segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Qualidade da Bondade




Ninguém é bom por acaso; a virtude deve ser bem aprendida. (Chico Xavier)


A bondade de nossos atos e sentimentos deve ser uma virtude trabalhada cotidianamente para que todos os sentidos sejam naturais em nossa oferta, este magnifico sentimento da benevolência não se adquire por acaso ou simplesmente que se transforma como magia a querer contagiar o coração e a conduta dos homens planetários.

Ser bom é o objetivo que o criador tem para com todos nós e para que as nossas ações possam beneficiar o meio em que habitamos, é sabiamente divino estar ao lado e praticar esta virtude, muitos se sentem confortáveis ao se deparar com irmãos que expressam essa qualidade e que também não deve ser tido como um fenômeno espantoso, onde muitos que praticam o bem é diferenciando na sociedade que é massacrada pela influencia da astucia do maligno a perder todas as suas ovelhas.

Falar de bondade na conduta nossa de cada dia dever ser destacada como um objetivo permanente, pois o induzimento as armadilhas do inimigo vem devastando o planeta e causando dores e sofrimento desde a origem de tudo, onde pela pratica enganosa trouxe-nos os desafios de reconquistar a confiança do criador e assim podermos novamente habitar eternamente no seu jardim do possível e da felicidade. Encarar essa luta é um desafio permanente, temos as armas da bondade e o mal da sedução a nos encantar em nossa vaidade e orgulho ruinoso a destruir a nossa evolução e que transforma a nossa caminhada numa perversa conduta a serviço do mal contra os nossos semelhantes que foram criados no único amor.

As datas especiais que são comemoradas no planeta azul principalmente em épocas de intenso sentimento como o devotamento do natal do senhor em que transforma o coração de muitos em piedosos samaritanos, aonde muitos destacam a época para abrandar o coração e vislumbrar no outro um sentimento mais caridoso e que após passada as festividades voltam à dureza do egoísmo e do individualismo. Essa pratica do bem datado e pontual não credencia estes exclusivos homens aos beneméritos celestiais, pois o bem deve ser praticado independente de motivação social, quem escolhe estes temas para fazer algo do bem e após voltar à casta da perversidade não cumpriu os designíos do criador, pois a totalidade destes homens muitas vezes o faz buscar os aplausos dos homens por quererem comercializar uma imagem enganosa que não representa a qualidade real de sua alma.

Destacamos nesta mencionada data planetária a pontuar esta preposição que compartilho como todos vocês que representam a mais pura verdade, sendo que muitos praticam o bem caritativo pelos momentos sociais da sociedade que regram a conduta da falsa bondade, e por isto não há porque nos furtar da autocritica em função destas condutas da ilusão, onde até mesmo aqueles que já atingiram um importante grau evolutivo são capazes de praticar oportunamente um ato do bem, por isto a importância fundamental de conhecermos a virtude do verdadeiro bem espontâneo e natural e que representa na verdade a mais sagrada vontade divina a nos instruir a praticar o bem e o amor incondicional a vida que nos serve e compartilhamos em conjunto as oportunidades permanentes.

A virtude do bem verdadeiro é a espontaneidade que doamos com os nossos iguais desprendidos do reconhecimento da nossa oferta, o bem que praticamos deve seguir a maneira de como uma árvore frutífera que doa o seu fruto sem esperar ser reverenciada, simplesmente doa o melhor si e sem cobrar taxa de reconhecimento pelo que é do seu dever determinado pelo criador em exercer.

Compreendido é que a mesma árvore que doa o seu fruto para saciar as necessidades e a fome alheia poderá ser a mesma que receberá destes, motivados pela inveja e pelo egoísmo, o machado do desmatamento e o corte em sua raiz querendo-o impedir que se dê seguimento a sua obra, mas a boa árvore sempre terá em sua raiz forte e indestrutível a força da multiplicidade da reconstrução e do renascimento para dar continuidade a sua obra, ou seja, quando muitos praticam o bem espontâneo e natural acabam por receber a incompreensão de outros pelos seus sentimentos inferiores que desejam impedir o seu progresso sem razão, simplesmente porque a sua grandeza espontânea acaba por incomodar os pequenos que não se julgam capazes de serem úteis em sua estrutura, e muitos destes por se acharem desafiados ou incomodados com a grandeza da nossa obra e da nossa oferta buscam por querer atrapalhar-nos e derrubar a sua fortaleza, mas quando a raiz é forte e escolhida para ser protegida de Deus, podem até querer derruba-lo e ou até mesmo conseguir cortar o seu tronco e diminuir a sua doação, mas tendo na raiz o adubo e a vitamina da determinação, da persistência e da fé nada o fará desanimar e terão as razões do renascimento muito mais fortes e saudáveis, ofertando muito mais frutos do bem de maneira espontânea e verdadeira.

Este é o bem que deve ser ofertado por todos nós, ou seja, de forma espontânea e natural, pois fora desta realidade o bem praticado será artificial e sem qualquer trunfo pessoal perante o Senhor e nada lhe fará defesa no momento de entregar as suas ações perante a corte celestial, onde os primeiros poderão ser os últimos e últimos os primeiros e nesta realidade não há quaisquer bens, conhecimentos, culturas, etnias, nacionalidades, opções diversas ou mesmo as fortunas que possam favorecê-los no instante de entregar a sua consciência e os sentimentos a serem avaliados e sua realidade designada ao rumo construído por si e para onde será encaminhado para dar seguimento a sua evolução e progresso dentro da justiça divina que não falha.

Qualquer um pode praticar e ser bom naturalmente, apenas basta fazer sua parte. E aqueles que fazem o bem apenas por ocasião social que saibam aproveitar este momento e buscar trabalhar a inserção desta prática todos os dias em sua vida, pois qualquer um pode reformar sua conduta e oferta, onde poderão vislumbrar o quanto é magnifico servir o outro com amor espontâneo e consequentemente desfrutar das oportunidades naturais em que esta virtude sagrada proporciona e se a ingratidão do outro lhe atingir, não desanime, pois a conduta inferior não partiu de você, e certamente nosso pai saberá recompensa-lo com gratidão de muitos outros que lhe serão gratos e que desejarão que sejas sempre forte e sadio.


Dr. Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário