sexta-feira, 7 de novembro de 2014

Faça a sua parte



“Nem Jesus Cristo, quando veio a Terra, se propôs resolver o problema particular de alguém. Ele se limitou a nos ensinar o caminho, que necessitamos palmilhar por nós mesmos”. (Chico Xavier)

Os desafios da caminhada de todos neste planeta de expiações nos atenta para o compromisso que temos para com o Senhor nesta grande jornada que os espíritos devem percorrer a atingir o objetivo da salvação, é dado a cada irmão a dose proporcional para elevar-se na purificação e o trabalho de engrandecimento coletivo, temos nossa particularidade e nosso compromisso pessoal de progresso, mas que deve diretamente ser ampliado a beneficiar os nossos semelhantes com eficiência.

Compreendamos que somos diretamente responsáveis por nossa colheita, somos sementes do próprio progresso que se desenvolve conforme o cuidado que dispomos ao que o nosso crescimento nos permite de forma igualitária, mas o que nos diferencia é o que propomos ao universo com base na nossa liberdade de escolha do caminho conveniente que nos melhor agrada, por isto que se hoje passamos por determinados desafios é porque diretamente originamos o acontecimento. Mas devo então supor que nosso Criador é vingativo? De certo que muitos tenham essa convicção dos seus desígnios, onde creem que Ele muitas vezes de maneira desproporcional pesa demasiadamente sua mão a muitos irmãos diante dos nossos olhos que presenciam determinadas desigualdades que supomos serem injustas, principalmente quando no planeta se veem crianças vivendo grandes desafios. Mas não meus amados, Deus não injusto com ninguém, apenas permite que reiniciemos a nossa caminhada e que possamos ser perdoados de nossas inúmeras dividas a merecer subir junto a ele na sociedade eterna desfrutando da verdadeira felicidade plena e nos credenciando a auxiliar a novos irmãos que caminha a solução de suas dividas e que tendo-nos a força suficiente de auxiliar o progresso de forma esplendida a contribuir diretamente para com a regeneração nossa e de todos a cada dia.

Vislumbremos irmãos se seria justo se após um período árduo de trabalho de busca do crescimento e de quem cumpre honestamente e é obediente ao proposito do Senhor, aproveitando as oportunidades oferecidas para se purificar e progredir na graça divina e se seria justo conviver com irmãos que passam muitas vezes e por diversos momentos de sua existência cometendo crimes diversos contra seus semelhantes e contra Deus e sem que a este houvesse qualquer forma responsabilidade e ou mesmo penalidade quanto a seus atos, isto não seria justo, então Deus não criaria o homem para o bem, simplesmente não haveria razões para essa realidade e assim viveríamos sem objetivos.

Por isto que no planeta de expiações se testemunha diversos momentos de aparente desigualdade e que em muitos momentos faz chorar os corações dos homens frente a uma dura realidade social que muitos presenciam com o seu cotidiano, mas é justamente neste momento que podemos destacar a justiça divina dando a oportunidade a cada um de resgatar e purificar seus débitos passando por momentos de dificuldades para poder merecer um degrau na sua evolução, por isto amado irmão, você que passa por momentos de dificuldades seja ele qual for, não se revolte contra o proposito divino, agradeça-o a oportunidade que esta tendo para resgatar seus débitos e aproveitar o momento para lutar com dignidade e amor, mesmo sendo difícil destacar este sentimento em meio a estes desafios que a vida possa oferecer, mas é preciso compreender que a cruz não pesa desproporcionalmente aos nossos ombros de forma injusta em face muitas vezes as facilidades que podemos enxergar noutro irmão. Por isto a importância de se preocupar com a própria evolução e aproveitar cada instante para agradecer ao Senhor as novas ofertas para redimir de suas faltas e poder merecer a fartura da graça divina. É importante buscar compreender a obra divina e jamais culpar a Deus pelos teus desafios que tem enfrentado ao longo de sua existência, agradeça-o por esta lhe dando uma nova chance de crescer e progredir. Aproveite o momento para refletir e buscar converter-se verdadeiramente a Deus e solicita-o que lhe ajude a libertar dos seus pecados para de fato merecer a recompensa justa da felicidade, mas prestando sempre atenção e aproveitando o ensejo dos seus sinais que dispõe a todos.

A certeza do amor incondicional de Deus por todos nós encontramos no seu unigênito, Jesus de Nazaré, o Cristo, o Mestre, o Messias, o homem que arrebatava as multidões e operava milagres e que suas lições ecoam eternamente em nossos corações, ele assim como nós, somos imagem semelhança do Pai, e Ele, o nosso Criador, na sua infinita misericórdia, bondade e amor nos enviou para que na sua liderança possamos segui-lo e sermos justamente salvos. É importante saber que para segui-lo basta cada um tomar sua posição e segui-lo, mas para isto é preciso cada um de nós fazer a sua parte, arrepender-se dos seus pecados e das misérias que ainda persistir em conviver conosco nos nossos corações impedindo-nos de progredir por crer muitas vezes somos injustiçados, sendo que o que vivemos nada mais é que fruto de nossa própria escolha.

As oportunidades são as mesmas para todos, Deus o salvará sempre e quantas vezes forem necessárias, mas sabendo que a condução, a ação e o sentimento do nosso sentido são responsabilidade exclusiva nossa, ele jamais interferirá no nosso livre arbítrio, mas sempre nos dará as oportunidades de reformar as nossas dividas dentro da proporcionalidade escolhida por nossa conveniente vontade.

Amados irmãos se realmente desejamos a salvação sigamos eximiamente as lições do mestre que nos reúne que é o caminho, a verdade e a vida e crermos que não chegaremos ao Pai senão pelo caminho que ele nos ensinou que é livre e que está disposto a qualquer um de nós, vamos então palmilhar os nossos pés e a nossa vontade a neste sentido com o compromisso real de reformar-nos a todo o instante para melhor.


Dr. bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário