quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Ingratidão

A ingratidão é a faca afiada a sangrar o coração sem ele matar, é a ferida dolorosa que alguém possa proporcionar, pior do que sangrar é ser o autor.

O tempo pode até cicatrizar, pode a dor não mais incomodar, mas sempre haverá a marca. O melhor antidoto é o perdão, a misericórdia e a compaixão, que esta acessível a qualquer um, mas as vezes difícil de usa-lo, é necessário aliar-se ao tempo como o melhor amigo.

A Ingratidão é o pior dos venenos, é a dilaceração da alma de quem pratica e o choro silencioso de quem é vitíma.

Marcelo Passos, pelo espírito de Dr. Bezerra de Menezes

Nenhum comentário:

Postar um comentário