quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

A LEI É DE DEUS



Escapamos da morte quantas vezes for preciso, mas da vida nunca nos livraremos. (Chico Xavier)

Os planos de Deus para com todos nós em diversos momentos nos trará desafios e mesmo momentos de angustias, tristezas e diversos sentimentos que nos farão sensíveis nesta vasta caminhar e principalmente quanto ao nosso trabalho de desapego e desprendimento de determinados valores e até mesmo pessoas que amamos haveremos de nos afastar para poder trabalhar o progresso e sempre na expectativa de um reencontro afastado pela saudade que se estabelece em diversas situações.

Reza a lenda que nenhuma folha se desprende de seu galho sem a vontade do criador, certamente, mas se formos até a árvore e retirar a sua folha se interromperá um ciclo que essa vida deveria se cumprir sob a vontade divina e por nossa vontade causamos este aborto.

Quantas vezes causamos males a nós e aos nossos semelhantes que também caminham unidos conosco ao reino dos céus, mesmo que em instancias diferentes, mas somos únicos. O nosso Criador traça para cada um de nós o seu peculiar destino, mas nos deixa completamente à vontade para comandar as rédeas de nossa orientação com base na lei do livre arbítrio pelo amor que tem por todas as suas criações, afinal, o amor verdadeiro é liberdade e evidente que sob o amparo permanente da compreensão, mas entendendo e compreendendo quanto ao discernimento que nos é devido e que não poderemos alterar superficialmente as escolhas individuais de quem amamos e mesmo as nossas misérias, tudo quererá e será preciso disciplina, fé, perseverança e trabalho de fortalecimento para podermos alinhar-nos conforme a vontade ao nosso destino traçado e obedecendo à ordem estabelecida.

Para muitos irmãos encarnados a morte simboliza o fim de tudo, mas a verdade o desenlace do espirito à matéria é apenas o recomeço, bem como a continuação da existência, o perecimento da matéria representa a mudança com o fim de um ciclo e o recomeço de uma nova caminhada por esferas e dimensões que traçamos sob a nossa vontade e que construímos por nossa vontade sempre alinhada ao destino que nos é estabelecido pelo Criador.

Muitos temem e se conflitam intimamente nesta realidade por questões diversas, como: será que não vou ver mais quem tanto amo, será que terei tempo para realizar tudo o que quero nesta vida material, será para aonde vou e o que nos aguarda no futuro, de certo amados que são varias questões que transtornam a nossa mente e muitos até resistem e mesmo buscam querer driblar o destino por medo e incerteza, e para vencer este momento é necessário compreender que apenas estagiamos e passamos pela matéria para que possamos elevar e credenciar o nosso espirito à vida eterna ao reino de Deus.

Por isto é fundamental domarmos determinados valores e impulsos de nosso destino que nos causam muitas incertezas e para que não sejamos vitimas da própria angústia, dúvidas, incredulidades, medos, tristezas e mesmo em dores que corroem a consciência e que tudo seja transformada em saudade repleta de esperança, façamos da nossa existência a consequência que desejamos para o futuro, pois o corpo perecer, mas o espírito é único e imortal e importante compreender que das nossas responsabilidades não escaparemos, seja nos momentos de apogeu quanto das nossas misérias.

Deus é a nossa única lei e buscando seguir honestamente todos os seus princípios e mandamentos, bem como amando e compreendendo uns aos outros, alcançamos a salvação, e saiba que não será fugindo que conseguiremos realizar o que tanto desejamos sentir e viver e quem tem este comportamento simplesmente aumentarão as suas angustias.

Tudo que nos é devido por merecimento se conquista através do trabalho, por isto, mãos a obra.


Dr. Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário