quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Edificação




            O sonho material de muitos irmãos dos dois mundos é a tão sonhada moradia própria, a batalha de trabalhar para conquistar seus objetivos é fundamental para plena realização das vontades, o que é bastante louvável e abençoado pelo nosso criador. Entendemos que ao prestar auxilio ao próximo por intermédio das nossas atividades profissionais, mesmo que este tenha o cunho pecuniário, prestamos de certa forma uma missão.

            Alguns irmãos adquirem moradias já edificadas, ou seja, já adentram a algo já pronto, mas há aqueles que adquirem antes mesmo da sua edificação, acompanha o crescimento desde o alicerce até a plena conclusão do bem sonhado.

            A edificação se faz todos os dias, tanto em nossas vidas, quanto em nosso semelhante, a amizade nada mais é que a edificação de uma moradia em nosso dia a dia, e o lidar com o próximo esta acima de tudo adentrar a outros cômodos da vida, a dos sentimentos e do amor.

            Muitos acreditam que ao visualizar um irmão já o credita ser bom ou não e o preconceito já assume a posição de sentenciar sem ao quer ter a oportunidade de conhecer ao próximo em seu pleno interior. Poucos seguem a logica de conhecer primeiro o externo e acompanhar em conjunto a edificação daquela amizade e do espaço mais intimo do ser.

            Por essas e outras que a edificação para uma longa morada deve iniciar dentro de cada ser e ser convite a outros irmãos poder visita-lo, assim como abrir a oportunidade de saber e conhecer novas edificações, pois se em algum momento a edificação ameaçar de ruir saberemos ao certo onde se refugiar e nessas horas que o amor deve ser a chave de cada morador.

            Dr. Bezerra de Menezes
            

Nenhum comentário:

Postar um comentário