sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Lagrimas da alma




            A existência do nosso ser transcende varias etapas na evolução e nas praticas ao lidar com todas as divergências e incertezas quanto ao próximo. A veste da alma nos traz constantes desafios, principalmente quanto ao que idealizamos muitas vezes naqueles as quais amamos e nos ofendem completamente as nossas expectativas.

            Muitos habitam uma encanação buscando a prejudicar a outrem sem a menor consideração quanto ao bem próprio e alheio, muitos vivem uma revolta injusta e ingrata às providencias divinas, naturalmente que todos viemos com missões e resgates, uns naturalmente e outros obrigados a reencarnar no proposito de obter mais uma oportunidade de resgatar a própria existência.

            Não podemos de imediato saber o tamanho de nossas dividas e obrigações, mas a certeza de cuidar do próximo com sensibilidade é um dever, não podemos creditar aos nossos, culpas inexistentes, afinal, somos nós que na existência buscamos a própria sorte, se a vida nos oferece o bem e o mal, temos a autoridade suficiente para escolher, nosso Pai não ofende seu livre arbítrio, te respeita.

            As lagrimas muitas vezes escondidas não traduz a verdadeira realidade da fachada da nossa existência, muitas vezes escondemos muitas amarguras por causa dos nossos semelhantes, de fato muitos dilaceram nossa alma e nosso ser através de forças malignas impregnadas na existência daqueles que lidamos.

            É nocivo esconder essas lagrimas, senão quem sofrerá é o próprio espírito, se o mundo não lhe escolhas a não ser lacrimejar a alma, entenda que o sorriso também depende de você, se forças esvai-se da sua luta, quem a não ser você poderá reestabelecer as forças. Não há a vitória sem os espinhos da existência e se entranharmos neste poço profundo, quem há de nos resgatar?
           
            Cristo também chora pela humanidade entregue ao pecado, mas não se entregar ao mal, ao contrario, enche-se de forças para poder resgatar todos os cordeiros do pecado e encaminha-lo a vida eterna. Por isso irmãos, busque a força que tanto precisa para resgatar a sua alma em Jesus.

            Dr. Bezerra de Menezes

Nenhum comentário:

Postar um comentário