quarta-feira, 10 de abril de 2013

A lâmpada da vida não deve ser em vão




            A vida planetária irmãos é como a lâmpada que acende sua luz e ilumina o nosso caminho, ao mantê-la acessa, de certo que devemos aproveitar ao máximo da sua luz e seu brilho, pois ao apagar que veremos o quanto esta luz foi importante.

            A cada instante é importante e primordial em nosso dia a dia quando destacamos nosso brilho a serviço do próximo, dentro da importância da nossa iluminação que abre não somente em nós as importantes, mas relevantes serviços prestados pela clareza que nos faz enxergar a maravilha de cada momento de desfrute da matéria, pois é no planeta que aprendemos a evoluir para crescer na graça de nosso pai.

            Jamais nossa luz deverá ser usada para iluminar o nada, não sendo aquela luz distante e inacessível aos demais irmãos ao redor. Se sua luz houver a limitação pelo véu obscuro das trevas, ao qual não permite que possa visualizar para você mesmo e irradiar a seu favor, é necessário buscar o auxilio, pois nenhuma escuridão tem a força para ofuscar o seu brilho, salvo se for da sua vontade.
           
E se você entrar na escuridão compreenda que acender a luz dependerá exclusivamente de você, pela vontade e usufruto do livre arbítrio, mas compreenda-se que para acender novamente a luz e dela poder iluminar-se e se abrigando no blecaute das trevas, será importante que busque o auxilio dos irmãos, seja na doutrina religiosa que lhe for confortável, no familiar amado, nos amigos de verdade e acima de tudo na luz maior, Nosso Deus.

Nosso Pai jamais o abandonará às trevas, sempre irá acenar com o brilho do seu amor e de sua misericórdia divina, como compreende as nossas fraquezas quando apagamos nosso brilho. E da mesma forma que entramos nas trevas, podemos sair em busca da luz e com a certeza que seremos amparados sempre, basta disciplinar e acender a chama da fé e do querer.

Podem os irmãos ao ler este afirmar ser cômodo falar, pois a pratica é oposta, por isso pergunto: Será mesmo difícil buscar a fé através da luz? As bênçãos simplesmente caem sobre nossas cabeças como num passo de magica ou devemos buscar pela própria vontade? De certo que nossos pensamentos e sentimentos conduzirão onde estaremos.

Dr. Bezerra de Menezes.
            

Nenhum comentário:

Postar um comentário