quarta-feira, 19 de novembro de 2014

A Lei da Atração




“Tu escolhes, recolhes, eleges, atrais, buscas, expulsas, modificas tudo aquilo que te rodeia a existência. Teus pensamentos e vontades são a chave de teus atos e atitudes...São as fontes de atração e repulsão na tua jornada vivência." (Chico Xavier)


A liberdade que habita a nossa consciência e a nossa vontade nos faz detentor de todo o momento que nos é exclusivo, somos diretamente e os únicos responsáveis pela qualidade que determinamos para a nossa caminhada, se será boa ou ruim não dependerá de ninguém, apenas de nossa vontade, pois o criador oferece as mesmas oportunidades de felicidade e alegria a todos nós sem privilégios.

Possa muitos se perguntar, pois neste planeta de expiações e provas o porquê de tamanhas discrepâncias culturais e mesmo sociais, o porquê há irmãos vivendo na completa miséria e outros com faraônicas fortunas, não seria o nosso Criador injusto? Evidente que haverá situações que serão agressivos aos olhos de quem vê com a emoção do momento, mas quando refletimos nossa própria existência e avaliamos o certo e o errado de nossa caminhada, podemos comprovar que as consequências de nossa estrada dependem somente de nós e ao olharmos para o lado poderemos ver as oportunidades que o senhor nos oferece a podermos mudar o curso de nossa caminhada quando a colocamos numa estrada tortuosa e repleta de armadilhas e obstáculos.

Esta liberdade que existe em cada um de nós é a mais fascinante prova de amor que o senhor nos oferece, ou seja, somos frutos da sua criação e que poderíamos ser regidos por sua única vontade sem termos o direito de escolhas, mas ao mesmo tempo em que Ele nos oferta o livre arbítrio, nos mostra a realidade de ambas as estradas e suas reais consequências, e quem escolhe o caminho dito mais fácil o do encantamento do pecado, de certo o Senhor lhe respeitará a vontade e sempre proporcionará o direito de se arrepender e estar junto a ele no caminho do possível, como há aqueles que já fazem sua escolha para o caminho melhor e tem seus méritos contemplados.

O que não seria justo para com aqueles que desde o inicio escolheram o caminho do bem, resistindo a todas as tentações possíveis e as mais absurdas ofertas, a compartilhar da mesma proporcionalidade de meritórios progressos de seu caminho para com aqueles que escolheram o caminho obscuro e os que também decidiram retornar ao caminho do bem sem terem de saldar seus débitos para consigo e para com as leis divinas, por isto a diferença no convívio social de todos os homens e os extremos da sociedade e neste sentido podemos vislumbrar que o amor de Deus que nos permite viver igualitariamente na felicidade de seu reino, mas antes havendo-nos de nos purificar completamente de nossos pecados para merecer avançar nesta graça.

Quando compreendendo-nos que a nossa consciência e as nossas atitudes exclusivas são as responsáveis por tudo que nos envolve, poderemos comprovar que somos os únicos responsáveis pela manutenção e pela aquisição da nossa própria felicidade, ou para quem preferir a atração da falta de perspectivas, tristeza e dos choros por séculos e séculos, afinal as oportunidades de progresso nos são oferecidas a todo o momento a começar pela própria existência que são as mesmas para todas as criaturas, assim como tudo aquilo que traz o conforto ou mesmo os desafios, esta a nossa vontade a realidade de nossa caminhada e de sermos os responsáveis para atrair a paz ou as constantes guerras existências com a própria consciência e com o mundo que criamos por nossa própria vontade. O que fazemos e o que sentimos o resultado de toda nossa obra.

Devemos agradecer a lei de Deus que nos proporciona nascer, viver, renascer, progredir tantas vezes quanto nos forem necessárias para nos purificar a merecer o reino sagrado e as oportunidades de renovação da vida a nossa existência e para crescer dia a dia e atrair outros irmãos com a mesma qualidade que desejamos para nós, pois ao ocasionar a própria mudança para melhor podemos inspirar outros mais a virem conosco, pois no amor de Deus na nossa caminhada não se permite o individualismo e o egoísmo para desfrutá-la das oportunidades das alegrias na construção da felicidade.

Compreendam amados que há em nossas mãos e a nossa disposição o mundo que desejamos viver, e saibam que temos a capacidade de renovação e superação a cada instante, por isto não desperdice o momento, aproveitem o comboio que caminha ao progresso que a todo o momento passa e quando deixar-nos escapá-la não saberemos ao certo quando nos será devido um novo embarque.


Dr. Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário