segunda-feira, 23 de julho de 2012

Agradecer mesmo que tenhamos pouco


Incontroladamente encontramos irmãos que reclamam em demasia das posses que possuem, seja a casa que habita, o trabalho que desenvolve, o companheiro que comunga a convivência, quase nunca satisfeitos com que e desejam sempre mais, não é errado querer adquirir riquezas, bens, pelo contrario, devemos sim adquirir bens frutos do trabalho.

Culturalmente é dito como normal em nossa sociedade, reclamações diárias, quase nunca agradecemos o que temos, somente questionamos nossos semelhantes por possuir mais bens que nós, ora, certamente aquele irmão que detém mais bens, fez por merecer, e todos nós somos suficientemente capazes de conquistar também, pois tudo na vida devemos disciplinar nossas ações, nosso consumo material, nosso ordenado, enfim tudo faz parte de planejamento e de escolhas.

Todo trabalho, por menos qualificado que possa parecer, sendo realizado na seara abençoado do bem, é digno da mais integra e admirável consideração, afinal que seria de nós sem os trabalhadores do nosso dia a dia. O que seria dos nossos detritos se não houvesse os trabalhadores que os recolhem, que seria das nossas casas sem as profissionais da limpeza e consertam as avarias, que seriam de nossos automóveis sem a habilidade do mecânico, que seriam de nós sem os andarilhos que recolhem detritos das grandes metrópoles e encaminham a estabelecimentos de reciclagem, assim também o que seria da sociedade sem a qualificação do medico para nos curar, do advogado para nos defender, do professor para termos tudo que somos e temos. Enfim todos são importantes uns aos outros, mesmo que passamos despercebidos.

O trabalho é uma grande roda, onde através deles faremos o grande fluxo de aquisição de bens, tudo que adquirimos frutos da nossa compensação deve ser abençoado e cultivado com grande atenção e carinho, não quero aqui dizer que devemos fazer tudo pelo material, mas sim querendo expor a importância do que conseguimos conquistar, seja o mínimo, mas é o troféu pelo esforço, por isso devemos sempre agradecer ao nosso criador a oportunidade de ter adquirido o bem, sem a nossa saúde, nossa consciência, nosso esforço, dedicação, jamais atingiríamos o bônus, por isso meus irmãos, agradecem tudo o que tem.  

Adquiram bens, sem jamais esquecer de adquirir a mais valiosa fortuna, o bem do espírito, por meio das praticas humanitárias e caritativas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário