terça-feira, 5 de junho de 2012

CODIGO SAGRADO


Há quem destoa e até mesmo renegue as parábolas do livro sagrado, dizem que ao serem traduzidas a vários idiomas pela mão humana, alterou sua essência, podemos ate mesmo aceitar a possibilidade desta vertente, uma vez que a mesma fora manipulada por mãos humanas que são repletas de erros, fraquezas e presas a sentimentos banalizados.

Mas a sua verdade isso o homem não consegue alterar, é a mais pura aliança de Deus conosco, onde traduz tudo aquilo necessário para o alimento do nosso espírito, o que acontece com o livro sagrado que muitas vezes foi e ainda é usada para atender caprichos egoísticos, daqueles que se julgam deter um conhecimento dito, superior. Ora meus filhos, a palavra de Deus escrita a milhares de anos, soa em nossos corações tão viva como nunca, é a palavra que se renova a cada momento, sem que se altere nada do seu texto. 

Aquele que a usa em beneficio de alguma barganha, não somente traduz sua ignorância, como fecha sua evolução dentro da mesma leitura que faça. Por isso não interpretem as palavras divinas de forma individualista, lêem em primeiro instante com coração voltado a Cristo, para que penetre nosso coração e ali possa tocar o ponto essencial, da sensibilidade para com o semelhante, onde a compaixão faça parte do dia a dia nas fraquezas que nos são apresentadas, nas falhas, no pecado, façamos do nosso coração uma riqueza de felicidade, bondade, superioridade com humildade, onde poderemos ensinar aquele irmão pequeno a caminhar com o Cristo na grandeza da vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário