quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Tudo é possível desde que haja vontade



Jesus olhou para eles e disse: “Para os seres humanos isso é impossível, mas para Deus tudo é possível”. Mateus. 19,26

            Os seres encarnados e mesmo desencarnados ainda evoluem nas experiências carnais e espirituais, bem como nos ensinamentos de Cristo que estão a disposição não somente do código divino, como nos exemplos que conhecemos por ele vivido, como é da consciência de todos que um dia no planeta existiu um homem chamado Jesus Cristo.

            A crença ou a descrença na existência deste iluminado e unigênito de Deus Pai ainda causa bastante confusão entre os povos que ainda não conseguem se desvencilhar de seus preconceitos e ditatoriais desmandos sob uma nação, cada fato histórico narrado no antigo e novo testamento nos traz uma única verdade, que aqui estamos porque Deus nos fez e se aqui estamos, muitas vezes em condições desafiadoras da tolerância e mesmo do senso de justiça é devido nossas próprias ações pregressa na evolução, em que não aprendemos ainda o sentido que nosso Pai quer para todos, corrigir nossos erros para poder viver em conjunto com ele e outros mais no seu jardim.
           
            É muito eloquente passar para os irmãos palavras de incentivo, de apoio, mostrar a realidade de como devemos nos portar diante da encarnação e mesmo na experiência espiritual que são confiados, ditar palavras de amor, sendo que na pratica muitos ainda desconhecem o sentido da vida e arriscam-se em aventuras muitas vezes sem precedentes e com retorno árduo ao verdadeiro caminho da estrada real da salvação. Os caminhos são diversos, do bem e do mal, o livre arbítrio fazendo-se lei em nosso sentido ditará aonde e por aonde ir, sendo que, a astúcia maligna vive a espreita tentando encantar as ovelhas de Deus para declínios todos os dias mais severos e sem sentido, os rumos sem objetivos e sem colheitas benéficas e muitos quando compreendem o caminho seguido, ao retornar terá uma longa caminhada, árdua, longa e dolorosa em determinados sentidos, evidente com os anjos de Deus acompanhando, mas a reflexão intima sendo o chicote da consciência.

            A convivência entre irmãos ainda é um desafios que persistirá por algum tempo no planeta, a tolerância, o respeito, o altruísmo nas ações podemos encontrar em alguns irmãos, onde brilhantemente segue sua missão de fazer ao seu redor um exercito de bons aliados contra as pretensões do mal, mas ainda não é o suficiente para fazer da evolução dos irmãos uma corrente de ajuda e de exemplos a outros mais, ao nosso redor ainda encontramos pessoas presas a sentimentos errôneos e infundados do que é do bem e o que é do mal.

            O individualismo ainda impera sobre boa parte dos seres humanos, muitos creditam senso de justiça e injustiça sob o ponto de vista egoístico pessoal e da realidade pessoal vivida, crê que irmãos devem seguir suas orientações ditas, a melhor, e não permitem que outros multipliquem seus conhecimentos em nome do bem, ofertando nisto o prato farto ao maligno de deliciar da degradação humana, através das guerras, dos assassínios, da desunião e da criação divina.

            Os mistérios que envolvem nossas diversas existências ainda é nossa missão de resgates infinitas, cada vida seja carnal ou espiritual, nos da à oportunidade de corrigir todos os nossos erros, não creem que uma encarnação a outra, apagasse débitos da antiguidade, os erros não corrigidos ainda nos serão cobrados a repara-los, mas todo bem que praticamos será nosso advogado pela eternidade, pois nenhuma ação dos seres é esquecida ou abandonada, até mesmo o mais elevado espirito tem suas fraquezas que também lhe é facultado à escolha e a reflexão de seus atos, como novas oportunidades de corrigir as manchas passadas e vividas.

            Para muitos humanos, pequenas coisas ainda parecem impossíveis no sentimento e nas ações praticadas, entre elas o desafio do perdão, tanto os próprios erros e principalmente e mais desafiadores aos nossos sentidos, o erro alheio. Como sempre fora estudado e vivenciados, somos seres em evolução que traz sempre a inexperiências de variados assuntos em seu intimo, então é comum e natural erros cometidos, há diversas escalas dos erros, como todos os seres vitais são passiveis, como também corrigi-los e aprende-los é direito de cada um, independente da magnitude de suas praticas, todos merecem receber e ofertar o perdão, mas ainda este instituto desafia e se torna em muitos, impossíveis de realizar, pois ainda tem a consciência e o coração enfermo de todas as impurezas do mal.

            Compartilhar a encarnação com outras pessoas também para muitos é impossível, há quem não consiga equilibrar o sentido e suas ações, é imperado em seu intimo o orgulho e a vaidade, principalmente quando vêm acompanhadas de fortunas materiais, essas capazes de retardar com bastante significância a evolução de seu ser. Não se pode confundir conforto material, com superioridade espiritual e existencial, pois nem todo ser afortunado é tão evoluído quanto aos irmãos que andam até mesmo no mais miserável das posses materiais, pois há sim vida em meio aos escombros humanos, e trevas envoltas das mais afortunadas moedas que proporcionam riquezas e vazios espirituais e, no entanto ainda vemos pessoas de poderes aquisitivos com comportamentos dignos e seres em evolução ainda presos a cercas de preconceitos e vaidades que os impedem se seguir sua caminhada e se arrastarão por longos períodos.  Não há regra comportamental, há sim nosso e único sentido a serviço do bem a disposição da coletividade.

            Para Deus todos os nossos erros é possível de perdão, desde que sinceros apenas para os homens ainda uma questão impossível de se viver, como as conquistas e o progresso, muitos ainda vem à montanha longe e desanimam com a caminhada e estacionam na própria preguiça e na própria covardia e não busca a evolução, poucos se enchem de energia, de confiança e avançam para esta longa e mesmo cansativa subida, mas com a certeza que encontrará no topo deste lugar, algo que tanto deseja.
           
            Então irmãos vão seguir viagem? Tenho certeza que querem sim, então coloquem em suas bagagens as ferramentas necessárias, como: a perseverança, a força de vontade, a fé, leve contigo mais e mais pessoas para te auxiliar e lhe ajudar ao longo da subida, para quando sentir-se cansado, desanimado e sem forças, ter estes para ajuda-lo a se levantar, a ajudar a recarregar suas forças e energias para seguir viagem e também se houver alguma queda ou alguma ferida que possam te auxiliar a estancar e aliviar sua dor, e claro, também os auxiliando na mesma atenção e sempre lembrando que o seu principal guia, Jesus Cristo, terá toda atenção a sua disposição e não deixará jamais que nenhum empecilho lhe desanime, claro se tu chamares por Ele e disser, Senhor seja meu guia e esteja sempre em mim.

            Ainda há muito para superarmos e crescermos dia após dia encontre em você o que lhe impede de crescer e trabalhe para reformar onde há as ruínas que logo poderá vir abaixo e perde tudo o que foi construído até hoje. Acredite em você.

            Dr. Bezerra de Menezes.



Nenhum comentário:

Postar um comentário