quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Família, amor e caminhada.




            O laço mais sagrado é o do amor familiar, é nele que o senhor deposita a sua essência para fiel caminhada de cada um rumo ao seu reino. Tenhamos em nossa certeza que nossa criação é individual, não fomos criados simplesmente por uma vontade sem sentido, somos realidade desenhada pelo altíssimo na intensão de sermos cada dia mais evolutivos e prestativos para os irmãos e na missão escolhida por Deus a nossa existência.

            Seremos moldados ao longo do ser por varias existências, não há como sabermos a realidade de outros irmãos se não sentir a experiência no próprio ser, não há como viver a realidade do próximo se não passarmos pela experiência de sermos negros e brancos, homens e mulheres, sadios e enfermos, ricos e pobres, como também a experiência de sermos minerais, vegetais, animais, todas essas experiências e a realização plena da missão que nos credenciara nossa entrada ao Reino de Deus.

            Entre todas essas experiências esta a família, é ela a responsável pelo equilíbrio e caminhada de todos os irmãos, o laço jamais se perde pelas idas e vindas, do mundo espiritual para o material e vice versa, apenas o que muda são as experiências de cada um ser responsável pela evolução do próximo. Se não entendermos que nossa missão é também auxiliar o próximo em sua evolução, de nada adiantara queremos evoluir individualmente, pois assim estaremos exercendo o egoísmo em sua totalidade e perdendo-se na controvérsia das leis divinas e atrasando a nossa própria evolução rumo ao norte do Reino.

            As palavras podem soar fáceis, pois a pratica se confunde muitas vezes com o mal, mas se não soubermos livrar o mal da nossa caminhada, de que adiantará tanta vontade sem resistir às tentações e caminharmos livres.

            Junte toda essência de Deus para a vida e caminhe com segurança principalmente pelos vales da perdição, que é nossa principalmente chave da purificação do espírito.

            Dr. Bezerra de Menezes
            

Nenhum comentário:

Postar um comentário