terça-feira, 7 de outubro de 2014

CAMINHAR




Você nem sempre terás o que desejas, mas enquanto estiveres ajudando aos outros encontrarás os recursos de que precise. (Chico Xavier)


É comum buscarmos a satisfação em tudo àquilo que nos agrada e nos eleva em qualquer situação intima e nos bens em geral, seja num estado consciente de todas as benéficas a atender nossas exigências e vontades como também no planejamento adiante. Estamos na confraternização da existência onde nos deparamos com situações de conquistas, trabalhos e também perdas em diversos setores que existem para que possamos vencer e conquistar os bens meritórios e compreender que nossas vontades têm um limite e que precisamos encontrarmos para não cair na depressão do insucesso e não voltar-se contra o criador quando não formos atendidos no pleito que clamamos ao Senhor.

Muitos irmãos criam ao seu redor diversos padrões de felicidade e buscam a todo instante realiza-los na sua totalidade, muitos até abusam do próprio limite para querer viver este momento, são situações adversas que incute no homem sentimentos nocivos como a inveja, o egoísmo, a deslealdade, o desrespeito e toda forma de competitividade cruel simplesmente para desfrutar de um momento, mesmo que isto possa comprometer toda uma oportunidade de sucesso e de avançar na prosperidade.

Viver um instante com irresponsabilidade para atender um desejo na sua magnitude egoística estagna a progressão, os bens materiais dispostos aos irmãos encarnados é digno de serem adquiridos, assim como acumular riquezas matérias e outros bens perecíveis, mas sempre de forma honesta, pois os seres necessitam destes assessórios para desenvolver-se em um todo, pois até mesmo no plano eterno existem estes auxiliadores que atendem com propriedade todas as tarefas cotidianas do universo.

Diversos irmãos desejam desfrutar de um conforto especial ao qual se encontra no momento, mesmo que muitos tenham a abundancia da matéria, mas sempre buscam algo ou situação a mais de um estado de melhor desfrute a sua vontade. Ocorre com frequência dos irmãos encarnados e mesmo desencarnados em buscarem incessantemente uma qualidade melhor conforme a sua vontade e a sua consciência particular e trabalham de todas as formas para atingir este objetivo. Já compreendemos que cada um pavimenta a própria estrada conforme o sentido pessoal e muitas vezes não nos qualificamos adequadamente e não aproveitamos as oportunidades oferecidas em adquirir uma boa matéria prima, deixamos de trabalhar um pouco mais para qualificar com as melhores condições e preferimos muitas vezes apossar de condições supérfluas e com pouca qualidade para atender um imediatismo e nas primeiras tormentas tudo isso se desfaz sem grande intensidade, pois a falsa qualidade que impomos ao nosso caminho é sensível ao primeiro desafio e seu desgaste é muito mais frágil do que aquele que buscam de verdade o melhor para si.

Deus é plenamente justo com todos nós e não privilegia ninguém de modo especial do que o outro, como aconteceu com seu unigênito, mesmo sendo seu filho amado não o poupou da fúria e das misérias humanas e da perversidade do mal, foi tentado, perseguido, humilhado, crucificado conforme os costumes como somos no cotidiano instigado a viver a vontade do mal, mas deu a ele como oferece a cada um de nós a luz da vida e as mesmas oportunidades de elevação, Jesus foi o escolhido a ser o exemplo e o porto seguro para cada um de nós e neste proposito ele jamais nos disse que o caminho seria impossível, simplesmente que o seguíssemos conforme suas lições e que reformássemos o nosso intimo e nos arrependêssemos de nossos pecados, pois o reino de Deus é possível a qualquer um desde que façamos a nossa parte, mas se a falsa imagem do bem incutido nos nossos erros e pecados é presente em cada um de nós e preferimos viver num estado fragilizado de conforto ao qual podemos nos encontrar e mesmo que essa realidade traga todas as dificuldades, o nosso Pai nos respeitará, mas estando sempre disposto a receber-nos quando desejarmos converter-se ao bem, lembrando que a conversão não apagará o nosso passado, deveremos saldar todas essas dividas, mas claro que com apoio do bem de Deus encontraremos todas as possibilidades e recursos necessários para caminhar sempre para o melhor, mesmo que a sombra do passado possa fazer persistente diante dos nossos erros, mas quem segue com o Criador e segura na mão do mestre Jesus sabe a grandeza da oportunidade e da recondução deste caminho para o bem, pois quem aproveita a chance e por mais que o mundo possa recrimina-lo pelo regresso, Deus estará sempre conosco até o final da caminhada amparando-nos sempre contra a ferocidade dos dragões que nos falam que não conseguiremos fazer melhor.

Amados creiam incondicionalmente em Deus e em ti, jamais se entreguem a tristeza e a negatividade do mal lhe dizendo que você não pode ser melhor e pode fazer melhor, pois o mal jamais será leal a ti como Deus é, trabalhe sempre para o seu progresso e sem esquecer jamais de levar a sua felicidade ao seu próximo, pois a caridade e a fraternidade é a luz de Deus refletindo em nós o sentido da salvação eterna.


Dr. Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário