terça-feira, 28 de outubro de 2014

Seu Tempo




"-Tudo tem seu apogeu e seu declínio... É natural que seja assim, todavia, quando tudo parece convergir para o que supomos o nada, eis que a vida ressurge, triunfante e bela!... Novas folhas, novas flores, na infinita benção do recomeço! "(Chico Xavier).


A paciência é uma das maiores virtudes que o vencedor possa alimentar em toda sua instancia e principalmente nos momentos de dificuldade que o caminho venha a oferecer. Cada tempo nosso traz marcas significantes da experiência pelos diversos caminhos que escolhemos fruto de nossas escolhas nesta infinita caminhada e trabalho que o Senhor nos proporciona a todo o momento o progresso único.

Todos nós caminhamos em busca de um único sentido, o Reino de Deus, mas para isto é preciso passar por diversos caminhos nesta estrada repleta de Deus e tomando os devidos cuidados para que o nosso caminho não seja desviado para cantos aonde não conhecemos, são esses os atalhos da existência que em muitos momentos aparenta ser a melhor escolha, mas quando se caminha a estes sentidos vemos os equívocos e teremos a certeza de como a sua volta será cada vez mais difícil, pois ao mesmo tempo em que somos ludibriados a tomar caminhos obscuros revestido de facilidades, seu regresso nos será confundido para não mais sair e sermos submerso pelas forças ocultas que tende a nos perder no pecado pelo choro e pelo ranger de dente, lugares estes onde estaremos sozinhos e amedrontados, pois tudo no caminho do engano é sem sentido e sem esperança e quem se aventura nestas facilidades deverá ter a sua força redobra, claro que todos aqueles que se adentram ao mundo da confusão terá o auxílio de Deus a amparar na volta nos trilhos do bem e lembrando que o nosso Pai a todo o momento nos mostrará o caminho de volta e o que será necessário fazer para retornar, nos deixando livres e a nossa conveniência para resistir e lutar ou mesmo cair novamente nas tentações do mal, os caminhos e as escolhas são exclusivos a cada um, mesmo com amparo divino.

É importante meus amados compreender a vontade de Deus sob a regência de nosso destino, em muitos instantes somos tomados pela ansiedade que nos faz tomar decisões e caminhos tortuosos na vida, são comportamentos de ânsia que faz com que certas atitudes nos tomem como chicote da própria existência, ou seja, quando desejamos transpor o tempo e romper as barreiras que nos são impostas pelo simples desejo da posse e afrontamos a ordem natural pela desobediência seremos severamente questionados por tamanha inconveniência e desrespeito. Vislumbramos o nosso tempo como uma árvore frondosa, para que se tenha o fruto desejado é preciso plantar a semente, cuida-la e esperar o tempo de crescimento para o colhimento desejado, não há como querer antecipar a ordem natural, é preciso paciência para esperar o tempo exato de colheita.

Mesmo acontecendo de sermos afoitos e romper estas fronteiras, novas oportunidades de domar nossa ansiedade nos será proposta, cada tempo e cada momento em nossa caminhada é um recomeço para adequarmos a nossa postura diante da sociedade de Deus e que deve ao máximo aproveitado as instancias de aperfeiçoamento do respeito e dos limites que havemos de aprender para sermos de fato equilibrados e merecedores de graças sabendo usar a sapiência do tempo a trabalhar com dedicação e compromisso para merecer o que nos é devido.

Haverá momentos em nosso caminho que nada parecerá ter mais sentido, trabalharemos com suor e com afinco e nada parecerá mudar ou novas situações não surgirão como almejamos, plantamos as sementes e parecerá que nada fará crescer e frutificar este tempo, mas é preciso compreender para alcançarmos a satisfação nem toda semente se desenvolverá como a outra, haverá momentos que nossas sementes terão um tempo a mais para germinar e mesmo ofertar os frutos naturais, como em outros casos dificilmente está semente dará os frutos do nosso tempo, mas não significa que ela deixará de se desenvolver, mas há sementes que precisam de um pouco mais de cuidado e tempo para progredir, há momentos que será preciso cuidar muito mais da raiz do que mesmo esperar o desenvolvimento de toda uma estrutura e quando esperarmos e acreditarmos de verdade no amor divino logo cresceremos fortes e saudáveis e poderemos de verdade alimentar toda uma gente em busca de esperança.

Neste sentido havemos de consumir a nossa consciência irmãos, pois para tudo há um tempo exclusivo de crescimento e colheita e enquanto este tempo não vem conforme desejamos aproveitemos cada momento para enrijecer nossa raiz com bons adubos e boa terra como o trabalho, a fé, a lealdade, a honestidade, a confiança, a fraternidade, a doação e acima de tudo com a vitamina fundamental de toda uma estrutura que é o amor, este sendo o mais sagrado sentimento que é capaz de aflorar todas as oportunidades. Não desanime se o tempo não parecer caminhar conforme desejamos, mas para Deus o tempo não para, simplesmente cada um receberá aquilo na proporcionalidade das necessidades e dos méritos conquistados, se hoje o seu momento parece inerte, tenha paciência que o seu tempo chegará, o que não induz que devemos permanecer parados e esperar de braços cruzados algo cair como chuva, havemos de ir trabalhar dia a dia, pois quanto mais fortalecer a sua raiz maior será o seu crescimento e a sua evolução e consequentemente a sua colheita.

Uma raiz forte é fundamental para a manutenção de toda uma caminhada, o progresso é para os fortes, não da forma física, mas a força de resistir os encantamentos malignos, de trabalhar com honestidade vencendo toda uma forma de corrupção, superando todos os obstáculos que surgem pelo caminho como coragem, fé, dedicação e determinação para romper com as armadilhas do mal na caminhada e principalmente sendo obedientes as leis e a vontade do criador para compreender o sentido da existência e buscar a qualidade da bondade em todo o momento para ser sempre um bom servo do Senhor a disposição para trabalhar e também atrair novos servidores para a obra divina que nos convoca a todo instante a erguer nossa importante oferta caritativa.


Dr. Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário