quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Transformar


 
Os homens semeiam na terra o que colherão na vida espiritual: os frutos da sua coragem ou da sua fraqueza. (Allan Kardec)
 
A cada estação que desembarcamos na vida material trazemos uma bagagem repleta de todas as ações e sentimentos ao qual cultivamos ao longo de nossa existência, onde a vida não cessa com a morte do corpo físico quando devolvida a mãe terra na ocasião do cumprimento do tempo terreno determinado pelo Criador. Dentre essas faculdades desembarcamos em cada estação trazendo resgates e missões a serem cumpridas no tempo designado, alem do arbítrio de adquirir tudo que nos faz livres para experimentar o novo nosso de cada dia, alem de termos a responsabilidade de domar os próprios atos e impulsos, bem como moldar um caráter sugerido para a continuação de nossa jornada existencial servindo-se de bons servos de Deus que nos instrui sempre a fazer o que é melhor para si e para o bem da coletividade.
 
A liberdade existente em todos nós, confiados pelo Criador, faz com que a lei da atração do bem e do mal seja um arbítrio exclusivo de cada individuo, compreendendo que ambas trazem conseqüências distintas que afetarão com propriedade a caminhada célere da jornada contínua que o sentido da vida nos impulsiona a dianteira, e conseqüentemente se refletirá em nosso presente o resultado de toda uma semeadura e colhendo os respectivos frutos. O que nos faz esperançar é a chance que Deus nos proporciona a oportunidade de fazer novamente uma nova escrita, com o aprendizado pretérito a fazer melhor o instante momento na preparação do novo horizonte.
 
A cada etapa vivida na escola da vida aprendemos as lições da eternidade do espírito, onde a cada oportunidade lhe é favorecida novos momentos e novas experiências para se tornar verdadeiramente bons amantes da vida, seja em qual ambiente a vontade permitir.
 
O planeta de expiações é a escola mais importante que o nosso espírito passa, pois nele gravamos nossa mais importante marca, a da superação pelo amor, e cada semente plantada com este importante sentimento será a nossa colheita para a eternidade, por isso cada oportunidade de fazer e propagar o bem é fundamental para nós que se refletirá em toda sociedade que caminha no mesmo progresso, afinal temos responsabilidades uns com os outros, não somos uma ilha, somos irmãos da mesma vontade, a do amor e Deus e que trazemos importantes missões para a fraternidade.
 
Seja qual for à vontade e escolha, o Criador sempre respeitará, mas compreendamos todos que alem da lei do livre arbítrio, temos a lei de ação e reação, ou seja, a sentença da nossa decisão.  
 
O que decidimos se refletirá em  nós, onde sugerirá a somatória dos bônus das tarefas cumpridas quanto ao nosso destino e se for o caso dos débitos da nossa divida ao qual haveremos de saldar até o ultimo centavo a merecer o progresso desejado e em um momento oportuno.
Não deixe que a depressão e os males do sofrimento invada o sucesso da sua caminhada por causa dos obstáculos que hoje a realidade venha lhe proporcionar. Afinal, é fruto da própria escolha, e lembre-se que se a safra não for boa, lhe será oportunizada um novo plantio para ofertar o melhor.  Por isso faça o agora valer realmente a pena e cultive a grandeza de sua riqueza imperecível, a salvação através do amor, da compreensão, da disciplina, da perseverança, da persistência e da fé.
 
Dr. Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.
25/02/2015
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário