quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Devidas Proporções.




Pois o poder vos foi dado pelo Senhor, e a soberania, pelo Altíssimo; é Ele quem examinará vossas obras e investigará vossos projetos. Livro da Sabedoria 6,3.


            Muitos perguntam a Deus os motivos de tantas diferenças entre os seres em evolução planetária e espiritual, havemos de compreender que o proposito do altíssimo traz uma constância da justiça divina em face as nossas ações e sentimentos expressados durante uma longa existência.

            As limitações físicas abundante no planeta onde a presenciamos em irmãos com diversificadas anomalias dita genéticas, traz a certeza das novas oportunidades da remissão dos nossos pecados, nenhuma dor e nenhuma cruz serão dadas ao homem sem a devida proporção, se uma cruz for mais pesada que a outra de certo que o resgate se faz necessária nas mais variadas situações.

            As novas oportunidades da remissão dos nossos pecados não se estendem apenas para a próxima encarnação, inicia-se no presente, pois quando nosso espirito desembarca no planeta traz na bagagem uma programação determinada pelo Senhor, o que haveremos de colher e vivenciar durante toda estada planetária, seremos monitorados constantemente e orientados por irmãos que se dispõe a acompanhar os encarnados por toda sua jornada que são difundidas em intuições, mediunidades ou qualquer nomenclatura que sentirem-se a vontade para descrever seus momentos mais íntimos. Lembrando que além dos irmãos estarem acompanhados por anjos de Deus orientando a cada passo e a cada situação, o livre arbítrio nos faz direitos individuais e com ele as escolhas pessoais sem as influencias secundarias, ao qual o excesso poderá trazer consequências devastadoras ou trará relevante êxito a própria evolução e de quem comunga a caminhada.

Os irmãos planetários tem a consciência do bem e do mal e não serão a cada respirar influenciados diretamente por seres superiores, pois nem o Pai influencia diretamente as ações e sentimentos, para isto enviou seus mandamentos para que se cumprisse e quem os descumpre terão as consequências dentro da devida proporção em que o Pai credenciará a cada um e a aplicação da justiça não será pelos desejos inquisitivos que muitas vezes se faz presente no coração de muitos irmãos, em que o desejo de cada passo falso ou erros de seus semelhantes o desejo de um longo sofrimento e quase nunca pela ação da compaixão de auxiliar seu próximo a se reerguer moralmente e espiritualmente, pois as fraquezas mais obscuras da alma se faz presente nesses desejos mais terríveis.

As quedas pelo caminho não estão apenas interligados a um suposto passado de erros e acertos, o presente se faz consequências dos atos imediatos que se pratica cotidianamente em nome de sentimentos desacerbados e contrários ao bem, onde as colheitas serão iminentes a proporção da semente plantada que responderão com a devida atenção que lhe prestada.

O presente em conjunto com o passado será determinante aos próximos passos para o futuro e se hoje as dificuldades são múltiplas enfrente-as com honradez e agradeça a Deus a todas as oportunidades oferecidas para que o próximo passo seja a merecida abundancia divina.


Dr. Bezerra de Menezes, pelo médium Marcelo Passos.

Um comentário: