quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Entre Espíritos



            Para diversos irmãos encarnados há o eterno mistério de onde estarão após o desenlace do espírito do corpo no momento da morte renovadora e para onde irão. De certo que a vida continua de uma forma diferenciada da vivenciada no culto a matéria no período encarnado, mas as necessidades de iluminação e trabalho permanecem o mesmo, sempre em busca da felicidade e do progresso existencial.

            Os recursos do irmão desencarnado lhe são possibilitado o transito entre as duas dimensões, desde que os méritos lhe sejam favoráveis pelo trabalho praticado com êxito no plano real e autorizado seu transito pelos superiores hierárquicos das distintas colônias.

            A saudade para quem se despede de seus entes é idêntica aos que parte e fica a espera do reencontro visual pleno no momento de cumprida a missão terrena e o desfruto da renovação dos trabalhos na esfera espiritual. A todos é dada às mesmas oportunidades de iluminação nas diferentes formas de ação e oferta de caridade e de amor, a esperança tocada pelo novo momento de afago aos amados lhe será proporcionado pelos méritos conquistados pelas ações efetivas para com o bem.

            A comunicação entre descarnado e encarnado há desde a existência e sempre conquistada pelos méritos em confiança e amor oriundos do criador que nos da à certeza de que a vida não cessa com a morte do corpo e que há sim algo muito maior que nos reserva no plano eterno e confirmado pelo Nosso Senhor Jesus Cristo que descreve em seu evangelho a existência eterna da alma. O contato com os entes nas duas dimensões é possível desde que o espírito tenha méritos e que lhe seja autorizado a visita, sendo que  a essa comunicação não basta simplesmente ter acúmulos de méritos, é preciso muito mais como a real necessidade de estabelecimento do contato.

Diversos centros espiritas autorizados no estabelecimento do contato espalhados pelo universo são o ponto de apoio de ambas as galáxias, aonde os encarnados vão à busca de mais um momento de emoção e os desencarnados na instrução aos entes tendo por base o conhecimento da verdade.

Assim como no planeta há irmãos que exercem diversas atividades, no plano espiritual acontece à mesma situação e necessidades, como já dito, a iluminação são as mesmas da terrena, bem como na matéria há os que exercem atividades de destaque de resgate a irmãos em dificuldades e que o trabalho confiado é um empréstimo do Senhor para crescimento pessoal e de auxilio permanente ao próximo. No plano espiritual ocorre à mesma situação com atenção especial aos que embarcam para o planeta expiatório aos que vem resgatar seus débitos, sendo o seu orientador a direciona-lo sempre ao bem e jamais interferindo no livre arbítrio individual, ao contrario que ocorre entre os encarnados.

No plano dito invisível há irmãos que atuam sob o livre arbítrio alheio e causam um desequilíbrio desproporcional na vida de quem permanece evoluindo no planeta, uns intencionalmente pelo mal que há no seu intimo e outros por não estarem preparados para atuar sobre os encarnados, por isto que a comunicação é franqueada quanto à necessidade e o mérito, pois o ente não estando preparado poderá pelo amor ingênuo interferir negativamente na vida de quem deseja proteger. Um irmão espiritual não é imune de pecados e de erros e muito menos é um Ser onipresente como o Criador, nem sempre estará com os seus familiares e afins da Terra, pois estes têm suas tarefas e também não é detentor de todas as verdades, são seres comuns e vulneráveis aos erros, como os encarnados, há sempre os limites e até onde poderão ir e instruir seu próximo com proficiência e qualidade.

Todos somos seres únicos e espirituais, haverá aqueles que vêm ao planeta para estagiar na forma corporal de elevação e de progresso da existência, saldado dividas e cumprindo missão para com o bem universal, as dificuldades e os méritos são plausíveis a todos, a busca pelo melhor lugar estará sempre aliado ao trabalho e as ações sob o livre arbítrio e de busca de paz no exercício da caridade em suas varias atividades no vasto campo de oportunidades que essa virtude oferece rotineiramente.

Quando os irmãos são enviados ao planeta é designado a ele um irmão, seja um ente familiar ou um amigo afim capacitado a acompanhar todo o tempo da permanência planetária e sempre respeitando o livre arbítrio e aconselhando sempre a pratica do bem em obediência as leis divinas de elevação e progresso e jamais interferindo decisivamente na sua caminhada.

Durante o estágio planetário diversas situações e ações do bem e do mal serão instigadas à decisão da conduta e da caminhada, ficando a critério pessoal o sentido a seguir e suas referidas consequências e da presença dos irmãos espirituais que se aproximarão para aprender ou mesmo caminhar consigo no sentido contrario ao bem pelo sentido escolhido. Ninguém anda solitário, somente é acompanhado por aqueles que sua caminhada lhe proporciona, quem escolhe o caminho do bem terá irmãos com o mesmo proposito a lhe proteger e aprender também, claro que a interferência dos irmãos menos evoluídos estará presente na sua jornada, mas dificilmente poderão causa-lhe um mal capital, pois estará protegido, mas se quiser que estes irmãos façam parte de sua caminhada isto lhe será respeitado à decisão, já aqueles que escolhem a maldade como fonte de vida atrairão irmãos afins, como também terá a presença de irmãos iluminados prontos a socorrer, sendo que os irmãos com menor grau de iluminação estará sempre atuando na sua liberdade e impedindo muitas vezes de encontrar a luz divina.

De posse destas instruções irmãos busquem a sua própria luz e a própria iluminação, essa dadiva depende exclusivamente de você, haverá sempre corações orando por você, mas a condução é única e exclusiva de cada um, basta olhar para o lado e sentir desde que seja a escolha o caminho exclusivo do bem, mas se o caminho for contrario as dificuldades serão maiores a vislumbrar a luz eterna diante da escuridão dos males que lhe cega a sua caminhada.

A luz divina a falar no santuário de sua alma não é de exclusividade de nenhuma agremiação, de nenhuma doutrina, de nenhum governo, de nenhum senhor da lei ela é universal e inestimável por isto busque sua fonte eterna para merecer todos os desejos.


Dr. Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário