sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Nosso Caminho



Procure descobrir o seu caminho na vida. Ninguém é responsável por nosso destino, a não ser nós mesmos. (Chico Xavier)

Somos a unidade criada por Deus no amor e na vontade soberana de sua grandeza e que nos faz existir e sermos frutos desta semeadura, onde o nosso dever será sempre ofertar o que de melhor de nosso fruto podemos doar a todos que desejarem servir-se da nossa máxima condição.

Periodicamente o criador nos rega com todos os benefícios para a manutenção da existência, oferece ao nosso espirito eterno sempre a condição de fazer o melhor a cada dia e se for preciso em novas roupagens para sempre renovar-se e tornar-se grandes na oferta e na saúde a beneficiar a todos ao redor.

Diante deste paradigma que é a metamorfose de transformação da nossa alma, temos o livre arbítrio como a nossa melhor virtude para conduzir o próprio destino por conveniência e optar pelas escolhas e tendo de compreender que todas as buscas terão consequências justas perante os desejos consumados.

Muitos irmãos ainda creditam a sua caminhada e seu destino sob a orientação alheia baseando-se no conhecimento de outros mais para conduzir o seu caminho e não tendo em si o arbítrio necessário para o conhecimento de sua real capacidade de transformação, evidente que não devemos fugir da confraternização universal a querer viver no isolamento de sua espécie, justamente por isto o Senhor uniu os homens em famílias e amigos para auxiliar no progresso coletivo, afinal não conseguiríamos se desenvolver sem o amparo de nossos semelhantes e de toda forma de natureza que nos faz proteção e nos recebe no amor, mas temos de conduzir a nossa direção.

A nossa existência e o nosso desenvolvimento dependerá sempre do outro para continuarmos a nossa missão pessoal designada pelo Criador, como os nossos pais que nos dá o acesso vital para podermos continuar o desenvolvimento na matéria e aprender com as lições fundamentais para o desenvolvimento virtuoso que o espirito levará consigo por toda eternidade, compreendendo que mesmo no amparo, na acolhida e nos primeiros ensinamentos sociais para se viver em respeito e harmonia fraterna cada um de nós trará na sua historia a sua exclusiva bagagem do presente de dividas a serem saldadas e de missões a se cumprirem diante de suas peculiares escolhas feitas pelo caminho.

Ao buscarmos compreender e entender de verdade o sentido das lições que Cristo nos ensinou e continua a nos ensinar na pratica da realidade como o verdadeiro motivo da existência, da realidade e de vislumbrarmos racionalmente a vivencia de tantas desigualdades que testemunhamos pelo universo poderemos compreender assim que somos os únicos responsáveis pelo direcionamento e consequências de nossa caminhada.

O que certo e errado serão medidos como retorno quanto aos atos oferecidos, o que alegra e o que fere no outro será medido pelo conjunto dos atos praticados, ou seja, o que se pratica para com a sociedade será o efeito causado na realidade e nas experiências a que serão sentidas pelo indivíduo trazendo a ele harmonia e alegria ou a angustia e a solidão, afinal o que oportunizamos do outro sentir diante da nossa presença e qual o reflexo que impactaremos sob a ótica coletiva é exclusivamente atos da própria vontade, onde não deveremos nos esconder por traz de falsos álibis e coautores as ações da própria miséria, pois já compreendemos que temos a liberdade de ir e vir e de conduzir o próprio destino para onde melhor nos convenie, agora se somos vulneráveis ao pecado e se o desejo é acompanhar as facilidades da aventura irresponsável, assuma a sua escolha e suas consequências, e se desejar retomar ao caminho do bem, Deus e os entes amados estarão com seus braços abertos a lhe receber, mas para isto é preciso reconhecer suas fraquezas, arrepender-se de verdade dos males causados e praticados, cumprir e saldar os seus débitos para merecer a verdadeira salvação e por mais que caminho possa parecer difícil, mas será purificando que cada conquista e cada obstáculo superado se fará merecimento para a salvação e de ter a sua felicidade eterna, lembrando que para ser feliz a busca é pessoal, mas que se reflete na universalização.

Tendo boa vontade e honestidade para contigo, consegue-se qualquer vitória.

Busquem retirar de si os maus instintos que o levam apenas ao sofrimento, a incredulidade, as dores, as dúvidas e toda forma de desunião e desagregação, tente sempre controlar os ímpetos, e ao invés de atender apenas aos instintos animalizados do impulso a querer viver egoisticamente o excesso de um curto tempo onde poderá comprometer toda uma história ao fim de seu ciclo, saiba que a felicidade é algo muito maior do que atender a sua vontade mais supérflua que não proporcionará qualquer significância na sua prosperidade. Mas afinal como posso identificar o que é certo ou errado? Basta visualizar na sua própria caminhada o retorno que o presente estará lhe proporcionando, ou seja, é alegria ou é dor? Encontre a sua resposta.

Dr. Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.


quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

As Páginas do Amor




Creio na importância do evangelho de Jesus em nossa evolução espiritual, é semelhante à importância do sol na sustentação da nossa vida física. (Chico Xavier).

As paginas do código sagrado que nos reúne em torno da mesa sagrada a celebrar o pão da vida nos proporciona todos os ingredientes fundamentais para a nossa salvação, compreender as passagens sem discussões ruinosas e desprendidas de todos os preconceitos sociais fará com que o nosso coração identifique no universo todos os sinais de Deus nos convocando a praticar o bem em todos os sentidos.

Os habitantes do planeta de expiações passam por rigorosos processos evolutivos no proposito de sua capacitação a viver em mundos mais felicidades, as fases e as estações que desembarcam é um importante processo de resgates e missões no intuito de se habilitarem a auxiliar a outros mais e a desapegar de bem supérfluo que não representa a mais fascinante felicidade plena.

Os bens que são adquiridos na matéria é resultado de um esforço social terreno, onde os seus posseiros os detém com dedicação e doação quanto a sua habilidade a atender os anseios coletivos e por sua vez conquistarem os seus particulares desejos, completando assim o ciclo social de auxilio e recompensa, mas que é limitado ao plano terreno que nos mostra que com esforço honesto de sua oferta poderá haver a sua recompensa e o mesmo acontece com o plano espiritual eterno, o mais importante de nossa realidade e que passa pelo mesmo processo em nossa existência, mas de uma profundidade maior que se refletirá em toda a nossa eternidade. E devemos buscar cumprir para com os designíos do Criador o destino que nos traça quanto aos nossos passos e que nos proporcionará a oportunidade e o conforto para a próxima estação, aonde cada etapa cumprida com resignação e obediência poderá se alcançar o ápice do merecimento e a viver em outros mundos ainda mais felizes, e compreendendo que todas estas instruções encontram-se no evangelho vivido e codificado pelos apóstolos e que deram o seu testemunho de que quando o coração e a fé nos inundam, dando-nos a certeza da pratica do amor em toda sua concepção, alcançamos a evolução.

O maior conhecimento das passagens do evangelho de Cristo não é saber interpreta-lo com toda astucia e intelectualidade os seus propostos parágrafos e a historia nos mostra que até mesmo o seu analfabeto é capaz de interpreta-lo melhor através dos seus genuínos atos e sentimentos com seu próximo com maior honestidade e presteza do que muitos daqueles que são considerados os doutores do evangelho e a verdade é que o maior entendimento do livro sagrado é a pratica para com todas as lições que o Senhor nos ensinou, começando por amar uns aos outros como a ti mesmo e desejar ao teu próximo à felicidade que deseja a si.

Sejamos como um girassol que nunca vira as suas costas para a luz maior, o sol, que o acompanha sistematicamente e sem se cansar para aonde o calor dos raios solares o faz estar para assim manter a qualidade de sua vida, e assim façamos para com todos os nossos atos praticando a maior das virtudes, o amor e o respeito. Busquemos nos guiar junto à luz de Deus por todos os lugares sendo fraternos de verdade uns para com os outros e sendo eternamente gratos ao Criador que nos deu o nosso maior bem, a vida e por onde ele nos guiar, pois a força a sua irradiação favorecerá sempre o melhor de cada um de nós e que nos proporcionará a vida eterna de felicidade no Reino de Deus.

Dr. Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.


quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Nunca desistir, sempre persistir.




"Para ter algo que você nunca teve, é preciso fazer algo que você nunca fez." (Chico Xavier).


Quando desejamos o sucesso de qualquer empreendimento em nossas vidas é necessário disciplina, devotamento, abnegação, fé, perseverança para alcançar os melhores resultados, todo nosso esforço é recompensado pela divindade conforme o nosso merecimento, compreender nos é importante, a saber, que nem sempre o resultado virá com o nosso tempo e da forma que idealizamos um sucesso.

Para qualquer atividade seja ela qual for que nos propomos a fazer para o próprio beneficio na máxima da prosperidade em qualquer sentido, havemos de compreender que o sucesso pleno poderá levar um período considerável pelo proposito dos resgates que havemos de saldar com a corte celeste, e nunca devemos desistir dos nossos sonhos e objetivos quando os obstáculos surgirem, e por mais que estes desafios sejam árduos, nunca podemos desistir daquilo que acreditamos e que nos é possível mesmo que as fases que haveremos de superar sejam difíceis até recebermos as condecorações das conquistas batalhadas por a máxima do sucesso.

Somente os homens de pouca ou nenhuma fé desistem dos seus objetivos nas dificuldades e a estes restarão apenas à lamentação quanto a algo que poderia ter sido mais bem aperfeiçoado e trabalhado com disciplina, mas que por teimosia, preguiça e acomodação não rompem com os laços do pessimismo que o maligno impõe a forçar para desistirmos de persevera para conquistar as glorias e receber os bônus meritórios, ele busca apenas a destruição dos homens instruindo-os a permanecer na inercia e na omissão de romper com as teias da estagnação do progresso em qualquer sentido da existência, fazendo os homens de bem chorarem e rangerem seus dentes para com as oportunidades não aproveita e não usufruída com abundância que nos é devida a todo o momento e sem distinção, afinal o reino de Deus é com uma rede de arrastão que não separam os homens, ao contrario, os unem numa mesma unidade e esperando que a qualidade pessoal seja sadia por sua vontade através de suas reais obras para com o bem, pois no momento da separação e de ser direcionado para onde merecermos fazer parte sejamos sempre o trigo e jamais o joio que será afastado da boa colheita que fará parte do banquete do bem, mas para isto acontecer é fundamental e essencial cada um de nós darmo-nos a verdadeira qualidade e o melhor de nós em todo o nosso conteúdo.

O importante é respeitar o tempo designado em todos os aspectos e não se render a ansiedade e a cobiça de querer encurtar um período se aliando a forças ocultas que apenas vem para encantar a muitos com as suas facilidades sugeridas, mas que tem como o único objetivo fazer os homens de bem tomarem rumos tortuosos com o sentido de impor uma falsa ilusão de prosperidade, mas que sempre faltará algo completar a serenidade da sua caminhada, onde poderá levar suas vitimas há um período considerável de dúvidas e incredulidades até se encontrarem e ter as respostas para que possam preencher este vazio, por isto havemos de trabalhar intensamente para o progresso nas duas dimensões e buscar fazer por merecer viver o estado de paz e de felicidade possível a qualquer filho de Deus, mas para isto é importante boa vontade para consigo mesmo e nunca desistir, sabendo que se a luta será grande, mas ao escolhermos Jesus como o único pastor, a recompensa será maior, pois ele é o único caminho, a verdade e a vida que nos levará ao Pai.


Dr. Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Fazer o bem sem esperar o repto



“As pessoas esquecerão o que você disse, as pessoas esquecerão o que você fez”...Mas elas nunca esquecerão... “Como você as fez sentir.” (Chico Xavier).

As palavras e ações para com as instancias do bem não devem servir como parâmetro para medir como somos bons quando as benéficas que podemos proporcionar ao próximo e menos servir como instrumento para exigirmos do Criador o retorno que julgamos ilusoriamente merecer.

Existimos para ajudar e compreendendo que a força do Criador diante da lei de ação e reação será justa para com as nossas atitudes promovidas ao meio em que estamos inseridos para aprender e também ensinar no universo do nosso conhecimento.

É muito comum entre os seres ajudar e esperar o retorno imediato cobrando as taxas de reconhecimento por suas ações, e muitos se frustram quando a gratidão não faz jus a sua obra, mas ao conhecer de verdade a vontade do Pai para conosco sob a nossa oferta em servir, vislumbramos que o nosso reino inicia-se através da doação universal para em uma instancia superior merecer o quinhão meritório e se aqueles que trabalham com intuito de receber o reconhecimento e condecorações do homem, não serão merecedores das graças eternas, pois já o recebeu entre os homens.

O bem que praticamos será o nosso advogado por toda eternidade e assim como a superação dos erros sendo transformados em acertos e na dosagem dos excessos praticados para o reequilíbrio justo e humanizados elencadas a demais conquistas para com a reforma universal do bem, que são essas as mais importantes conquistas alcançadas pelo nosso espírito, seja na condição encarnada ou não, podendo alcançar a coroa do bem como a prática simples do amor ao próximo em toda sua magnitude como compreender o outro como a si mesmo.

Quando auxiliamos o nosso semelhante e junto a ele conquistamos o êxito por seu objetivo, de certo que o reconhecimento em algumas situações não poderá ser reciproco quanto à vontade que se espera, mas compreendendo que este jamais esquecerá o bem que lhe fora prestado mesmo sem jogar-lhes os confetes por sua participação e o que será marcado em nosso espírito nas páginas da eternidade, pois é este o sentido de amar, em doar sem esperar o retorno e crendo sempre na justiça divina que nos ofertará tudo aquilo que pudermos proporcionar para a nossa historia e ao universo quanto à qualidade da obra verdadeira e praticada na soberana bondade.

Muitos exigem de Deus o reconhecimento de todo o bem praticado, mas muitos ainda não são capazes de reconhecer o bom da vida e retribuir ao Senhor o bem que lhe é proporcionado como o dom da vida concebida no amor incondicional e para fazer sempre o melhor para com seu semelhante aonde somos filhos do mesmo Pai e concebidos do mesmo amor.

Fazer o bem é o nosso dever e toda sua instancia deve ser praticada com naturalidade e é isto que o Senhor espera de cada um de nós, buscando compreender o que é nosso por direito nos será devido pelo conjunto do trabalho merecido, por isto ao ajudar não espere o salário por seus atos, pois se assim for não terá mais o que esperar para si, pois afinal a sua contrapartida já lhe fora paga e não haverá mais nada o que arguir ou mesmo exigir do Criador aquilo que não lhe é mais devido.

O Reino da felicidade não esta limitada e presa ao planeta e sim a liberdade por toda eternidade, mas será entre os homens que começaremos a construir todo o nosso maior império e no lapso temporal sob a nossa exclusiva vontade.


Dr. Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Em Busca da Felicidade





A felicidade não entra em portas trancadas. (Chico Xavier)


Ao compreendermos que somos os únicos responsáveis pelo momento presente em que vivemos sob a direta influencia da justiça divina, aonde as leis são iguais a todos e aplicadas individualmente, podemos buscar com resignação e obediência à reforma verdadeira de toda a nossa existência, buscando para si uma qualidade maior para com as obras que são oportunizadas pelo Senhor no proposito da nossa salvação para a eternidade.

A felicidade é uma busca permanente em todos nós encarnados e desencarnados neste infinito universo, entendendo que essa virtude não se mede em coletividade, a totalidade da sua instancia é uma busca individual e com importante influencia no meio em que estamos inseridos, por isto não há uma formula única para se viver a felicidade e a paz em todos os aspectos, sendo que a maior influencia diante desta construção parte do nosso maior sentido, à vontade e o respeito, essas são as maiores virtudes e as mais importantes qualidade do momento de nossa realidade e que nos faz matéria fundamental para entender e compreender tudo o que ocorre conosco e para com os nossos semelhantes com o principal objetivo da prática do bem em toda sua matéria a fazer-nos conscientes de sermos merecedores de receber as graças infinitas e das oportunidades reais de construir o castelo pleno de amor e fraternidade.

Nosso Criador a todo o momento nos oferece a oportunidade de viver o ápice da paz e da felicidade em nossa alma e nos ensinando que essa influência não se derramará sob o nosso espírito por acaso ou por mera magica ilusória, a majestade do amor somente será possível diante da busca que realizarmos para nós mesmos. A liberdade que o Senhor nos proporciona é a mais fascinante prova de que o amor é livre e que Deus nos permite escolher sempre o que melhor nos convenie e também nos mostrando que todas as nossas escolhas se transformará nas consequências de nosso momento presente e que traremos do passado débitos com as situações a serem superadas no presente, seja encarnados ou desencarnados, além de cumprir com as missões que assumimos junto ao porta voz de Deus que nos designará quais serão as nossas tarefas e também o arbítrio de aprender novas experiências e de fazer-nos hábeis a auxiliar uns aos outros sob o conhecimento que adquirimos diante das oportunidades a disposição sob a nossa vontade.

Não há quem desconheça as instancias do caminho do bem e do mal em suas reais tarefas e consequências e não poderão jamais se considerar vulneráveis e fantoches do destino e que estaremos exclusivamente regidos por uma força intrínseca que vão além de nossas vontades em relutar contra as forças negativas para seguir determinantes no bem de Deus.

O nosso discernimento e vontade partem da nossa própria busca e arbítrio e tendo a fé como trunfo fundamental para alcançar as vitórias, e muitos ainda que se aventure por caminhos considerados mais fáceis poderão a primeiro instante se iludir com uma falsa imagem de prosperidade, tendo como abundância os bens materiais a persuadir os filhos de Deus quanto da estada e permanência no caminho do bem e que o permitirá satisfazer suas lascivas, mas que não preencherá a existência com satisfação e muitos ainda desdenharão e mesmo zombarão das lições de Cristo pedindo para viver com humildade e simplicidade e amar uns aos outros e mesmo aqueles que possam reconhecer suas misérias e diante do desespero do abismo pedindo clemência e que sejam resgatados, muitos ainda se sentirão fracos e impotentes diante de Cristo quando ele vier ao seu resgate e lhe disser: “filho, venda tudo o que tem, distribua aos pobres e siga comigo para ter vida eterna”. E isto muito acontece por sentimentos inferiores ainda fazer morada na razão de muitos irmãos que não buscam a sensibilidade da vida e por ainda estarem submersos a astucia do maligno e encantados na ilusão da matéria e do vazio espiritual e onde não será possível compreender os sinais de Deus nas mais singelas fórmulas sagradas de alegria capazes de sustentar toda a nossa resistência, pois o caminho do mal tornará a base de sustentação ainda mais frágil e trará a eterna angustia de que há algo insuficiente para completar a sua existência.

A qualidade do presente e da felicidade estará sempre regida por nossas escolhas e também a disposição para fazer sempre o melhor, e para isto ser verdadeiro basta sermos obedientes a Deus e cumprir para com o destino, compreendendo que sempre haverá algo que não poderá ser mudado no nosso presente, e tendo a persistência e a perseverança de que algo poderá ser alterado, mas para distinguir basta permitir que Deus faça morada em sua essência para que tenham a certeza e a sabedoria para identificar mudando e assumindo as rédeas do próprio destino a guiar-nos para os caminhos que possam nos agradar.


Dr. Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Lutar para Vencer




A água pura a fim de manter-se pura é servida em taça vazia. A treva da meia noite é a ocasião em que o tempo dá sinal de partida para novo alvorecer. Por maior que seja a dificuldade, jamais desanime. O nosso pior momento na vida é sempre o momento de melhorar. (Chico Xavier).


Há momentos que enfrentamos uma tempestade em nossas vidas que nos apavora e nos desafia quanto a manutenção da fé e de esperançar um novo brilho aquecido do sol, quando as tormentas da alma tomam nossa consciência pelas situações vividas havemos de nos resguardar ao máximo e buscar se proteger nos abrigos da alma e na proteção divina e tendo como companhia os amigos, a família e a Deus criador da alma e de tudo o que existe.

Toda tempestade se encerra reflorescendo nas cores vivas do arco íris, mas para se chegar até o arco é preciso respeitar o momento de turbulências, buscando as boas energias nos bons pensamentos e na vibração de que tudo passa e que o amanhecer certamente fará brilhar as cores intensas do calor solar a abraçar a todos nós na certeza de que não há luta sem que haja um resultado satisfatório e uma experiência eterna.

Acreditar na força intrínseca do bem contra as pretensões do mal é fundamental para nos resguardar quando momentos de aflição desafiar o nosso espirito e é importante nos preservar na fé diante dos trovões das trevas que trabalha para desestruturar a paz de espírito a nos amedrontar e a usurpar a nossa fé para a angústia, o sofrimento, as incertezas, a incredulidade, o ceticismo e uma famigerada ações inferiores a perder-nos pelas duvidas que nos queira impor a astucia do maligno, principalmente nos momentos em que nos postamos e caminhamos ao lado de Cristo e buscando a abundancia positiva da alma é que a sua acidez e perversidade nos apresentará a ameaça das tormentas e será neste momento que daremos o testemunho da nossa fé e da garra de luta mesmo o mal desejando tirar as nossas forças.

Ao lado do Mestre teremos sempre uma terra fértil e produtiva para plantar e colher a paz e o alimento da nossa alma em abundância, mas haverá ocasiões em que o Senhor nos fará plantar semente entre rochas aonde não há sequer qualquer possibilidade de desenvolvimento a vida para justamente experimentar a nossa fé e termos a certeza de que tudo nos é possível desde que o coração esteja pleno da certeza, da confiança e da graça do Pai e ao qual retribuiremos amando toda a forma de vida, e aprendendo a lição eterna de nossa alma que Ele nos mostra que para merecer o progresso devemos fazer a nossa parte trabalhando, tendo bons pensamentos, auxiliar o outro em suas dificuldades, compreender o momento de cada irmão principalmente nas suas tormentas e buscar ser a confiança e não a ancora que o levara ainda mais para as profundezas da depressão, e entenda que se não puder contribuir com qualquer forma ou pratica do bem, então se cale e se precisar, afaste-se.

Importante é ter a certeza de que a nossa salvação e a nossa vitória que tanto batalhamos para alcançar obteremos exclusivamente ao lado de Cristo que é o único capaz de preencher todo o nosso vazio e nos inundar de paz e da felicidade verdadeira. E tendo a consciência de que se a luta é ou vai ser grande em qualquer instancia, saibam que não será maior que a recompensa merecedora das bênçãos de Deus que é completa e intransponível contra qualquer forma pecaminosa e por isto irmão pegue a sua bandeira da paz e faça valer a pena a vida que o Senhor que proporcionou no amor e tenha a vitória completa.


Dr. Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Nosso Império




É exatamente disso que a vida é feita: De momentos! Momentos os quais temos que passar, sendo bons ou não, para o nosso próprio aprendizado, por algum motivo. Nunca esquecendo do mais importante: Nada na vida é por acaso... (Chico Xavier)

Tudo está escrito conforme a nossa vontade, e a cada capitulo e nas paginas diárias de nossa alma vamos construindo o império de nossa realidade, atraindo o que nos é afim como as pessoas, os momentos, as situações, os trabalhos, os desafios, as alegrias, as tristezas e por fim tudo que vivemos e navegamos no próprio drama e na própria comedia nos serve como avanço no universo com o único proposito de um dia merecer o reino dos céus na realidade do sucesso da felicidade plena por nossa vontade.

Construímos o nosso próprio castelo de situações e oportunidades, e tendo envolvido nas paredes de nossa alma os adornos que adquirimos por impulsos e que nos serão os componentes permanentes conforme as nossas escolhas, ao qual a qualidade do material que utilizaremos será conforme a vontade e o trabalho que dispomos a fazer a nosso favor e a todos aqueles que vierem a nos visitar e mesmo fazer morada no latifúndio de nossa propriedade, o coração.

A importância de vivenciar ao máximo as lições de cada momento seja ela boa ou ruim será fundamental para a nossa evolução, desde que aprendendo com todas as matérias e tendo a aprovação meritória de cada etapa quanto às circunstancias que temos a disposição para vencer e principalmente a boa vontade para aprender e adquirir para si o equilíbrio necessário para a manutenção do balsamo de Cristo banhando a nossa alma com paz.

Devemos buscar avançar sempre e lutar para romper com os laços do pessimismo ao qual o maligno tende a nos fazer desistir dos sonhos e do progresso nos entregando as tristezas e a falta de perspectivas quanto às alegrias. Não devemos lamentar e permanecer inertes e omissos quanto aos desafios, afinal, tudo que vivemos não é o caso, temos participação decisiva da própria realidade e devemos sim agradecer pela misericórdia do Senhor quanto à oferta e a oportunidade de recomeçar sempre e quanto aos momentos de alegria.

É essencialmente decisivo viver com respeito todos os momentos, busca superar os entraves e dosar os nossos ímpetos que nos serão importantes para que ao nosso redor tudo seja natural, pois se não houver equilíbrio qualquer lado do tombamento da nossa balança dos excessos praticados poderá comprometer toda uma estrutura virtuosa.

É evidente que os momentos de alegria devem ser intensamente vividos no seu ápice, principalmente nos inundando do espirito santo de Deus que nos contagia com o seu amor incondicional, de uma paz profunda e de uma felicidade intrínseca que somente aqueles que são obedientes ao Pai são capazes de sentir na íntegra os versos desta poesia tomando e levitando a alma independente da realidade momentânea, encarnada ou desencarnada, afinal o momento maior de viver a tranquilidade dependerá exclusivamente da nossa própria busca, o que é possível a qualquer um, para isto basta fazer a nossa parte e ir atrás deste progresso, trabalhando para domar os excessos, arrependendo e reformando os pecados e as situações que nos traz desequilíbrio e se aliando a família, aos amigos e principalmente a Jesus que o caminho, a verdade e a vida e que nos conduzirá a presença de Deus.


Dr. Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Recomeçar



Novas folhas, novas flores, na infinita benção do recomeço. (Chico Xavier)

O bom da vida é sempre recomeçar e a qualquer momento trazendo as marcas das experiências vividas para elevação do proposito quanto ao crescimento em todos os aspectos e situações.

Somos seres que ao longo da própria estrada cometeremos diversos erros, vivenciaremos situações conflituosas até alcançar o ponto exato de equilíbrio suficiente a viver a leveza pacificada da alma. Pelo vasto caminho ocorrerão diversas quedas e ao qual deveremos buscar e encontrar apoio seguro e a força intrínseca de nossa vontade ao reerguimento para seguirmos prosperando a nosso favor e ao meio que vivemos em nossa existência.

Podemos cometer muitos enganos quanto às diversas escolhas na existência por atração, pratica de injustiças e injúria, levantamento de falsos testemunhos contra seu próximo, julgamentos sem autoridade, mas o Senhor nos traz na alma o sentimento e o discernimento quanto ao sentido do perdão para com as ofensas cometidas e sofridas, aonde devemos buscar a tolerância nas acidezes da existência, amar na compreensão das misérias e na mesma pulsação aproveitando as oportunidades ao arrependimento em busca de paz e quanto ao nosso melhor para a manutenção da harmonia e da serenidade em busca de uma caminha prospera e feliz.

Reconhecer com honestidade e apontar os nossos erros, fraquezas, misérias, enganos é fundamental para buscar as melhorias em todos os sentidos, identificando todos os excessos e trazemos para a alma o objetivo de trabalhar para mudar essa realidade e construir envolto um império de oportunidades e virtudes sagradas para com o bem em toda sua possibilidade. Passamos por situações de um processo natural de aperfeiçoamento e aquisição de novas experiências e habilidades, essa graça o senhor nos concede a todo o momento, não apenas na condição encarnada e sim em nossa eterna existência, afinal a morte não existe, mas sim o ambiente que construímos.

A escola permanente da alma passa por diversas etapas e provações, e neste sentido as nossas ações sob a exclusiva decisão soberana da nossa vontade traz o aprimoramento e o conhecimento eterno em poder graduar-se e a colher os méritos sob a justiça e as bênçãos de Deus, graduação essa que não poderá ser medido quanto aos bens materiais que também faz parte de nosso progresso meritório, mas que não fará defesa alguma ou mesmo servirá de matéria quanto ao resguardo no momento da prestação de contas de cada ciclo findado e o que realmente nos fará tese são as riquezas imateriais produzidos pelo espírito por toda a obra proposta e realizada e mesmo que não tenha trago o sucesso do resultado esperado, mas a boa vontade sempre será a nossa principal mola propulsora de qualquer atividade e que prevalecerá na eternidade tatuada em nossa alma.

É importante compreendermos o processo do recomeço como os diversos ciclos da vida que iniciamos e findamos e deixando na nossa trama pessoas e lugares que ficarão marcados em nossas lembranças e da importância vivida com cada irmão e nesta grande roda da vida conhecendo novos anjos de Deus e sendo testemunhas do progresso, bem como devendo ser essenciais na historia da vida que é fonte eterna que passa por diversas etapas.


Dr. Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Obedientes a Vontade Divina



Ah... Mas quem sou senão uma formiguinha das menores, que anda pela terra cumprindo sua obrigação. (Chico Xavier)

Quem é que somos? Qual é a nossa função? Porque é que existimos?
Há momentos em nossa existência que nos conflitamos com estas arguições em nosso intimo, o porquê de tudo existir e porque havemos de vivenciar diversos momentos distintos de nossa história e sendo testemunhas de situações boas e ruins. De certo que a nossa posição e do que usufruiremos no universo presente reflete-se decisivamente na construção de tudo aquilo que desempenhamos sob a nossa vontade e quando cumprimos com os designo do Criador que nos habilita a trabalhar com desprendimento e desenvoltura a evolução conforme a sua vontade atraímos para nossa realidade as consequências e o salario justo do bom servo.

Diversos são as habilidades que nos é ofertada em confiança pelo Criador para que possamos auxiliar nas dificuldades de outros irmãos e para que possamos cumprir com êxito a nossa obrigação, nenhuma atividade quando exercida com boa vontade trará resultados indesejáveis ao nosso espírito, haverá situações que vamos defrontar com a ingratidão de um irmão que tanto ajudamos como ocorreu com o mestre Jesus, mas quando temos a certeza da obra bem feita e bem realizada e da consciência serena elevamos a nossa posição no mais importante degrau da vida, mesmo com os pormenores da miséria humana que caminha a sua evolução tendo as oportunidades igualitárias.

Não existimos por acaso, saibam que a nossa função e a nossa posição na vida traz o resultado da nossa importância no universo e a certeza da imortalidade da nossa alma, diversos são os caminhos de encontros e desencontros, mas quando cumprido com jubilo cada função designada e exercida com louvor na sua máxima qualidade e vivenciada com amor fará de nós candidatos a viver a verdadeira e plena felicidade do reino de Deus em nossos corações que tanto desejamos desfrutar.

Não há hierarquia entre os filhos de Deus, há a qualidade e a importância da obra em favor de todos, desde a mais complexa e destacada atividade até a mais simples, e quando praticada com honestidade de sua doação e oferta maior será a recompensa do Senhor que não nos desampara, simplesmente nos faz atores de sua obra de bondade.

Vamos seguir e cumprir com honestidade, dedicação, desprendimento e doação todo o trabalho confiado, e se neste planeta de provas e expiações a sua atividade laboral é a sua garantia de subsistência, faça o melhor sempre e jamais abuse do seu conhecimento e da sua posição para prejudicar e ludibriar o outro com o intuito de apenas receber as quantias do seu salario aos quais muitas vezes aquele irmão em dificuldade não tem o subsidio necessário para honrar o seu pão diário da sobrevivência e menos ainda abusar do desconhecimento e da ignorância alheia, afinal ninguém vem até nós por acaso, o Senhor nos condicionada sempre a fazer a nossa parte nas necessidades do outro para quem sabe receber por justiça aquilo que pedimos.

Devemos trabalhar para obter o que tanto desejamos por mérito e até mesmo para refutar a outro irmão a nos amparar nas nossas dificuldades, por isto devemos fazer sempre a nossa parte para merecer o que pedimos. Nunca desampare seu próximo e mesmo não tenham condições de subsidiar com os seus honorários, ao menos sirva de alguma forma, pois toda servidão é uma benção e que se refletirá positivamente na nossa obra quando cumprida com amor e obediência.

Sejamos como as formigas que nunca se cansam, cumprem com a sua tarefa com obediência e dedicação e mesmo enfrentando os gigantes do universo sempre compartilham o resultado de seu esforço com todas as outras. De uma oportunidade para a paz.


Dr. Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.

terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Permanente Aprendizado




É exatamente disso que a vida é feita: De momentos! Momentos os quais temos que passar, sendo bons ou não, para o nosso próprio aprendizado, por algum motivo. Nunca esquecendo do mais importante: Nada na vida é por acaso... (Chico Xavier)


É-nos compreendido que cada passo é uma lição fundamental que aprendemos para a eternidade, variadas situações tomarão nossa existência para que possamos entender que tudo que acontece conosco há uma lição importante a ser aprendida.

Todos almejam a paz, mas o que tem acontecido com bastante concorrência na caminhada de muitos irmãos planetários é a constância presença das aflições quanto a momentos que agoniam a vida e as situações em que se veem defronte a tolerância e a paciência e muitos se gladiam com o mau humor e todas as sujidades do maligno que traz uma cadeia de duvidas e incertezas a sua dianteira.

Os sentimentos inferiores produzidos pelo choque de interesses sórdidos que é capaz de nos causar os males do insucesso nos traz a realidade quanto à força do maligno em suas variadas formas que tem como o único objetivo perder todos os bons servos do Senhor para aumentar assim o seu contingente de tristezas, solidão, vazios e com isto trazendo como arma do vandalismo da alma a ganância, a vaidade, o orgulho, a inveja, o egoísmo, a vingança e uma série nociva quanto à boa saúde espiritual de todos nós, e mais ainda quanto à manutenção do bem em toda a sua acústica em nossa alma.

A astúcia do pecado é tão perversa que sabe nos atingir com bastante precisão em nossas fraquezas mais sensíveis que ainda carregamos em nosso existir e ao qual necessitamos reencarnar quantas vezes forem necessárias para que possamos modificar o mal e assim praticar naturalmente o bem para merecer de fato o reino sagrado de Deus da felicidade. Ocorre que muitos irmãos por serem vítimas do pecado estagnam a sua evolução e atrasam o seu progresso, para que possam saldar os seus próprios débitos que são produzidos exclusivamente por sua vontade e ao qual deverão ser quitados com a corte celeste. Como espíritos eternos havemos de vivenciar cada situação estabelecida pela justiça divina com o único proposito de resgatar o que temos de pendente e cumprir com louvor toda nossa missão confiada.

Se neste instante você ou alguém querido passa por momentos de angustias e dificuldades diversas, busque o auxilio de Deus nas oportunidades que sempre nos oferece para fazer o melhor a cada dia. A superação é a nossa meta na busca de fato pela paz, superar todos os obstáculos que surge em nossa existência é a nossa principal missão, compreender os momentos que vivenciamos é importante para que possamos caminhar virtuosos em nossa progressão e buscando aproveitar todas as chances que surgem diante de nós como lição a aprender e a executar a nosso favor e de todos aqueles que caminham conosco pelas estradas de Deus.

Para muitos irmãos que principalmente vivem situações de complicações e conflitos diversos acabam por buscar de todas as formas a solução imediata de seus problemas e neste momento que o sortilégio do pecado surge como um oásis no deserto no coração de muitos que se encontram sem a bússola do norte da vida e com isto trazem a confusão de sentimentos e atitudes para si e com a coletividade, e neste aspecto muitos creem ter feito a opção certa e quando compreendem a verdadeira situação já se encontram submersos a um pântano profundo de problemas e muitos nesta situação pela falta de fé em Deus e de trabalhar esperando o tempo exato da purificação e poder adquirir o que por direito deve ser conquistado. A confiança em Deus nestes momentos acaba sendo ínfimo quando ao proposito de reconstruir cada tijolo da eternidade, e como o maligno conhece as nossas fraquezas acabam por nos encantar com as facilidades momentâneas que encantam todos aqueles que não confiam no poder e nas promessas de Deus.

Eis a razão por este volume de desigualdade e situações surgirem diante de nós e de irmãos ao nosso circulo, é um estado que traz sucessões de desconfortos aos momentos da realidade, mas nada que ocorre conosco vai além do que semeamos em nossa alma e mesmo nos momentos de êxtase de alegrias e diversos bons fluidos que vivenciamos e nada mais é que o retorno justo de tudo aquilo que pudemos oferecer a vida para nos retribuir com júbilo.

Por isto irmãos enfrentem com coragem, discernimento, disciplina e fé a vida que lhe fora ofertada no amor e lembre-se de que nada que vem contra nós ou a nosso favor é em vão, em tudo há uma razão, mas a nossa incumbência maior é fazer do nosso dia um acontecimento cada vez melhor.


 Dr. Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos. 

segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Sempre um novo recomeço.





Novas folhas, novas flores, na infinita benção do recomeço. (Chico Xavier)


Em cada instante que desfrutamos da existência é uma etapa vitoriosa que conquistamos nesta infinita caminhada, bons e maus momentos farão parte do progresso nosso aonde caminhamos em busca de paz e da felicidade eterna no reino de Deus.

Diversos são os caminhos percorridos pela alma em constante experiência e neste sentido são tatuadas na eternidade de nosso espírito cada sentimento e cada atitude produzida e ofertada sejam na condição encarnada e mesmo desencarnados, tudo nos é fundamental para nossa colheita, mas progredindo nas oportunidades de sempre fazer o bem. Cada segundo nosso ultrapassado é registrado em nosso livro eterno, e cada paragrafo seguinte um recomeço para novas e prósperas experiências de renovação de todas as nossas instancias para a benção da eternidade com o objetivo único que é o reino sagrado.

O nosso Criador a todo o instante nos oferta todas as oportunidades de virtuoso progresso, há na realidade àqueles irmãos que se aventuram por caminhos considerados mais fáceis a satisfazer suas lascivas vontades e atrasam em escala significativa a sua evolução, mas mesmo assim o Senhor não os impedem de testemunhar e viver um novo amanhecer de oportunidades, dando a todos nós o discernimento e as razões para viver ao lado do bem, e mesmo que haja as dificuldades eminentes do retorno sempre nos será possível o amparo celestial com um novo nascer do sol nos provando que cada amanhecer nosso poderá ser mais edificante que o tempo já vivido.

É importante seguirmos como o girassol que jamais oferece as costas para sol, acompanha sempre a luz maior para aonde for, e essa força que sempre renasce nas esferas planetárias trazendo incansavelmente a mesma intensidade e o mesmo brilho para continuarmos a nossa missão especial determinada pelo divino.

A existência não é como a matéria que pode esvair-se ao leu, o tempo é a realidade do espírito vivendo diversas experiências em inúmeras estações aonde desembarcamos para aproveitar o recomeço e é o embarque para a eternidade com a bagagem repleta de tudo aquilo que adquirimos sob a nossa vontade que determinará para onde caminharemos, se é para seguir numa nova etapa ou voltar e recomeçar uma nova experiência para purificar o que manchamos com o pecado. Tendo como meta soberana a salvação eterna e mesmo que a sujidade do pecado possa nos submergir a duvida, o nosso Pai nos oferece diariamente todas as ferramentas necessárias para a construção permanente da felicidade que iniciou exato momento de nossa criação.

Não desperdice o seu tempo com algo passageiro e que possa se deleitar por um instante apenas e que perece com a pulsação de um tempo determinado, trabalhe e siga a luz maior de Deus como o girassol que nunca se volta contra o sol a poder eternamente viver algo que é seu por mérito.

Vivam intensamente Deus em seu coração nas suas ações e em seus sentimentos orando, amando, auxiliando, sorrindo e aproveitando todas as oportunidades ofertadas para ser realmente feliz.


Dr. Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.

sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

Nossa Vitoria




"E guardemos a certeza pelas próprias dificuldades já superadas que não há mal que dure para sempre." (Chico Xavier).


Caminhamos numa única direção pelos diversos caminhos oferecidos pelo criador neste infinito universo de possibilidades e oportunidades que nos brinda a cada momento em que temos a certeza no brilho de nossa alma a compartilhar toda forma de vida a nos inspirar sempre a pratica do bem a nós e ao próximo na condução do amor e na compreensão a todas as proporcionalidades existente em cada um de nós.

O planeta de expiações oferece o curso mais importante que qualquer espirito possa viver e aprender ao caminho do reino dos céus, pois é a escola do bem e do mal nos ensinando a resistir aos encantamentos malignos em suas varias manifestações a perder as ovelhas do bom pastor por caminhos tortuosos da morte e do engano e a lição mais sagrada que é de confiar nas promessas de Deus através de Cristo que é o caminho, a verdade e a vida e que reúne a todos no alto de nossa montanha maior, o coração.

Compreendendo que criamos todas as situações que vivenciaremos e por isto que cada dificuldade que surge em nossa realidade deve ser respeitada e trabalhada para que se encontrem as respostas e as soluções para superar cada obstáculo que venha nos desafiar a sermos merecedores de receber as graças de que tanto desejamos.

Faça uma profunda reflexão de sua existência e veja quantas dificuldades já superou e independente da proporção, mas venceu, e outros mais que virão, e a cada vitória é a certeza que com vontade, determinação e fé podemos superar quaisquer transtornos que possa surtir a nossa frente, onde havemos de lutar bravamente com coragem e a certeza que não estamos sozinhos, pois o nosso Pai nos auxilia em todos os percalços nos mostrando sempre os melhores caminhos. Agora, se a teimosia tomar frente à nossa razão e se desviarmos os caminhos para o pecado, certamente haverá choros e rangeres de dentes, mas lembrando de que sempre e a todo o momento em nós há a luz da esperança e de Deus nos orientando a voltar e refazer o caminho do bem, cabendo-nos o arbítrio e a direção de refazer o caminho para Deus e entendendo que a volta em muitos momentos será dolorosa, mas ao segurar nas mãos do Criador teremos a força necessária de superar a desconfiança e mesmo os julgamentos de nossos semelhantes ao qual cometemos algum erro, mas Deus conhece a nossa razão e a nossa vontade e dará a qualquer um de nós tudo aquilo que por mérito fazemos para merecer.

Neste planeta estão todos aqueles que necessitam recuperar a sua pureza e seguir o curso para mundos superiores neste contínuo progresso, mas antes havemos de vencer cada obstáculo desta realidade, superando e acreditando em si e confiando completamente a sua caminhada a Deus que é a nossa única razão de existir e que nunca nos desamparará, mas respeitará sempre as nossas deliberações para onde melhor nos convenie, e se o caminho for do engano, ele nos respeitará, mas a qualquer momento ao arrependermo-nos seremos recebidos no mesmo amor e evidente que com as respectivas responsabilidades que haveremos de enfrentar e ao mesmo modo provando que com determinação e ao lado do Criador não haverá qualquer estorvo que possa nos prender ao pecado e ainda nos comprovará que a força do mal não é possível de nos derrotar desde que permitamos que o Senhor habite em nós.


Dr. Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.

Frutos da nossa Alma




Eu nem sempre posso falar aquilo que penso, mas o que não posso falar é exatamente aquilo que eu não devo dizer. (Chico Xavier)


Em diversos momentos de nossa prospera e permanente caminhada existencial nos defrontará atípicas situações que nos farão em alguns momentos calar e em outros expressarem algo que o nosso coração e a nossa razão é capaz de vislumbrar em uma ocasião oportuna, sejam a nosso favor, bem como àqueles que estão a nossa volta.

Nossa alma guarda um histórico de tudo que praticamos desde o inicio de nossa existência e que nos acompanhará por toda eternidade, é onde estaremos em permanente consulta e vivendo todas instancias das nossas semeaduras do jardim da vida ao qual temos a oportunidade de oferecer aos nossos frutos que melhor nos convenie, e evidente que haverá sempre a chance de descartar os frutos indesejáveis de nossa alma.

Compreendemos que uma arvore é capaz de produzir sacas dos mais belos e ricos frutos sadios, e sabendo também que, se não houver o devido cuidado de nossa parte das bondades que podemos e temos a missão de ofertar poderá surgir àqueles rebentos que se não for retirado tão longo da nossa cesta toda uma safra poderá ser comprometida por aquele único fruto fétido que tornará todo o restante de nossa lavoura em uma espécie toxica a todos aqueles que porventura desejarem experimentar daquilo que nos é possível oferecer.

Dentre todo o nosso universo pessoal há uma verdade tão livre que nos faz ir aonde quisermos sem se deslocar de onde permanecemos, o nosso pensamento, este tem a capacidade vasta em nossa mente e nos faz vislumbrar sentimentos e emoções que regerão a nossa existência por um longínquo período, tudo o que pensamos deve ser domado a todo o instante por nossa consciência, afinal, o que produzimos em nossa mente se não for devidamente pautado pelo equilíbrio e praticando o respeito em toda a sua acústica, saibam que haverá uma serie de transtornos aos meios que somos inseridos, como poderá haver momentos em que, se não agirmos com restrições pessoais a nós mesmos, seremos em alguns casos excluídos do convívio de outros irmãos e das oportunidades de desenvolvimento da felicidade e o que poderá ocasionar a caminhada solitária, pois muitos não conseguiriam se adequar ou mesmo resistir aos exageros das atitudes que nossa mente é capaz de produzir, e se colocarmos tudo que nasce de nossa mente para além de nós, provavelmente tornaríamos seres inconvenientes ao bom convívio.

Esta proposição meus irmãos não tem a pretensão de orienta-los para omitir tudo aquilo que pensamos, o fim que se destina estas linhas é a orientação e a importância de nos portarmos respeitosamente ao mundo que nos recebe, e compreendendo que, se a nossa mente é livre para captar e produzir de tudo e se não houver as devidas orientações nossa e perceber o nosso limite para frear os nossos ímpetos seremos cada vez mais testemunhas da catástrofe existencial que assola toda a pretensão de se construir e manter a paz pessoal e de todos os povos.

Haverá momentos aonde deveremos praticar os antônimos da existência e nos equilibrar, bem como harmonizar o meio ambiente que nos recepciona, teremos de em diversas situações de nos calar como falar, de agir como retrair, de orientar como deixar que o nosso semelhante adquira as experiências da vida por seus próprios atos, de pedir como apenas desejar e todas estas e demais atitudes e mesmo que a presunção seja de tutelar seus amados é importante limitar os impulsos para não prejudicar o progresso do outro, afinal, tudo que havemos de viver, seja em situações benéficas ou contrarias, é importante a cada um viver o seu peculiar momento e por isto da importância de reger o próprio destino diante dos desígnios que o Senhor proporciona aos resgates dos seus débitos assim como o cumprimento de todas as suas missões.

Somos como a semente de uma árvore capaz de produzir diversos frutos, mas a qualidade de cada oferta será exclusiva da sua vontade, onde poderão ser gerados bons ou maus frutos e quanto ao desenvolvimento de cada ramo exclusivo dependerá do que se pretende ofertar e quando destas ramas saírem frutos indigestos nos caberá o discernimento de poda-lo para que possa renascer uma nova força, mas para isto basta querer ser útil e sadio na sua pretensão.

A necessidade de evolução é para todos, mas sabendo que, se não houver o equilíbrio e a vontade de nossa parte, poderemos até se alcançar algum beneficio, mas sempre haverá algum item faltoso e assim havendo de esperar uma possível oportunidade que será ofertada no tempo que o Senhor determinar sob a sua justiça.

Por isto façamos um pouco mais de esforço pessoal para alcançar o topo do nosso mundo buscando retirar as sujidades dos ramos de nossa árvore eterna como os sentimentos inferiores que sucumbe o nosso melhor, e não queiram viver intensamente um momento de prazeres perecíveis que logo cessa ficando o vazio da frustração pessoal.

Construa em sua alma algo permanente, e não importa o tempo que for, mas que seja algo que poderá eternamente desfrutar quando bem desejar, e se não encontra o caminho por onde começar consulte o coração, saiba ouvi-lo e deixe Deus agir em você e verá que as respostas brotarão em sua mente, restando apenas a sua atitude e ação.



Dr. Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.