quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Disciplinando nossas ações




            Toda ordem natural de Deus obedece a uma regra natural, uma arvore para crescer frondosa e dar belos frutos, começa desde a existência da semente a germinação no solo fixo até todo processo de evolução. O riacho, os rios, a lagoa, os mares, a natureza, comungam da mesma preponderância constitutiva.

            Não somente estes casos exemplificados fazem parte da metamorfose da vida, tudo sem exceção faz parte de uma ordem de organização padrão e logico das coisas. A ordem da evolução da vida sempre respeita a ordem dos que começam a sua evolução, a mesma arvore já crescida e doando seus frutos, jamais ofuscará o crescimento do ramo que inicia a sua caminhada, ao contrario, oferecerá toda sua estrutura para sua etapa.

            Infelizmente o homem não respeita a ordem natural, em tudo se modifica e altera veementemente a ordem de Deus, principalmente em atrapalhar os irmãos em evolução, aquele que galga seu lugar na vida e nas ações evolutivas, são compelido da ordem do avanço e crescimento de cada ser no campo vital e existencial pelos ditos “sábios”, mas que não passam de abutres obedecendo à ordem maligna a aniquilar e alterar a ordem de Deus. Não há como ser ao contrario da realidade, não adianta querer tapar a realidade com redes de filó da vida planetária.

            Devemos a todo instante buscar nos disciplinar de tudo, o que pensamos, falamos e agimos, pois a indisciplina da ordem é determinante para nosso insucesso na salvação e pleito ao reino de Deus.

            A disciplina parte da ordem da vontade e as características de poder garantir parte da ordem e garantia de nossa missão que nada mais é que nosso dever do bem comum.

            Dr. Bezerra de Menezes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário