sexta-feira, 9 de novembro de 2012

TERCEIRO MANDAMENTO



No terceiro mandamento psicografado pelo profeta Moises, nos fala: Lembra-te do dia de Sábado para santificá-lo.

A encarnação nos favorece a pratica do trabalho material e com ele as condições de melhorias do conforto material, e claro como as demais atividades materiais sem esquecer-se das essenciais obrigações espirituais, que nos engradece.

A agitação do mundo material muitas vezes nos desfavorece observarmos situações que podem nos engrandecer mais, muitos se perdem nas teias do que de maior a visão grosseira do corpo físico nos mostra no grande e despercebemos o alicerce fundamental dos detalhes ditos” pequenos” da vida.

Há muito que o ser se perde no abismo da depressão emocional, fruto dos insucessos materiais. Não é contra as leis divinas querer prosperar o conforto, adquirir bens materiais, estas possibilidades esta ao alcance de qualquer ser. Basta querer, pois quem tem uma saúde, discernimento das ações do bem e fé no criador, tem as condições de conquistar o que desejar.

Evidente que se for do merecimento e se a sua evolução passa pela aquisição daquele bem, lhe será abonado, mas o que ocorre na vida humana é a ganancia de querer ter tudo sem muitas vezes ter o merecimento e o direito de obter e logo se entregam no apogeu do maligno na perdição da própria alma humana.

Por isso o nosso criado nos pede um dia para podermos parar e respirar, pois até o mais puro espírito tem suas fraquezas. Quando se elege a lei do Sábado, não necessariamente tem que obedecer esta corrente, pois nosso criador nos permite o direito a escolha, devemos sempre escolher um dia para poder cuidar do nosso ser, da nossa evolução, da forma que se fizer necessário, dentro do conforto que favoreça a qualidade das nossas ações.

Por isso, façam essa escolha, mesmo que o dia lhe de em confronto as atividades materiais, mas que todas as ações sempre prevaleçam sempre o bem divino, não somente em um único dia, e sim em cada instante do existir.

Dr. Bezerra de Menezes

Nenhum comentário:

Postar um comentário