sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Perseverar em Jesus




Todos vos odiarão por causa de meu nome. Mas quem perseverar até o fim será salvo. Mateus. 10,22.


            Quando Jesus esteve entre nós, no início muitos desconfiaram da sua intensão e obras que em nome de Deus veio para salvar os pecadores arrependidos e os excluídos de uma sociedade que amordaçavam seus indivíduos em nome de poderes imaginários.

            Nas toras recitavam o evangelho do antigo testamento e as profecias de Moisés e de outros profetas tão importante quanto os atuais, anunciavam a vinda do Messias, mas aqueles que lideravam as leituras e as homilias não souberam e não tiveram o coração preparado para reconhecê-lo entre eles e o crucifica-o, além de condenar todos àqueles que seguiam Jesus, tanto antes quanto após a sua crucificação, e muitos irmãos foram mortos, odiados e perseguidos por seguir na estrada de Jesus.

            Infelizmente até o atual momento da historia moderna podemos presenciar a intolerância de muitos lideres religiosos e seus fieis que condenam outros irmãos por escolherem caminhos diferentes ao seu grupo social material, mesmo que o outro também caminhe pela estrada de Jesus, afinal o caminho para o reino de nosso Pai há vários sentidos, mas um único objetivo, a salvação de todos sem distinção, pois para Deus o que é importante é a lealdade a ele e o compromisso e o auxilio multiplicado nas boas ações e sentimentos ao seu próximo, amando-o e o respeitando em suas peculiaridades.  

            Jamais devemos brigar com outro irmão quando o sentido é Jesus, ele jamais estabeleceu qual doutrina material religiosa seguíssemos, mas mostrou o que deveria e deveremos fazer para nos salvar de verdade, a igreja da salvação esta dentro do nosso coração e não apenas nas construções dos faraônicos templos materiais, de fato é que há mais pessoas longe da salvação e Deus dentro desses templos que fora dele, pois quando se pratica a intolerância a outro irmão com base nas suas escolhas pelo caminho de Jesus, apenas por ele está inserido em outra doutrina que se limita apenas ao planeta, comete-se o egoísmo quanto à vontade de Deus de viver a fraternidade e o amor universal.

            Lembrando que o Reino de Deus é como uma rede de arrastão, quando passa não distingue ninguém e sim levará todos àqueles que realmente fizerem por merecer esta no banquete a mesa do Senhor.

            Preocupemo-nos em viver o bem e todas as oportunidades oferecidas a todo o momento nas obras divinas, começando pelo discernimento até as diversas formas de vida comungando com a nossa evolução e o caminho ensinado por Jesus, comungue o coração de seu semelhante e não pelo caminho por ele escolhido, afinal, Deus é nosso criador e nosso Pai e o que ele quer de nós é que façamos toda sua vontade ao próximo assim como desejamos que faça por nós, simplesmente.
           
            Continuemos em Jesus mesmo que outros irmãos não compreendam nossas escolhas, pois no final da caminhada seremos recompensados com o amor verdadeiro e a certeza que tudo que passamos valeu a pena e nos orgulhar pelas próprias conquistas e levamos conosco outros irmãos, pois ninguém poderá ser salvo egoisticamente e solitariamente, pois somos todos filhos de Deus e juntos sempre estaremos.


            Dr. Bezerra de Menezes, pelo médium Marcelo Passos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário