segunda-feira, 1 de abril de 2013

Errar é possível, permanecer não.





            Os irmãos que tem uma noção do ambiente das nossas inúmeras colônias espirituais encaram com desafios até mesmo impossíveis ao vivido no planeta, de certo que no reino espiritual a paz é visível e sensível a todos aqueles que comungam o evangelho de Nosso Senhor.

            É inevitável a quase todos os irmãos que partem para o plano espiritual e por muitos desenvolvem trabalhos de real relevância aos habitantes e até mesmo aos irmãos planetários, voltarem ao planeta para continuar seu trabalho de evolução e progresso do próprio Ser e daqueles que rodearem. A reencarnação é a grande escola do aperfeiçoamento da existência e prova constante da nossa elevação e credenciamento a viver no Reino Sagrado.

            Cada encarnação é um livro diferente e único, cada irmão viverá a sua conforme planejado e merecido por seu trabalho e resgates passado, tudo será apagado da memoria, pois como na vida planetária podemos errar e aprender, com a experiência quase sempre traumática e refazer novamente e melhor, a nossa evolução também irmãos, para evoluir, vamos precisar necessariamente recomeçar novamente o tempo de provação neste mundo que proporciona o Alfa e o Ômega do comportamento e o ápice da tolerância.

            Seria confortável para todos terem a noção por que reencarnam e a missão que deve suprir pelos resgates a que é proposto e traçado, pois assim nosso crescimento não seria puro e nem voluntario e sim faríamos nossas tarefas visando somente ao proposito de resgatar o ponto chave da nossa volta e não mais praticaríamos nossa verdadeira fonte de evolução, o bem supremo.

            Continuaremos a errar? É possível, pois esta Terra a que os irmãos habitam, a tentação está à solta e muito próxima, a ganancia, a vaidade, o orgulho, a irá, e todos os erros sensíveis à vida humana estarão aprontos para habitar cada ser. Evidente que havemos de compelir toda essa cerca contra a permanência e entrada do Mestre em nossa vida, a fazer de todos os instrumentos do evangelho. E por entender estas fraquezas que o Pai sempre nos dará a oportunidade de corrigir a cada segundo confiado. Ao contrario das leis humanas que aprisionam muitas vezes a liberdade de locomoção, a lei de Deus permite que tenhamos todos os mesmos sentidos livres para consertar, através da visão, do olfato, da fala, da liberdade de pensar e agir, mesmo errando, nosso Senhor não nos priva os sentidos essenciais da vida para poder acertar.

Agora se mesmo os irmãos tendo a oportunidade de consertar e assim permanecer no pecado, nosso Senhor lhe proporcionará a viver no plano espiritual com irmãos a que é do seu agrado e breve retornará ao planeta para resgatar e sentir com maior experiência pessoal através das limitações materiais, no resgate da alma na limitação física. Eis um dos mistérios da vida planetária a visão de todos, mas não cessa por aqui irmãos, a maior lição que devemos aprender não esta apenas do código divino ao qual sempre haveremos de decifrar os enigmas a nosso redor, haveremos de aprender com a vida o verdadeiro sentido de estarmos aqui e passar por todas as provações existenciais.
           
            Por isto, aproveitem o tempo amigos e renove todos os seus pensamentos, sentidos e praticas, pois eles que determinaram a própria salvação e onde estaremos.

            Dr. Bezerra de Menezes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário