terça-feira, 26 de março de 2013

Portas abertas para a felicidade em Cristo




            Incrível a capacidade que todos nós temos de buscar a felicidade plena em seu gozo e usufruir, de certo que a vertente almejada por todos os nossos irmãos esbarram constantemente na maneira e as formulas em que se buscam este estado.

            Há aqueles que buscam através das estradas tortuosas do mal em querer chegar, usam atalhos perigosos e até mesmo mortais à atravessar todo perigo a alcançar e em sua grande maioria esbarra na frustração de não ter atingindo sequer a estrada real.

            Muitos buscam o estado através de furtos de sonhos alheios na esperança de encurtar sua busca, mas deixa sempre o rastro de tristeza e pânico nos irmãos atingidos pelo choque da prestação do mal.

            A verdadeira e única porta da felicidade a que devemos entrar, certamente só há um único caminho, a porta do bem, e a chave para poder abrir esta no segredo de nosso intimo em nosso coração e no desejo de usa-la e sem ter o mistério de onde busca-la. A porta meus irmãos também esta dentro de você, quantas vezes o próprio Cristo bate a porta querendo adentrar e sempre encontra a mesma trancada e inacessível e o que dirá os irmãos da vida que toca a porta também querendo junto com você comungar a felicidade que traz dentro de si.

            Se ainda não descobriu onde está a porta e esta chave, é hora de buscar através das instruções e praticas do bem frente ao mal que tanto assola nossa existência e encarnação. É hora de deixar as pessoas adentrarem e principalmente o convidado maior, Jesus Cristo.

            É muito ruim quem bate a nossa porta do coração e não poder entrar e desfrutar da nossa hospitalidade e mesmo da nossa felicidade, não deixe a porta oca e em uso, lubrifique-a com as palavras do código divino, e abra a porta para a felicidade e verá o quanto tu encherá sua vida de abundante felicidade. Somente tomando cuidado com as visitas inconvenientes que aparecem apenas para tumultuar, estes jamais deverão ter acesso a nossa porta. E o mais importante, não feche jamais a porta para aqueles que clamam a sua misericórdia.

            Dr. Bezerra de Menezes

            

Nenhum comentário:

Postar um comentário