sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Dieta da carne




Desde os primórdios passos do homem no planeta que a dieta da carne integra o seu cardápio e esta pratica vem sendo herdada por várias gerações desde os primeiros habitantes do planeta.

O criador nos enviou os animais para serem domados e auxilia-lo tanto no trabalho, quanto em nossas prevenções de doenças, animais que aniquilam espécies que possam acometer os homens ao berço do tumulo, quanto também na evolução, engana-se veemente quem acredita não haver alma nos animais, existe sim, apenas esta em fase de mutação como todos nós um dia fomos, ou acredita-se que já nascemos criaturas homens? Nossa mutação é como da lagarta que monta seu casulo para metamorfose da sua espécie e se transformar em lindas borboletas ao qual tanto admiramos.

Os animais não foram enviados para o sacrifício e muito menos para a dieta humana, ao qual se pratica o canibalismo para com as espécies. Mas como indicamos, esta pratica acompanha o ser desde os primórdios das cavernas e herdada pelos ancestrais ao qual até a vida moderna se pratica.

Evidente que os valores proteicos encontrados nas carnes trazem alguns benefícios ao organismo humano, afinal a cultura da carne é implantada desde o berço pelos homens e para que haja alguma alteração e até mesmo a abolição desta pratica do consumismo carnal, são necessárias atenção e orientação correta. Nada pode ser radicalizado de imediato, é necessário disciplina, força de vontade e ação.

Os seres ao qual incluímos caminha para a evolução e para a condição de anjos no reino de nosso senhor, entendemos que os passos que damos de positivo em cada encarnação valerão de grande bonificação em nossa eterna evolução e pureza de espírito.

Não somos por nossa fraqueza ordenar a nada e muito menos dizer o que é certo ou errado, apenas somos instrumentos da vontade e do desejo de nosso Pai.

Dr. Bezerra de Menezes 

Nenhum comentário:

Postar um comentário