quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Meu templo de paz



          No planeta acostumamos vislumbrar com vários templos construídos de pedra, sua arquitetura, os acabamentos e principalmente a paz que estes santuários traz ao espírito.

            É bastante interessante como as casas espirituais que incluo todas as doutrinas que realmente falam das obras e da vontade do Criador causa a sensação de tranquilidade, há quem não ande pelas calçadas das vias e visualiza essas construções imaginando muitas vezes uma paz que tanto deseja.

            Pois bem meus irmãos, a paz não é um bem que nosso criador despeja em nossas cabeças e pronto, estamos em paz, a verdade é uma condição única que apenas nós temos o poder de viver na sua plenitude ou ao contrario da sua magia, o nosso Pai nos da formulas e as condições de estarmos em paz, o restante é conosco.

            Somos templos sagrados de Deus na existência, somos construções as quais devemos a cada momento cultivar nossas estruturas, constantemente haveremos de reformar nosso interior a fim de poder atrair ainda mais visitantes e dadivas de paz em nosso monumento mais sagrado, o espírito.

            Se uma construção física desaba como um templo sagrado pelas condições favoráveis das ruinas, o que fica é o que se fez e trabalhou naquele interior, no altar mais sagrado do templo. Assim caminhamos irmãos, nosso templo sagrado abriga o mais importante e sagrado altar, o coração, se não colocarmos neste altar todas as condições de uma boa vivencia, de nada terá valido toda a construção e arquitetura.

            Desta forma, com nosso templo erguido e nossa fachada elevada convidemos o sagrado amor de Cristo e as bênçãos de Deus a viver dentro do nosso santuário e deixemos nossa condução a sua instrução, desta feita certamente estaremos caminhando não somente para a condição da paz, mas da felicidade na vida eterna.

            Dr. Bezerra de Menezes

Nenhum comentário:

Postar um comentário