecer o reino de Deus na eternidade. 

Em nenhum momento o Criador nos disse que a caminhada seria fácil, ao contrario, os desafios são contínuos e em todas as esferas, mas se desejarmos chegar à morada eterna havemos de nos graduar na própria bondade. Nenhuma árvore se frutifica ao acaso, devendo-a passar e vencer todas as etapas, principalmente desvencilhando das pragas das lavouras favorecendo a morte, mas se esta árvore obedece ao propósito do Criador e exerce sua função sem fadigar vencerá os impropérios e ofertará o melhor. 

Enquadramo-nos neste propósito, e recebemos de Deus o dom da vida para o aperfeiçoamento vencendo os obstáculos para ofertar o melhor. E se nos obstáculos da vida você desanimar, o que atrairá a você serão os oficineiros do mal que vivem em busca de uma oficina vazia a produzir morte, choros, rangeres de dente, estagnação, omissão, inércia, perdas e mais perdas na vida em todo sentido. 

E neste propósito irmãos busque fazer da sua vida a construção da instância que melhor lhe atraia, e compreenda que: não haverá vitória sem luta, amor sem compreensão e perdão, vida sem esperança. Por isto se o desejo é vencer, busque romper com os obstáculos da preguiça e da acomodação que você mesmo lhe impõe e construa a sua ponte para o reino dos céus. E se não quiser vencer, não faça nada, assim não requererá esforços e basta entregar as rédeas e o comando da sua vida a aqueles condutores que poderão fazer dela aquilo que mereça. Mas lembre-se que há qualquer momento Deus estará pronto a  receber todos os pecadores arrependidos.  

E mesmo a alma estando imunda e dilacerada pelo mal, lembre-se, Deus nos enviou o salvador, o seu unigênito para resgatar todos os arrependidos, injustiçados e doentes do espírito, aquele que veio para reviver os mortos. 

E todo aquele que estiver perdido buscando ajuda, será ajudado, e se estiver sozinho, sem esperança, se a morte lhe aproxima, chame por Jesus, ele atenderá ao nosso clamor para nos amparar e salvar-nos para a vida eterna.  

Dr. Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.

29/03/2015

Nenhum comentário:

Postar um comentário