terça-feira, 12 de junho de 2012

Injustiça? E Jesus?

Em muitas situações que ocorrem reveses em nossa vida, logo temos a sensação da injustiça, em muitos casos acusamos a providencia divina pelas nossas frustrações, pelos insucessos, também quando um de nossos semelhantes cometem algo que nos desestrutura.

Infelizmente a vida humana é repleta de altos e baixos, quem dera vivêssemos num planeta feliz em toda plenitude. Mas tudo que passamos, faz parte do crescimento enquanto criaturas, assim como os animais e toda forma de vida existente no universo. Muitos enrijecem o coração e vive numa vida de amarguras, com todo dissabor da vida, tornam-se pessoas intolerantes com a vida, reflexo esse presenciado diariamente no dia a dia no mundo material. Não sendo diferente no mundo espiritual, enganam –se quem desencarna termina os sentimentos mesquinhos e destrutivos da alma, nas colônias espirituais, mesmo aqueles quem detém uma evolução especial vão se deparar com vários sentimentos de todas as formas, claro que a magnitude dos designo do pai podem abrandam o coração, o mesmo pode ocorrer conosco, tanto na Terra quanto na eternidade.

Se em algum instante sentir-se injustiçado por algum motivo que seja, independente da proporção que se torna, lembre-se sempre de Cristo, diante de Pilatos e daquela multidão, a quem curou, levou amor, sabedoria de Deus, simplesmente pregou o bem, gritando que o crucificassem e pedindo que soltasse o malfeitor e mesmo assim, diante da mais dolorosa agressão de injustiça, Cristo pegou para si a cruz do seu sofrimento carnal com humildade, colocou a seus ombros todo peso dos nossos pecados, das nossas fraquezas e injustiças e como um criminoso, caminhou pelas ladeiras do sofrimento, sendo achincalhado por aqueles a quem curou e mal algum cometeu.

E mesmo diante de toda injustiça e humilhação o espírito iluminado teve compaixão de todos e deferiu palavras de compaixão e doçura, pedindo perdão a todos nós que erramos constantemente, por isso meus irmãos, quando sentir-se injustiçado, sejamos exemplos de Cristo e perdoe os fracos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário